ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

1/21/2020

Primeiro álbum de Diegues MC é um "musical da vida urbana"

Álbum Brabíssimo-Paulo Kalvo

"Brabíssimo" é uma coletânea de seis anos de trabalho do rapper, que reúne seus sentimentos, inspirações e parcerias com outros artistas do Rap

“Em conversa com a equipe da Comboio Records, que auxiliou a montar o disco, chegamos à conclusão que o ‘Brabíssimo’ é uma obra feita de alma para alma, que representa o cotidiano das pessoas, principalmente quem está em São Paulo, ou seja, é um musical da vida urbana”, assim Diegues MC e o ilustrador do disco Paulo Kalvo exemplificam o primeiro trabalho profissional do rapper, que foi um resultado de quase uma década de composição. O álbum estará disponível nas plataformas musicais de streaming e no YouTube a partir do dia 29 de janeiro.

O rapper de 29 anos explica que o álbum agrega um período de inspiração em estilos musicais e artistas que admira, mas que bebeu da fonte de suas próprias vivências e a cada música. “A minha essência primaria como artista não é de fora para dentro, é de dentro para fora”, explica Diegues.

Ele conta que sempre se guia em seus próprios pensamentos, como, emoções, sentimentos, motivações e conflitos internos que está vivenciando para buscar inspiração. “O disco mostra que se revolucionar por dentro abre portas para mudar o que está nos incomodando por fora em nossas vidas.”  

Desde 2012, Diegues MC se desenvolve como artista e investe profissionalmente no Rap, e tudo começou com a música ‘Meu Valor’, que, foi o pontapé na carreira e que o impulsionou a transformar seu cotidiano em inspiração para novas tracks. A partir dessa jornada de amadurecimento e transformações, chega-se ao primeiro disco, que, segundo o rapper, é seu principal projeto do ano. Além disso, lançou uma prévia do Brabíssimo no final de 2019, com o single “Vê se pode”.

‘Brabíssimo’ ainda reúne parceiros dessa nova fase com a Comboio Records, como Jennifer Germano que participa de duas faixas, Duzzão, Gabi Brandão, Donna Forte, Cicerone Mc e Sampa 3T.

Para ele, o título do álbum sintetiza muito bem o significado de ser um musical da vida urbana de alma para alma. “Eu não quis que fosse só uma história em particular sendo contada, eu quis que fossem sentimentos que tantas outras pessoas também carregam sendo expostos ali – no álbum –.”

Sem comentários:

Enviar um comentário