ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10 de julho de 2018

Roberta Valadares, a eterna pintora do rei

Roberto Carlos homenageado por Roberta Valadares
Por Derbson Frota

No dia 26 de novembro de 2000 Roberto Carlos participou pela primeira vez de um programa de TV desde o falecimento de sua esposa, a saudosa Maria Rita, em dezembro do ano anterior. O Domingão do Faustão foi praticamente todo em homenagem ao cantor que lançou seu então novo CD, o excelente Amor Sem Limite. O artista também recebeu diversas mensagens de carinho e solidariedade de fãs anônimos e amigos famosos, como Jô Soares, Fernanda Montenegro, Maria Bethânia, Simone e Glória Menezes, além de apresentações musicais dos cantores Alexandre Pires, Leonardo e Daniel e das duplas Sandy e Jr e Zezé di Camargo e Luciano. 

Dentre todas as emocionadas e sinceras homenagens, uma delas chamou a atenção: Roberta Valadares, uma garotinha de apenas 11 anos que cria e pinta quadros ouvindo as músicas do rei. Foi exibido um vídeo em que a jovem mostra seu talento e admiração por RC. Em seguida, Roberta participou do programa ao vivo e entregou ao cantor um quadro pintado por ela mesma, representando, no objeto, o carinho que tem pelo ídolo. Roberto recebeu o presente das mãos da promissora artista plástica e se emocionou. Foi um momento de puro carinho. Uma das cenas mais comoventes do programa (assista o vídeo abaixo).

Mas, passados quase 20 anos, onde andará a então garotinha Roberta Valadares? Através de seu pai, Marcone Sampaio, nós conseguimos entrar em contato com ela, que topou bater um papo conosco. Roberta, paulista de Itapevi, continua cada vez mais fã do cantor. Ficou alcunhada de “Pintora do rei”, por ter todas as suas obras inspiradas nas músicas e na vida de Roberto Carlos. Em 2010, duas de suas telas fizeram parte da exposição em homenagem aos 50 anos de carreira do artista, na OCA do Parque do Ibirapuera, em São Paulo. 

Roberta, tudo bem? Para nós é uma grande satisfação conversarmos com você. Fale-nos um pouco sobre seu amor por Roberto Carlos. Como surgiu esse carinho pelo rei?

Tudo bem, Derbson Frota. A satisfação é minha. É sempre uma alegria, um prazer falar do rei Roberto Carlos. Começou com meu pai que é superfã. Ele tem a coleção completa e todos os dias ouve as canções. Os nomes “Roberta” e “Carla” (minha irmã) foram dados em sua homenagem. E minha mãe também é fanzoca. Então começou em casa mesmo.

Com qual idade você, de fato, começou a admirar o cantor? Como as pessoas reagiam ao lhe verem, tão jovem, fã de um ídolo como Roberto Carlos?  

Com oito anos de idade já era uma fã consciente. As pessoas ficavam impressionadas! Depois da homenagem, então, só elogios.

Como foi a emoção de participar do programa Domingão do Faustão homenageando RC?

Tamanha! Às vezes fico pensando: será que foi verdade tudo isso ou estou sonhando? Aí cai a ficha e agradeço sempre muito a Deus e ao rei.

Como a produção do programa entrou em contato com você?

Em 99 ganhei um concurso estadual de artista plástica mirim e dei entrevistas em programas da Globo, São Paulo, TV Cultura, Programa do Raul Gil, jornais e revistas. Sempre que me perguntavam quem eu admirava, sempre respondia: meu ídolo Roberto Carlos, que também inspira as minhas pinturas. Algumas tem o nome de músicas dele.

Seu pai, super fã do rei, participou de algum desses momentos?

No dia do programa meu pai me acompanhou. No camarim eu tremia muito e ele me acalmou. Quando sai do palco ele me abraçou e choramos juntos. Sonho realizado!

Duas de suas telas fizeram parte da exposição sobre os 50 anos de carreira de Roberto Carlos, na OCA do Parque Ibirapuera, uma honra indescritível pra qualquer artista e fã. Como foi a emoção de ter esse reconhecimento por parte dos organizadores do evento?

Mais uma grande emoção na minha vida. Chorei muito exatamente pelo reconhecimento e pelo carinho dos organizadores. Uma exposição fantástica! Amei tudo que estava ali, inclusive meus quadros (risos).

As pessoas ainda lhe chamam de “Pintora do rei”?
As amigas da época ainda chamam e fico feliz. Entendo quando o maestro Eduardo Lages diz que fica feliz e orgulhoso de ser chamado de “o maestro do rei”. Assim que me sinto.

Depois da participação no Programa do Faustão, você já teve oportunidade de se encontrar com o cantor novamente?

Graças a Deus três vezes em aniversários dele no RJ. Em uma delas, expus os quadros dentro da garagem do prédio onde Roberto mora.  Ele viu os quadros. Que honra, né? Depois em um show, na hora da entrega das flores, meu pai conseguiu me subir na ponta do palco. Ele veio, beijou e entregou uma rosa na minha mão. Aguenta coração!

Ser fã de um artista, conhecê-lo pessoalmente e ainda por cima ter uma família toda fanática pelo ídolo não é pra qualquer pessoa. Como é o dia a dia de vocês como fãs do rei?

Bem, meu pai conheceu Roberto Carlos em um show em Feira de Santana (BA) em 77. No ano seguinte, tirou foto com ele no aeroporto de Salvador (BA). Em 1980, levou a foto quase em tamanho natural para ele autografar no hotel. O rei foi muito carinhoso, fez uma dedicatória especial. Ficou muito bonito. Meu pai diz que esse quadro é o maior patrimônio da vida dele. Ninguém mexe!
A família inteira desde avós, primos, tios, tias, todos são muito fãs mesmo. E tem os “superfãs”, como eu, minha irmã Carla e meu pai. Temos muito material de revistas, jornais, toda a coleção. Acompanhamos tudo pela internet. No Site Oficial, participamos do Canal Emoções e as respostas que vem é que sabemos tudo sobre Roberto Carlos. E com frequência vamos aos shows em SP. Toda temporada, pelo menos uma vez por ano. A família, às vezes eu e meu pai. Já estamos na expectativa para setembro.

E hoje, o que você faz? Como está vida profissional e pessoal?
Está tudo bem. Graças a Deus faço faculdade (de Farmácia), trabalho (professora de Informática), tenho uma filha de oito anos que já é muito fã e quer ir aos shows. Vou ver se em setembro dá pra ela ir.

No dia em que foi exibido o Faustão com a homenagem a RC, eu tinha 17 anos e gravei todo o programa numa fita de vídeo cassete. Pra mim é uma honra, depois de tantos anos, estar conversando agora com você. Deixe sua mensagem de carinho a todos os leitores do Portal Splish Splash e fãs do nosso rei Roberto Carlos.

Quero agradecer a você e parabenizar a todos do Portal Splish Splash, porque as informações são precisas. Adoro! Também a todos os fãs do nosso amado Rei Roberto Carlos, que só nos dá alegrias, emoções e felicidades com suas canções, shows e carreira imbatível e abençoada por Deus. É um exemplo de ser humano maravilhoso. Deus abençoe a todos. Obrigada pela oportunidade.

Agradecemos a querida Roberta Valadares pela entrevista e ao seu pai, Marcone Sampaio, pela contribuição. Valeu, galera! Viva o rei!
Quadros de Roberta Valadares em homenagem a Roberto Carlos
Lucy, filha de Roberta, ainda bebê, já tinha bom gosto
Marcone e Roberto, em 1977
Derbson Frota

Sobre o autor

Derbson Frota - Professor, blogueiro, jornalista, radialista, cordelista e wikipedista, é graduado em História e especialista em Mídias na Educação e em Informática e Comunicação na Educação. Redator do Portal Splish Splash desde 2014. Leia Mais sobre o autor...

4 comentários:

  1. Essa é uma participação que procuro há tempos. Se possível, tem ele no Faustão, entrando no Palco cantando EMOÇÕES Nesse Mesmo programa dia 26/11/2000???

    ResponderEliminar

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis