ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/03/2020

Silicon Valley à Brasileira

: Primeira faculdade de empreendedorismo do Brasil tem programas de incentivo financeiro aos projetos dos estudantes desde o primeiro semestre


Primeira faculdade de empreendedorismo do Brasil tem programas de incentivo financeiro aos projetos dos estudantes desde o primeiro semestre 


A Link School of Business, primeira faculdade brasileira a oferecer um bacharelado voltado para quem quer se tornar empreendedor, traz um modelo de aprendizado totalmente inovador para o mercado de ensino nacional, com disciplinas práticas desde o primeiro semestre e aulas ministradas por empreendedores ativos no mercado.

 

Vislumbrando o grande potencial desse ecossistema empreendedor, a faculdade apresentou uma linha de crédito de R$ 50 mil para tirar do papel uma ideia de negócio de sua primeira turma de alunos. A linha de crédito foi concedida com base no exercício de criação de um negócio ligado à importação ou exportação de produtos. O conselho que sabatinou as propostas e propositores foi composto pelos próprios alunos, tudo com base em conteúdos absorvidos nas matérias do primeiro mês de aula e a decisão final, ficou por conta do professor da disciplina e fundador da Link, Alvaro Schocair.

 

Os vencedores, Mike Goto (20), Gustavo Dantas (22) e Bernardo Moreira (18), apresentaram o Santa Cucina – um e-commerce de utensílios premium para cozinha –, com base em pesquisas de mercado, contato com fornecedores na China, levantamento de produtos indisponíveis e desejados no Brasil, estratégia de marketing, entre outras abordagens.  “Nunca pensei que seria tão rápido. Antes de entrar na Link eu tinha altas expectativas sobre o ensino e as propostas disruptivas da faculdade, mas essa oportunidade superou todas elas.” Gustavo Dantas (22), aluno da Link e co-fundador do e-commerce Santa Cucina.

 

Como um celeiro para empresas e startups, a faculdade tem uma vertente inovadora em seu DNA e está na direção de se tornar um polo de desenvolvimento de negócios, como um Silicon Valley brasileiro. Isso credita o interesse e procura de pessoas que tenham perfil empreendedor, o que reflete na maior taxa de alunos já empreendedores em cursos de administração, chegando a 20%. Até o momento, em sua primeira turma, 40 alunos já estão em etapas avançadas na criação de suas empresas e, 16 negócios que já existiam fora da estrutura da Link, já estão faturando e recebem a mentoria do corpo docente da faculdade.

 

A Link estimula e qualifica seus alunos para que, além de empreendedores do próprio negócio, sejam capazes de diversificar suas rendas. Prova disso é que, quando o aluno completar um ano estudando na instituição, ele se tornará sócio da mesma. “Ao completar um ano na Link, os alunos viram sócios da faculdade e adquirem um percentual dentro dos 10% destinados ao programa Alumni. Isso os motiva a desenvolver de forma prática o conteúdo ministrado em aula, confere um sentimento de pertencimento à estrutura e os insere no mercado de investimentos – o que valida um dos pilares que apresentamos desde o início, que é a antifragilidade/diversificação da renda.”, comenta Alvaro Schocair, Fundador e Professor de Finanças da Link School of Business.

 

“Na Link os professores nos ensinam a não valorizar o medo, potencializam nossas qualidades para que a gente consiga aprimorar nossas habilidades e tirar negócios do papel. Isso nos deu a segurança de desenvolver e apresentar nosso projeto, que certamente será o primeiro de muitos aqui dentro.”, comenta Bernardo Moreira (18), aluno da Link e co-fundador do e-commerce Santa Cucina.

 

Link School of Business A Link School of Business, primeira faculdade brasileira a oferecer um bacharelado voltado para o empreendedorismo, abriu suas portas em agosto de 2020. Com nota máxima no MEC em todos os quesitos, a faculdade de administração foi idealizada pelo investidor Alvaro Schocair (fundador da Tarpon Investimento e da Quebec Impact Assets). A primeira faculdade brasileira a nascer Google for Education tem uma grade curricular inovadora, com disciplinas ministradas por empreendedores ativos no mercado, proporcionando ao aluno uma imersão no dia a dia de grandes multinacionais e seus cases reais. Dentre as disciplinas, a Link tem como destaque o Venture Lab, um acelerador de negócios que torna a faculdade uma grande fomentadora da indústria brasileira de start-ups, com a maior taxa de alunos empreendedores em cursos de administração. Seu programa internacional tem como parceiras as universidades de Stanford, Disney, London School, Tel Aviv, Harvard e Xangai. A faculdade também recebeu consultoria especializada da universidade Kaospilot, da Dinamarca - Instituição referência mundial em inovação na área. Outras disciplinas não exploradas nas grades curriculares no Brasil incluem People Skills e Wellness. Alguns profissionais que fazem parte do corpo docente da faculdade são: Alvaro Schocair (Fundador Link), Caroline Garrafa (CEO Sante), Hernane Ferreira (Fundador The News), Digo Lemos (Fundador Escola Zax), Luis Vabo (OPM Harvard e Prof. Insper), Igor Piquet (Diretor Endeavor), Marcus Mota (Country Leader Waze), Rodrigo Menezes (Fundador Derraik & Menezes), Guilherme Rego (CEO Elevartis). A mensalidade da Link School of Business inclui aos alunos uma participação direta no capital social da escola. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo