ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

5/07/2019

Dia Mundial da Asma tem como tema principal desse ano STOP for Asthma


Campanha aborda os principais procedimentos para um tratamento correto e mais eficiente

São Paulo, 06 de maio de 2019 – Na primeira semana de maio, mais precisamente dia 07, o calendário marca o Dia Mundial da Asma, uma ação feita pela organização Iniciativa Global Contra a Asma (GINA) e que tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a doença. Todos os anos, eles escolhem um tema específico e preparam materiais para serem distribuídos na primeira terça-feira do mês. 

Este ano, o tema definido é STOP for Ashtma – Symptom Evaluation (Avaliação de Sintomas), Test Response (Resultados de teste), Observe and assess (Observar e Avaliar) e Proceed to adjustment treatment (Prossiga para o ajuste de tratamento). A asma é uma das doenças respiratórias mais comuns do mundo e suas principais características e sintomas são dificuldade de respirar, chiado e aperto no peito e respiração curta e rápida.

Em 2017, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Ministério da Saúde e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ela atingiu 6,4 milhões de brasileiros acima de 18 anos. O pneumologista Osmar Moretto, médico referência do dr.consulta, revela algumas atitudes que melhoram a qualidade de vida de pessoas asmáticas. 

“Apesar de o exercício ser um gatilho para crises de asma, o paciente com a doença bem controlada não deve ter problemas ao realizar atividades físicas e tendo ainda benefícios a longo prazo sobre a sensação de falta de ar e sobre o controle das comorbidades e do sobrepeso”. 

Os sintomas podem piorar à noite por vários fatores, entre os quais os níveis mais baixos de corticoesteróides endógenos e exposições ambientais. As crises graves têm como causa mais comum infecções virais ou bacterianas. Em geral, pacientes asmáticos precisam de um tratamento feito com corticoesteróides inalatórios, isoladamente ou associados a broncodilatadores de longa ação. 

As pessoas asmáticas devem estar atentas ao uso das medicações, pois se feito de maneira incorreta, pode prejudicar bastante o organismo. “Muito raramente o paciente que usa as medicações de controle adequadamente e trata as doenças associadas à asma não atingem um bom nível de qualidade de vida. Outro fator que deve ser definitivamente evitado é o tabagismo. Deve-se também evitar a exposição a alérgenos, ressaltando-se o mofo”, finaliza o médico.

Sobre o dr.consulta
O dr.consulta é uma rede de centros médicos que tem o objetivo de simplificar o cuidado com a saúde, sendo uma alternativa aos planos de saúde e ao SUS.  É possível agendar, até para o mesmo dia, consultas, exames, dentistas e pequenas cirurgias em poucos minutos pelo site, telefone ou aplicativo. Isso sem contar a acessibilidade, já que há dezenas de centros médicos disponíveis. São 49 unidades em São Paulo e Grande São Paulo, 4 no Rio de Janeiro e 4 em Belo Horizonte. 

Sem comentários:

Enviar um comentário