ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

19 de setembro de 2018

As diferentes estruturas de uma narrativa são discutidas pelo escritor Carlos de Brito e Mello, no SescTV

SUPERLIBRIS-Literatura para Montar Carlos de Brito e Mello-Foto: Piu Dip

O tema será tratado em episódio inédito da série Super Libris, no dia 24/9, segunda-feira, às 21h

A estrutura de um romance pode ser organizada de diversas formas, seja em sequência cronológica, em círculo, em paralela ou em triângulo. Para discutir os vários caminhos da narrativa e a resistência que muitos leitores têm de aceitar uma história não linear, o SescTV exibe Literatura para Montar (A Estrutura Exposta da Narrativa), episódio inédito da série Super Libris, que traz, como entrevistado, o escritor mineiro Carlos de Brito e Mello (44). A produção será exibida no dia 24/9, segunda-feira, às 21h, com direção de José Roberto Torero. (Assista também em sesctv.org.br/aovivo.) 

Mestre em comunicação social, professor universitário e psicanalista, Carlos lançou seu primeiro livro, O Cadáver Ri dos seus Despojos, em 2007. No ano seguinte foi vencedor do prêmio Governador de Minas Gerais de Literatura, na categoria Jovem Escritor Mineiro, com o projeto que resultou na publicação A Passagem Tensa dos Corpos, em 2009, e que o revelou como escritor. Em 2013 lançou o romance A Cidade, o Inquisidor e os Ordinários, tido como uma das melhores leituras daquele ano.

Adepto a estrutura não linear, Carlos acredita que o livro Ulisses (1922), do romancista, contista e poeta irlandês James Joyce, que possui distintos modos de narrativa, é o que mais se destaca nesse gênero. “Quer dizer, ele possui cronologia clássica, mas cada capítulo é um estilo diferente”, comenta. Para o mineiro, essa obra é como se fosse um catálogo com vários jeitos de contar história e se assemelha ao poema Odisseia (século VIII a.C.), atribuído ao escritor grego Homero.  

Carlos fala sobre o inesperado - elemento que faz parte de uma narrativa ordenada por múltiplos caminhos -, que, segundo ele, não é aceito pelos leitores e pelas pessoas em geral. “As surpresas são muito bem acolhidas quando são absolutamente previsíveis”, admite. Ele comenta, também, sobre como são as personagens de um relato que não segue a regra de começo, meio e fim.

No episódio Literatura para Montar (A Estrutura Exposta da Narrativa), Carlos de Brito e Mello participa ainda dos quadros: Pé de Página, no qual mostra o lugar onde escrever, e comenta como e porque o faz; Primeira Impressão, onde indica o romance Vermelho Amargo (2011), de Bartolomeu Campos de Queirós; e Epígrafe, em que o diretor do filme Memória Póstumas (2001), André Klotzel, fala sobre a adaptação que fez, para o cinema, do livro Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881), de Machado de Assis.

O episódio contempla ainda os quadros: Orelhas, que apresenta a biografia do o pernambucano Osmar Lins (1924); Prefácio, com Dolores Prades, consultora na área editorial de literatura para crianças e jovens, que sugere livro álbum de ficção infantil juvenil Vozes do Parque (1998), do inglês Anthony Browne; e Quarta Capa, que traz a youtuber Tatianne Dantas com comentários sobre a obra A Passagem Tensa do Corpos, de Carlos de Brito e Mello.

Sobre a série Super Libris:

Com o objetivo de mergulhar no mundo da literatura, a série é formada por 52 episódios em sua primeira temporada e 26, na segunda, todos com 26 minutos de duração, que traz entrevistas com escritores e apresenta curiosidades presentes na criação de livros. Em sua primeira temporada, foram entrevistados, com exclusividade, autores como Ruy Castro, Luis Fernando Verissimo, Ruth Rocha, Ferréz, Antonio Prata, Thalita Rebouças e Xico Sá. Os novos episódios trazemBernardo Ajzenberg, Marcelo Rubens Paiva, Chico Buarque, Pepetela, Ana Maria Machado, Paulo Lins, Cintia Moscovich, João Paulo Cuenca, Ângela Lago, que morreu em outubro de 2017, entre outros.

Sobre o SescTV:

SescTV é um canal de difusão cultural do Sesc em São Paulo, distribuído gratuitamente, que tem como missão ampliar a ação do Sesc para todo o Brasil. Sua grade de programação é permeada por espetáculos, documentários, filmes e entrevistas. As atrações apresentam shows gravados ao vivo com artistas da música e da dança. Documentários sobre artes visuais, teatro e sociedade abordam nomes, fatos e ideias da cultura brasileira. Ciclos temáticos de filmes e programas de entrevistas sobre literatura, cinema e outras artes também estão presentes na programação.

SERVIÇO:
Super Libris
Literatura para Montar (A Estrutura Exposta da Narrativa)
Estreia: 24/9, segunda, às 21h
Reapresentações: 25/9, terça, às 9h e às 17h; 26/9, quarta, às 13h30; 28/9, sexta, às 9h30 e 17h30; 30/9, domingo, às 6h; e 1/10, segunda, às 16h.
Classificação indicativa: Livre
Direção Geral: José Roberto Torero
Produção: Padaria de Textos
Duração: 26’

Para sintonizar o SescTV:
Canal 128, da Oi TV
Ou consulte sua operadora
Assista também online em sesctv.org.br/aovivo

Siga o SescTV no twitter: http://twitter.com/sesctv

Super Libris: Literatura para Montar (A Estrutura Exposta na Narrativa) 

Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis