ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

7/21/2020

UNISUAM é a mais nova parceira do Instituto Identidades do Brasil - ID_BR


Chegamos ao meio do ano de 2020, século XXI, vivendo uma revolução tecnológica, avançando na ciência, economia, nas esferas fundamentais da evolução humana e iniciativas na luta pela igualdade social ainda são uma necessidade global. 

O que isso significa? Significa, claramente, que o tempo para atingir o status de igualdade esgotou e a UNISUAM, como uma Instituição de Ensino que tem como propósito proporcionar mobilidade social por meio da Educação,  aderiu formalmente a esse papel de responsabilidade na promoção da equidade.

Somos sim, e com muito orgulho, a mais nova parceira do Instituto Identidades do Brasil – ID_BR, uma organização sem fins lucrativos, pioneira no país na promoção da igualdade racial. 

“A UNISUAM vem promovendo, ao longo dos anos, significativas mudanças em sua cultura organizacional e entendemos que precisávamos de apoio para avançar. Essa parceria vem fortalecer um dos nossos principais objetivos, que é tornar a igualdade uma causa de todos”, afirma Arapuan Motta Netto – Reitor da UNISUAM.


 selo Sim à Igualdade Racial busca promover a transformação no ambiente corporativo, conscientizando, sensibilizando e engajando as lideranças da empresa para que elas consigam reter e dar maiores oportunidades para os seus talentos. 

“Com a adoção do selo Sim à Igualdade Racial, a UNISUAM não apenas assume o seu compromisso público pela igualdade racial como também acelera as suas ações para promoção e acesso ao Ensino Superior, ao mercado de trabalho e ao mundo do empreendedorismo de forma igualitária”, ressalta Arapuan.

De acordo com Juliana Rezende, Gerente de Desenvolvimento e Carreiras da UNISUAM, a  Instituição busca, constantemente, iniciativas de cunho social e de conscientização à igualdade racial, mas esta parceria veio para além dessas iniciativas, possibilitando a criação de políticas e ações afirmativas. 

“Vamos aprender como fazer e criar replicadores para disseminar a criação de uma cultura que reduza as desigualdades raciais na empresa, uma cultura corporativa mais inclusiva. E, além disso, entendermos qual é o caminho para aumentar a empregabilidade do aluno, bem como conseguir “desmontar” os bloqueios criados por jovens ao não se candidatar a oportunidades”, destaca Juliana.


á mais 50 anos comprometida com o ensino e com a comunidade, a UNISUAM, que tem em seu DNA o propósito de fazer a diferença na vida das pessoas, segue em sua missão de ajudar a construir uma sociedade mais ética e igualitária.

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo