Saxofonista carioca Michel Nirenberg lança álbum ‘Vivências’

Michel Nirenberg

Músico vem construindo uma carreira de destaque no cenário musical nacional e internacional

Amanhã (06/09), o compositor e saxofonista Michel Nirenberg vai lançar o álbum ‘Vivências’, com oito faixas inéditas e autorais, às 20h, na Casa da América Latina, em Lisboa. O álbum, disponível em todas as plataformas digitais, retrata suas vivências no exterior e os desafios de estar longe de suas raízes por tantos anos. O disco conta com a participação de músicos renomados como o trombonista Vittor Santos, o trompetista Jesse Sadoc e a cantora Luiza Sales. A música ‘Faith’, dedicada ao rabino Steven Suson, foi finalista do Festival Nacional de Música da Rádio MEC, na categoria Música Instrumental de 2022.

Aos 33 anos, o músico carioca vem construindo uma carreira de destaque no cenário musical nacional e internacional. Nirenberg atuou com a Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), interpretando solos do repertório de saxofone clássico e já se apresentou em importantes palcos ao redor do mundo como: Blues Alley, em Washington DC; Blue Note, em São Paulo; Haifa Studio Theather, em Israel; Theatro Municipal e Palco Mundo Rock in Rio, no Rio de Janeiro, entre muitos outros. Este mês, se apresentou no Festival ‘Mar Me Quer’, em Portugal e nos Festivais ‘Harmonia’ e ‘Borja en Jazz’, na Espanha.

Nascido em uma família de músicos, Nirenberg estudou música desde a infância. Seu pai, Ivan Nirenberg, é violista e atua há mais de 45 anos na OSB, no Rio de Janeiro, além de professor de Música de Câmara da UFRJ. Sua mãe, Beatrice Kiriktzian Nirenberg, é uma talentosa pianista e professora. Seu avô paterno, Jaques Nirenberg, além de médico, era um respeitado violinista membro do Quarteto Brasileiro da UFRJ. “Meu avô foi meu primeiro mestre, uma referência, inspiração como músico e um dos meus maiores incentivadores”, relembra. Michel ainda estudou piano, violino e violão clássicos antes de escolher o saxofone, por volta dos 15 anos.

Em 2012, Nirenberg se formou como bacharel em Música-Saxofone, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e concluiu mestrado em Música-Performance, na James Madison University (JMU), em 2014. Também professor, Michel ministra aulas de música online desde 2016 e conta com alunos em diferentes cantos do mundo.

“Durante boa parte da minha vida, minhas principais influências eram do repertório de música clássica. Um tempo depois, passei a me identificar com diversos estilos de jazz e música brasileira como o choro, samba, baião e maracatu. Fui muito influenciado por mestres como o multi-instrumentista Hermeto Pascoal e o violonista e pianista Egberto Gismonti”, conta Michel.

O músico e instrumentista compartilha uma riqueza de estilos musicais com audiências no mundo todo. Desde cedo, Michel já se apresentava com músicos de alto nível. Ainda jovem, se apresentou em muitos festivais e venceu diversos concursos de jovens solistas no Brasil. Em 2009, foi vencedor do ‘XXVIII Concurso Latino Americano de Música de Câmera Rosa Mística’, em Curitiba e finalista do ‘III Furnas Geração Musical’, na categoria ‘Música de Concerto’, no Rio de Janeiro. Em 2010, foi finalista do ‘IV Furnas Geração Musical’, na categoria ‘Música de Câmera’, no Rio de Janeiro. Em 2011, venceu o concurso ‘Jovens Solistas’, da UFRJ e o concurso ‘Jovens Solistas Fundarte’, em Porto Alegre. Michel é um dos fundadores da Banda Filarmônica do Rio de Janeiro, com quem se apresentou também como solista em 2012.

Em 2015, lançou seu primeiro álbum ‘Retrato’, no qual demonstra uma fascinante riqueza de influências destacando o choro, primeiro estilo urbano brasileiro de música instrumental. Em 2016, deu inicio a turnê internacional nos Estados Unidos. Em passagem pelo Brasil, se apresentou no Solar de Botafogo e no Beco das Garrafas, no Rio de Janeiro. Em 2017, seguiu com a turnê para Israel. O álbum recebeu duas indicações nos prêmios WAMA (Washington Area Music Association) de melhor Jazz Recording e melhor Debut Album 2015.

Crédito da Foto:  Rafael Tenenbaum

Também pode ler:
Tags

Enviar um comentário

0 Comentários
* Gostou do que leu, viu e/ou ouviu? Então, para completar, só falta o seu comentário. Se não gostou, comente também. O autor agradece.

buttons=(OK!) days=(20)

Este site utiliza cookies para tornar a sua experiência melhor. Saiba mais
Accept !