LightBlog
>

ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

11/03/2015

Fãs de Roberto Carlos entrevistados pelo Portal Splish Splash – ENZA FLORI


A pensar nos milhares de fãs de Roberto Carlos, espalhados pelo Mundo, o Portal Splish Splash achou por bem auscultar a alma robertocarlistica que por eles perpassa, dando início a uma série de entrevistas que, cremos, poderá de algum modo contribuir para uma melhor compreensão do motivo que leva tantos a admirar a obra de um cantor/compositor Brasileiro que ao comemorar 55 anos de carreira, não só consegue manter a fidelidade dos seus fãs que o acompanham desde o início da sua trilha poética e musical, como ainda, atrair muitos jovens que não conseguiram ficar indiferentes à obra daquele que, como disse o poeta, se mais mundo houvera lá chegara.

A selecão da série de entrevistas não obedece a nenhum critério relativamente a este ou àquele fã, foram obtidas por quem as irá publicar, ou seja, Armindo Guimarães, Carmen Augusta e Derbson Frota, de acordo com os contatos que possuem. Também a publicação, que acontecerá às terças-feiras e sábados, é aleatória, ou seja, não tem qualquer ordem em relação aos fãs. Todos eles admiram o rei Roberto Carlos e por isso todos nos merecem a mesma estima e a mesma consideração, independentemente de, muito naturalmente, podermos conhecermos melhor este ou aquele fã.

A entrevistada de hoje é a fã Enza Flori, de Nápoles, Itália, e a residir em São Paulo.

PORTAL SPLISH SPLASH - Como começou a gostar do NMQT Roberto Carlos?

ENZA FLORI - Bem, eu tinha 9 anos, fui convidada para participar do programa Jovem Guarda e ele era o comandante. Foi amor à primeira vista! Assim como qualquer fã, com o privilégio de poder estar bem pertinho todos os domingos. Era demais!!!

PSS - Você se considera um grande fã? Por quê?

EF - Eu me considero mais uma fã. Tudo que vocês sentem eu também sinto!

PSS - Se estivesse numa ilha deserta com o (a) amado(a), qual música do rei colocaria pra tocar?

EF - Numa ilha deserta a melhor música com certeza seria, “Cavalgada” (risos).

PSS - Roberto Carlos faz parte de sua vida? Como?

EF - Faz parte da minha vida por ter tido o privilégio de começar minha carreira ao lado do Rei, por ter sido apelidada por ele de "Minha Mascotinha". Era assim que ele me apresentava no programa. Além de ter suas músicas como referência, adoro seu estilo de cantar e contar suas histórias musicais. Quem não se identifica?

PSS - Cite uma história engraçada e/ou emocionante que já viveu relacionado ao rei Roberto:

EF - Tenho mais de uma, mas fico com a do dia que jantei na casa dele no Morumbi, nesta época era casado com a Nice. Enquanto aguardávamos os convidados, ele me fez companhia no bar. Ele adora fazer os drinques e servir. Batemos um papo muito legal e significativo. Eu passava por um momento delicado e seu conselho foi muito importante pra mim.

PSS - Coleciona algo do rei? Se sim, cite exemplo(s):

EF - Já colecionei sim. Todos os anos comprava o famoso LP perto do Natal. Tinha quase todos. Foram se perdendo pelo caminho. Mas no meu “Note” tenho uma pasta com todas suas gravações.

PSS - Uma música que você sempre põe no “repeat”:

EF – “Você Não Sabe”. Esta música é de uma profundidade inigualável.

PSS - Muitas são as músicas do repertório do rei e muitas são aquelas que ele há muito não canta. Que música gostaria que ele voltasse a cantar?

EF – “Você Não Sabe”, “Costumes”.

PSS - Se Roberto Carlos fosse almoçar em sua casa, o que prepararias?

EF – Ai, caramba! Acho que não saberia o que fazer! Mas como italiana prepararia uma bela macarronada. Haha!

PSS - Se fosse escolher para ouvir 10 músicas do rei, em ordem de preferência, quais seriam?

EF - Você Não Sabe, Costumes, Você, A Volta, Como vai você, Eu Te amo, Te amo Te amo, Un gatto nel blu, Esse cara sou eu, Outra vez, Olha, Cama e Mesa Côncavo e o Convexo, Desabafo… Vixiiii! Não tem fim. Adoro Roberto!!!

PSS - Se tivesse a oportunidade de falar ao vivo com o rei, o que diria?

EF - Graças a Deus tenho este privilégio! Uma benção, alegria para nós. Sempre que vou ao camarim me despeço dizendo: Eu Te Amo!

PSS - As músicas do rei não seriam a mesma coisa sem as respetivas letras. Independentemente da música, diga os títulos de três letras que mais o impressionam e porquê.

EF - Como já disse, a profundidade do sentimento de amor que sinto na letra “Você não sabe”. Outra que me emociona muito, “Nossa Senhora”. Uma música que me toca bastante: “Alô”. Ele demonstra muito sofrimento nesta letra.

PSS - O rei possui em torno dele uma vasta equipe, desde os elementos que compõem a orquestra (RC9), aos elementos da administração, assessoria de imprensa e apoio logístico. Com certeza você simpatiza por alguns desses elementos por os conhecer ou já ouvir falar. Cite quais e por quê.

EF - Gosto e respeito toda sua equipe. Mesmo porque todos me tratam com muito carinho. Mas tenho, sim, uma pessoa que é extremamente importante e especial pra mim, a Sandra Santana, secretária do Rei há mais de 20 anos.

PSS - O que mais gosta na personalidade do rei?

EF - Ele é firme em tudo que faz. Mesmo quando erra. Roberto sabe o que quer, o que faz bem a ele. Aprendeu a dizer não. Isto é muito importante na vida. Sua melhor e mais impressionante qualidade: a humildade! Roberto não esnoba ninguém e não existe arrogância em suas atitudes. Tem muitos por ai que não tem um décimo do sucesso dele e fingem que não te conhecem... eu tenho pena!

PSS - O que gostaria que o rei mudasse nos seus usos e costumes?

EF - Eu não mudaria nada no Roberto. Ele acertou a medida. E em time que está ganhando, não se mexe. Como ídolo é perfeito. Já como ser humano, não sei dizer, deve ter seus defeitos como todos nós, né?

PSS - Se tivesse que escolher uma frase robertocarlística do repertório do rei que mais se identificasse com você, que frase escolhia?

EF - Adoro no começo dos shows quando ele diz: "Que prazer rever vocês".

PSS - Responda à pergunta que não fizemos e que gostaria que lhe tivéssemos feito.

EF - A entrevista foi perfeita. Muito obrigada! Parabéns a todos que mantêm este site que é mais uma alegria para todos nós fãs do querido Roberto Carlos.

Entrevista conduzida por:
Carmen Augusta
Facebook

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo