ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

9/15/2020

A princesa que não assumiu o trono: as alegrias e tristezas de D. Isabel do Brasil

 Alegrias e Tristezas, título da obra dos historiadores Bruno da Silva Antunes de Cerqueira e Maria de Fátima Moraes Argon

Historiadores analisam textos autobiográficos da Princesa Isabel e reúnem 20 anos de pesquisa em maior obra já publicada sobre a personagem


Alegrias e Tristezas, título da obra dos historiadores Bruno da Silva Antunes de Cerqueira e Maria de Fátima Moraes Argon, é a tradução de como D. Isabel descreveu sua vida em uma pequena autobiografia em 1908. O lançamento é a maior obra já publicada sobre a personagem e tem 888 páginas.

Bruno e Fátima desfazem mitos, explicam e esmiúçam muitas informações erradas e contraditórias sobre a Princesa Isabel com base em mais de 20 anos de pesquisas. Com mais de 70 ilustrações, a produção apresenta a força da personagem histórica e aborda o golpe militar que implantou a República e impediu D. Isabel de assumir o Terceiro Reinado.

Outro destaque da produção é a análise sobre a própria expressão “Princesa Isabel”: os autores revelam que contém uma armadilha teórica que minimiza a participação dela no processo da Abolição da Escravatura no Brasil.

“Se é procedente o postulado de que a expressão Princesa Isabel é absurdamente popular e enraizada no Brasil, é de outro lado forçoso reconhecer que essa “popularidade” é acompanhada de um desconhecimento abissal e impressionante sobre sua vida e obra. Em outras palavras, D. Isabel é a Princesa Isabel justamente porque quase nada se sabe sobre ela, salvo que tenha assinado a Lei Áurea.”
(Alegrias e Tristezas, pág. 128)

O livro apresenta ainda a cronologia da vida da princesa e tabelas com todos os homens e mulheres a quem D. Isabel conferiu títulos de nobreza. Alegrias e Tristezas: estudos sobre a autobiografia de D. Isabel do Brasil é indicação fundamental para historiadores, cientistas sociais, jornalistas e para todos os amantes da História do Brasil.

O livro traz, ainda, cadernos de imagens inéditas e mais de mil notas de rodapé, genealogias dos ancestrais e descendentes de D. Isabel, manuscritos originais dos seus textos e análise de todas as biografias já produzidas sobre ela.

Ficha Técnica:
Título: Alegrias e Tristezas
Subtítulo:estudos sobre a autobiografia de D. Isabel do Brasil
Autores: Bruno da Silva Antunes de Cerqueira e Maria de Fátima Moraes Argon
Editora: Linotipo Digital e Instituto Cultural D. Isabel a Redentora
ISBN: 978-85-65854-25-2
Páginas: 888
Formato: 23 x 16,5
Acabamento: capa dura, guardas ilustradas e coloridas, cadernos de imagens em papel couché com fotos e ilustrações coloridas.
Preço: R$199,00


Sobre Bruno: Nascido em Niterói (RJ), Bruno Antunes de Cerqueira graduou-se em História na PUC-RJ e cursou a pós-graduação em Relações Internacionais no Iuperj-Ucam. Graduou-se em Direito na PUC-Rio e no UniCEUB, em Brasília. É membro das Comissões de Direitos Humanos e Memória e Verdade da OAB-DF e da Comissão Nacional de Defesa dos Direitos Indígenas da OAB Federal.

Sobre Fátima: Natural de Paraíba do Sul (RJ), Maria de Fátima Moraes Argon é graduada em História pela Universidade Católica de Petrópolis e Arquivologia pela Unirio, além de contar com uma pós-graduação em História do Brasil pela Universidade Cândido Mendes. É pesquisadora aposentada do Museu Imperial, em Petrópolis, onde atuou por 38 anos.

Redes Sociais:
https://www.youtube.com/c/HistoriadoBrasilComoVoceNuncaViu/

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo