ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

17 de agosto de 2018

Festival Curta Canedo tem repercussão internacional com filme e debate “O cinema pelo fim da violência a mulher” com a protagonista Cris Lopes

Filme Miguel Violência contra a mulher_Atriz Cris Lopes

A atriz de cinema premiada Cris Lopes e os cineastas curadores Cleiner Micceno, Aline Willik e Itamar Borges agitam o festival com workshops, palestras e debates.

O Festival CURTA CANEDO 2018 acontece nos dias 20, 21 e 22 de Setembro e conta com uma seleção de grandes nomes atuantes da sétima arte dentro e fora do Brasil: A atriz de cinema premiada Cris Lopes e os cineastas curadores Cleiner Micceno, Aline Willik e Itamar Borges agitam o festival com workshops, palestras e debates.

A atriz internacional Cris Lopes está divulgando o festival nos Estados Unidos, Canadá, Portugal e na América Latina com o filme "Miguel" sobre o tema que vem debatendo: Violência Contra a Mulher.  Cris Lopes que já filmou na Inglaterra, França e longa-metragens: atuou em inglês em "FREER" em lançamento Canadá & USA e mais 12 filmes no Brasil entre eles: "Meio-Irmão" como Delegada em breve nos cinemas; diversas indicações e prêmios "Melhor Atriz" como protagonista do humor negro AGS Agencia Geral de Suicidio exibido na Espanha, Uruguai, Argentina, em breve na tv brasileira; filmou participação especial no longa Bia 2.0 com estréia nacional em setembro na Mostra Livre de Cinema na Competitiva Internacional de Longas em 20 cidades do estado de São Paulo; atuou nas emissoras Record Hora do Faro Especial Dia das Mães; Rede Tv 2005 e 2006: seriado infanto-juvenil Vila Maluca 150 episódios como a Xuxu, indicado a prêmio no Chile; SBT; Band21. 

 Atriz Internacional Cris Lopes

Cris Lopes é protagonista do filme "Miguel" vivendo uma mulher vítima de violência doméstica que será exibido em uma sessão especial no Curta Canedo 2018 com debate “O cinema pelo fim da violência a mulher”. No filme, seu filho vivido pelo ator Caue Camargo, sofre com a situação dos pais e tem direção e roteiro de Natalia Grecco.

O festival tem como produtora cultural Carmelita Gomes. Foram 248 filmes inscritos com Diretores de 16 estados brasileiros inscreveram seus filmes sendo a maioria de São Paulo e do Rio de Janeiro, com representantes de SP. RJ, GO, PE, BA, RS, RN, MG, CE, ES, PA, PB, AL, DF, MT e SE que concorrem nas categorias: MELHOR FILME, MELHOR FILME GOIANO, MELHOR DOCUMENTÁRIO, MELHOR ROTEIRO, MELHOR MONTAGEM, MELHOR DIREÇÃO DE ARTE, MELHOR FOTOGRAFIA, MELHOR DIREÇÃO, MELHOR SOM (EDIÇÃO E MIXAGEM), MELHOR FILME CURTA CANEDINHO, MENÇÃO HONROSA. A escolha da categoria MELHOR FILME JURI POPULAR se dará através de votação no dia da exibição.

Curadores Cineastas Festival Curta Canedo 2018

A curadoria do CURTA CANEDO está a todo vapor na seleção dos filmes para o festival e tem como curadores: Cleiner Micceno: Presidente da Academia Sorocabana de Fotografia, Cinema e Vídeo. Produtor independente de cinema à frente da Mambo Produções, atuou como oficineiro em Oficinas Culturais do Estado de SP. Diretor de 40 curtas metragens ficcionais e documentais, de seis longas documentais e mais de 30 clipes musicais, Cleiner coleciona diversos prêmios e indicações como a do Prêmio SESI-FIESP SP de 2018 com o filme Cartas da Loucura.      Aline Willik: Jornalista, cineasta e CEO da Empresa colaborativa de cinema Aitäh Filmes sediada na Estônia. Sua carreira no cinema teve uma grande acessão nos últimos três anos à frente da aitah filmes, ela já rodou neste período seis curtas metragens e um longa, e 3 destes curtas já tiveram estreia em festivais do Brasil e da Europa. O longa “Uma Rosa e um cartão, por favor,” está em fase de finalização e tem estreia prevista para 2019. Os outros três curtas, também se encontram na fase de pós-produção e tem estreias previstas para o segundo semestre de 2018, 2019 e 2020. Outros dois longas, e dois curtas estão em fase de roteiro e pré-produção. Aline que já foi júri em festival na Itália, participa do Festival Curta Canedo desde a primeira edição quando foi membro do Júri. Em 2017 estreou na curadoria, posto que repete este ano. Itamar Borges: Produtor cultural, membro da ABD-GO (Associação Brasileira de Documentaristas e Curtas Metragistas – Sessão de Goiás). Trabalha com festivais de cinema em Goiânia desde o ano de 2002, tendo atuado no Goiânia Mostra Curtas, Em 2005, junto à Secretaria Municipal de Cultura, iniciou o FestCine Goiânia – Festival de Cinema Brasileiro em Longa-metragem, respondendo por sua programação (de 2005 a 2010). Produtor responsável pela ABD Cine Goiás, pela mostra competitiva de filmes da ABD-GO no FICA, Festival Internacional de Cinema Ambiental em 2007, 2008, 2009, 2011, 2012, 2013, 2014. 2015, 2016 a 2018. Membro da Academia Histórias Curtas da RBStv (RS). Membro da Academia Brasileira de Cinema. Coordenador de produção da Mostra de Arte Urbana no Brasil Central, em 2014 e 2016. Curador e também júri de premiação de vários festivais de cinema pelo Brasil inteiro. Itamar atuou no Júri do Curta Canedo 2017.

3º Festival de Cinema de Senador Canedo – CURTA CANEDO 2018 - Goiás - Brasil

Dias 20, 21 e 22 de Setembro de 2018. Horários: Das 9:00 às 23:00h - Local: Praça Criativa do Jardim das Oliveiras - Senador Canedo - GO

Programação do festival:  www.facebook.com/curtacanedo

Curtir Fan Page da atriz Cris Lopes (trailers, tv, entrevistas nacionais e internacionais): www.facebook.com/crislopesoficial

CRIS LOPES. OFICIAL. Teaser Filme Miguel: Cris Lopes, Caue Camargo @crislopesoficial @crislopesOFC
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis