Ministro da Cultura confirma presença e estará no Rio, neste sábado, no Seminário de Rodas de Samba


2º Seminário Rodas de Samba: Cidade, Patrimônio e Desenvolvimento

Fomento, Cultura como vetor de desenvolvimento de territórios e Ocupação das ruas serão os três assuntos principais do evento, que contará com o Ministro da Cultura, jornalistas e ícones da área.


Neste sábado, 04 de agosto, a partir das 10 horas, a Rede Carioca de Rodas de Samba realiza a segunda edição do Seminário Rodas de Samba: Cidade, Patrimônio e Desenvolvimento, que não por acaso, vai acontecer na Praça Tiradentes, onde nesse mesmo dia ocorre também o evento Tiradentes Cultural, parceiro da Rede, juntamente com o SEBRAE e a Secretaria Municipal de Cultura.

Caracterizada como importante vetor de desenvolvimento humano e urbano, a cultura preserva memórias e identidades e também promove o fortalecimento da economia, principalmente a criativa, como alternativa de inclusão e criação de trabalho e renda. Contudo, é sempre questionada quando o assunto é investimento.

E é justamente este, o primeiro debate do dia. Em uma mesa composta por profissionais e representantes do universo das rodas de samba, como Wanderson Luna (Rede Carioca de Rodas de Samba) e Marquinhos de Oswaldo Cruz (Trem do Samba/ Feira das Yabás), e por membros do governo municipal, estadual e federal, como o ministro da cultura, Sergio Sá Leitão, subsecretário estadual de cultura, Léo Feijó e secretária municipal de cultura, Nilcemar Nogueira,  o assunto principal a ser discutido será “Cidade, Patrimônio e Fomento à Cultura”.


“O samba sendo o maior símbolo da cultura do país no mundo, com uma cadeia produtiva que não para de crescer, promove cidadania, desenvolve a economia de territórios como a Pedra do Sal e o recente caso da Praça Tiradentes. Nossa ideia é que o seminário faça parte da agenda da cidade, pelo menos uma vez por ano, promovendo a discussão e trazendo o compromisso de todos os públicos envolvidos com a roda de samba. Essa segunda edição consecutiva, agora no CRAB, com apoio do Sebrae nos dá mais segurança, para em nome da RS, cobrarmos investimento do poder público neste patrimônio imaterial e cultural da cidade do Rio de Janeiro, a Roda de Samba”, comenta  Wanderson Luna, coordenador da Rede Carioca de Rodas de Samba. 

Com intervalo de apenas uma hora para o almoço, no início da tarde, às 13h20m, as mesas do Seminário voltam a funcionar. Neste segundo momento, o assunto será “As ruas: suas culturas e patrimônios”. Como debatedores, a Rede Carioca de Rodas de Samba traz Julia Pereira (coordenadora de pesquisa e gestão da informação ), Desirée Reis (Conselho Municipal de Cultura- Patrimônio/ Museu do Samba), Walmir Pimentel (Roda de Samba da Pedra do Sal) e o Professor Zeca - José Carlos Flores (Colégio Pedro II).

Para a pesquisadora Julia Pereira, o objetivo é refletir e debater sobre patrimônios, culturas e transmissão de saberes. “Ao entender que o patrimônio imaterial se preserva no seu fazer, na sua prática diária e dinâmica, as ruas tornam-se locais de produção de sentidos e significados sociais representativos de uma cidade múltipla, diversa e democrática”, explica.

Em sua última mesa e não menos importante, o Seminário fecha com uma discussão de extrema relevância. Para falarem e apresentarem ideias e soluções sobre o tema Cidade: a cultura como vetor de desenvolvimento dos territórios, que inicia às 15h, estarão presentes João Grand Jr (coordenador de pesquisa RS),  Chico Regueira (Jornalista da TV Globo), Gabriela Barroso (Fundadora da Eto Education) e Renier Molina (SEBRAE).   


"A pesquisa que realizamos em 2016 sobre a economia das rodas de samba na cidade do Rio de Janeiro teve uma importante repercussão no meio acadêmico e foi pauta da mídia em geral. Os dados apresentados e debatidos no 1° Seminário da Rede Carioca de Rodas, realizado em 2017, destacaram a importância das rodas de samba como potenciais vetores de desenvolvimento dos territórios onde elas se inserem”, afirma o João Grand Jr.

O pesquisador destaca ainda que no atual contexto de forte crise econômica que vivemos, acreditam que é fundamental repensar as estratégias de desenvolvimento da cidade, debatendo a cultura como um dos pilares centrais. “E este 2º Seminário Rodas de Samba: Cidade, Patrimônio e Desenvolvimento consolida a atuação da RS como uma organização que se propõe a pensar a cidade e o seu desenvolvimento a partir da cultura, em particular, da cultura do samba”, finaliza.

A partir das 16h, o Seminário apresentará atividades culturais práticas. Na rua, onde também estará acontecendo o evento “Tiradentes Cultural”, vai haver uma breve oficina "O Som das Rodas de Samba - Da Palma da mão ao Tamborim", com o professor Blade Percussão. E para fechar com chave de ouro e música, a partir das 17h, a roda de samba PedeTeresa, importante movimento com atuação na Praça Tiradentes, local público, que deve ser ocupado pela população, começa a tocar e, a partir das 18h30 recebe o grupo Moça Prosa, roda formada somente por mulheres, finalizando, então, o 2º Seminário Rodas de Samba: Cidade, Patrimônio e Desenvolvimento, que tem entrada gratuita e programação das 10h as 20h, no próximo sábado, 04 de agosto. 

Para mais informações sobre a programação e inscrição, acesse a página da Rede Carioca de Rodas de Samba no facebook ou envie email para comunicacao.redecarioca@gmail.com


PROGRAMAÇÃO:

2º Seminário “Rodas de Samba: Cidade, Patrimônio e Desenvolvimento”

Local: Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro - Praça Tiradentes, nº 69.

Data: 04/08/2018 (10h às 20h) –  Credenciamento/COFFE BREAK: 10h

Mesa 1 - horário: 10:20 - 12:20
Cidade, Patrimônio e Fomento à Cultura (Mesa de Abertura)
Participantes:
Wanderson Luna (Rede Carioca de Rodas de Samba),
Marquinhos de Oswaldo Cruz (Trem do Samba/ Feira das Yabás),
Secretária Nilcemar Nogueira (Secretaria Municipal de Cultura), Subsecretário Léo Feijó (Secretaria Estadual de Cultura) e
Ministro Sérgio Sá Leitão (Ministério da Cultura).

Intervalo - horário: 12:20 - 13:20

Mesa 2 - horário: 13:20 - 15:00
As ruas: suas culturas e patrimônios.
Participantes: Julia Pereira (RS), Desirée Reis (Conselho Municipal de Cultura - Patrimônio) Professor Zeca - José Carlos Flores (Colégio Pedro II), Walmir Pimentel (Roda de Samba da Pedra do Sal) e Paula de Oliveira Camargo (IRPH/ Tiradentes Cultural).

Mesa 3 - horário: 15:10 - 16:50
Cidade: a cultura como vetor de desenvolvimento dos territórios
Participantes: João Grand (RS), Chico Regueira ( Jornalista Rede Globo), Gabriela Barroso ( Fundadora da Eto Education e Coach de Desempenho) e Renier Molina (Consultor do Sebrae).

17:00 horas - Final das atividades no CRAB

Atividades Culturais - Tiradentes Cultural:
● "O Som das das Rodas de Samba- Da Palma da mão ao Tamborim", com o professor Wesley Blade - Das 16 as 17 horas - Praça Tiradentes.

●Roda de Samba - Pedeteresa Convida Moça Prosa - Das 17 as 20 horas.

#vempraroda #RS
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário