ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

15 de abril de 2018

16 de Abril - Dia Mundial da Voz - Câncer de Laringe corresponde a 25% dos tumores de Cabeça e Pescoço e 2% de todas as doenças malignas


Câncer de Laringe  corresponde a 25% dos tumores de Cabeça e Pescoço e 2% de todas as doenças malignas.

80% são registrados em homens. Tabaco e álcool são os principais agentes!

São Paulo, 12 de abril de 2018 -  No próximo dia 16 comemora-se o Dia Mundial da Voz e nada mais oportuno do que falar de um dos cânceres responsáveis pela perda da voz ou alterações irreversíveis: o câncer de laringe!

O câncer da laringe (pregas vocais ou cordas vocais) corresponde a 25% dos tumores da região da cabeça e pescoço e 2% de todos as doenças malignas. Embora a taxa de novos casos de câncer de laringe está caindo em cerca de 2 a 3%, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que para cada ano do biênio 2018/2019, sejam diagnosticados no Brasil 7.670 novos casos de câncer de laringe (6.390 em homens e 1.280 em mulheres). Esses valores correspondem a um risco estimado de 6,17 casos a cada 100 mil homens e 1,20 casos a cada 100 mil mulheres.

A ocorrência pode ser na laringe supraglótica, na glote e ou na subglote. Aproximadamente 2/3 dos tumores surgem nas cordas vocais (região glótica), e 1/3 na laringe supraglótica (acima das cordas vocais). O tipo histológico mais prevalente, em mais de 90% dos pacientes, é o carcinoma epidermoide. Estudos apontam que há uma nítida associação entre a ingestão excessiva de álcool e o tabagismo com o desenvolvimento de câncer nas vias aerodigestivas superiores, sendo o tabagismo o maior fator de risco para o desenvolvimento do câncer de laringe.

“O álcool e o tabaco são os maiores inimigos da laringe. Fumantes têm 10 vezes mais chances de desenvolver esse tipo de câncer. Em pessoas que associam o fumo e bebidas alcoólicas, esse número sobe para 43”, explica o médico cirurgião de cabeça e pescoço Dr. Erivelto Volpi, Cirurgião de Cabeça e Pescoço do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e coordenador do Curso de Medicina da Faculdade Uninove - Campus São Bernardo do Campo.

O sintoma mais comum é a rouquidão persistente e sem causa aparente. “A rouquidão proveniente de tumores é diferente da rouquidão relacionada ao esforço vocal ou à laringite ligada a processos gripais, pois não vem acompanhada de febre ou dor, é progressiva e persiste”, alerta Dr. Erivelto.

Caso não haja tratamento na fase inicial do câncer, a rouquidão pode evoluir para dor durante a deglutição (ato de engolir) e falta de ar. Na fase mais avançada, podem aparecer nódulos no pescoço.

De acordo com a localização e a extensão do câncer, ele pode ser tratado com cirurgia e/ou radioterapia e com quimioterapia associada à radioterapia. Quanto mais precocemente for feito o diagnóstico, maior a possibilidade de o tratamento evitar deformidades físicas e problemas psicossociais, já que a terapêutica dos cânceres da cabeça e do pescoço pode causar problemas nos dentes, fala e deglutição. A laringectomia total (retirada da laringe) implica na perda da voz fisiológica e em traqueostomia definitiva (abertura de um orifício artificial na traqueia, abaixo da laringe).

“No tratamento atual do câncer de laringe, a preservação da voz e a ausência de traqueostomia são possíveis, para isso técnicas cirúrgicas minimamente invasivas são utilizadas, bem como novos agentes quimioterápicos e modernas técnicas de radioterapia”, esclarece Dr. Erivelto Volpi.

Principais sintomas do câncer de laringe:

Alterações na Voz e Rouquidão não associadas à processos gripais
Ferida na garganta que não cicatriza
Tosse constante
Dor ao engolir
Dor de ouvido.
Dificuldade para respirar
Perda de peso
Nódulo ou massa no pescoço
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis