ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10/11/2019

Alerta de saúde à população


A Academia Brasileira de Neurologia informa aos seus associados e ao público em geral que  desconhece, até este momento, qualquer respaldo científico que endosse o método de indução de proteínas de choque térmico divulgado recentemente pela mídia brasileira. O método de tratamento foi proposto para diversas doenças neurodegenerativas como as doenças de Alzheimer, de Parkinson e a Esclerose Lateral Amiotrófica. 

Gostaríamos de alertar que todo procedimento terapêutico deve passar por uma rigorosa etapa de testes que demonstrem a sua eficácia e, de modo mais importante, a sua  segurança antes de ser aplicado clinicamente. Entendemos que as promessas de melhora  ou cura quando doenças tão graves estão afligindo pacientes e seus familiares podem incitar expectativas que, no atual conhecimento concernente às chamadas doenças neurodegenerativas, mostrar-se-ão inverídicas e improcedentes. 

A Academia Brasileira de Neurologia está comprometida com a pronta divulgação de todo e qualquer procedimento que, baseado nos alicerces corretos da investigação clínicocientífica, possa minimizar o sofrimento ou propiciar a cura de pacientes com doenças 
neurológicas. 

Diretoria Executiva 
Diretoria Científica 
Academia Brasileira de Neurologia 

Sem comentários:

Publicar um comentário

ESTIMADO LEITOR: esteja à vontade para partilhar e comentar este post em qualquer rede social, mas não esqueça de comentar aqui no próprio post. O autor agradece,

Topo