ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

2 de abril de 2018

Sugestões da TV Brasil para terça (3) - Perfeito Fortuna, Luciana Savaget e Pedro Bandeira

Recordar e TV Perfeito-Fortuna-Credito Ana Paula Migliari-TVBrasil

Ator e produtor Perfeito Fortuna conta histórias da carreira no Recordar é TV

Programa da emissora pública aborda curiosidades sobre a trajetória do agitador cultural

O Recordar é TV desta terça (3), às 22h45, na TV Brasil, recupera uma entrevista do ator e produtor Perfeito Fortuna para Ziraldo no programa O Papo, da extinta TV Educativa do Rio de Janeiro, em 1989. A produção foi resgatada do material de arquivo preservado no acervo da emissora pública.

Trilha de Letras-Luciana Savaget

Naquela ocasião, o agitador cultural relembra a época em que fez parte do grupo teatral "Asdrúbal Trouxe o Trombone" e fala sobre a criação do Circo Voador, projeto cultural do qual foi um dos fundadores.

Natural do Velho Continente, Perfeito Fortuna nasceu em Portugal em 1950 e veio para o Brasil ainda na adolescência. Preso durante a ditadura militar no país, o jovem conviveu com personalidades da cultura nacional como Caetano Veloso e Ferreira Gullar.

A partir daí, quando conseguiu liberdade no início dos anos 1970, começou sua trajetória artística. Junto com outras figuras expoentes das artes mudou a linguagem teatral na década de 1970 com o grupo "Asdrúbal Trouxe o Trombone". A experiência nos bastidores é uma de suas marcas.

Trilha de Letras-Pedro Bandeira

Mais tarde, idealizou o Circo Voador, um espaço diferente para a época que revolucionou a noite carioca, lançou diversas bandas e propôs um novo conceito de fazer cultura. A chamada "economia criativa", termo cunhado hoje em dia com frequência, já era uma realidade para Perfeito Fortuna naquele tempo.

Agora com 68 anos, o artista continua a promove a arte em diversos espaços culturais na cidade do Rio de Janeiro, como a Fundição Progresso administrada por ele atualmente.

Também segue em carreira artista interpretando diversos papeis nos palcos e telas, produções em que ganhou visibilidade para um público que ainda não conhecia sua obra.

Sobre a atração e as novas homenagens

O programa Recordar é TV leva ao telespectador conteúdos que representam momentos importantes da memória da televisão brasileira a partir de material preservado no acervo da emissora pública com os registros feitos na época da TVE do Rio de Janeiro.

Shows, programas de auditório, grandes entrevistas, matérias jornalísticas marcantes, musicais e peças de teledramaturgia serão revisitados em nova roupagem pela atração. O objetivo é tornar esses vídeos de acervo atraentes ao grande público e alvo da curiosidade daqueles que se interessam pela história das mídias como um dos expoentes da cultura nacional.

Para as próximas semanas estão previstas edições temáticas com grandes ícones da música, além de homenagens a personalidades consagradas como Dias Gomes, João Nogueira e Paulinho da Viola, entre outros.

SERVIÇO:
Recordar é TV - terça-feira (3), às 22h45, na TV Brasil.
Recordar é TV - sábado (7), às 18h, na TV Brasil.

Luciana Savaget discute literatura juvenil com Raphael Montes no Trilha de Letras

Trilha de Letras Raphael Montes e Luciana Savaget

Programa da TV Brasil também traz depoimento do renomado autor Pedro Bandeira

Na semana do Dia Internacional do Livro Infantil, celebrado em 2 de abril, a premiada escritora e jornalista Luciana Savaget bate um papo sobre adolescência e literatura juvenil com o também escritor e apresentador Raphael Montes nesta terça (3), às 21h15, no programa Trilha de Letras, da TV Brasil.

Para aprofundar o debate sobre essa fase da tantas descobertas, entre a infância e a idade adulta, quando o jovem descobre os próprios limites e conhece o mundo fora de casa, a produção da emissora pública também traz uma entrevista com o ilustre escritor Pedro Bandeira.

O autor analisa a temática do abandono na literatura infanto-juvenil. O clássico "João e Maria" é o ponto de partida para Pedro Bandeira refletir sobre como o drama das crianças deixadas pelos pais inspira diversas tramas.

"João e Maria têm pais tão pobres que não podem mais alimentá-los. A história infantil do abandono na floresta mostra como uma criança se sente ao ser abandonada. Na época tribal isso era comum: deixar os bebês e os mais velhos para trás", pondera o experiente escritor.

Bandeira completa o raciocínio em seguida. "Hoje este é o medo original de qualquer ser humano: ser abandonado. Quando papai e mamãe me colocam no colo e contam uma história de uma criança como eu, tremo de medo literário, pois estou protegido no colo", explica o autor da série "Os Karas" e do livro "O Fantástico Mistério de Feiurinha", entre mais de 80 títulos.

Relação da obra de Luciana Savaget com o jornalismo

Como combinar jornalismo e literatura? A escritora Luciana Savaget conta para Raphael Montes durante a entrevista para o programa da emissora pública de que forma busca conciliar suas duas atividades.

Trilha de Letras Raphael Montes e Luciana Savaget

Ela explica que muitas de suas obras da literatura infantil são inspiradas em histórias que conheceu fazendo apuração jornalística. Luciana cita o livro "O amor de Virgulino, Lampião", publicação em que narra uma

"Eu descobri Lampião fazendo um trabalho jornalístico sobre Padre Cícero", destaca a autora. "Em palestras que eu dava em escolas, percebi que os jovens não sabiam quem era Lampião, uma figura importantíssima em nossa história. Às vezes visto como herói e bandido. E é um personagem brasileiro", ressalta.

Luciana criou uma série de livros intitulada “Operação Resgate”. Neste projeto, a escritora mescla assuntos atuais como os conflitos do Oriente Médio com a fantasia milenar dos contos das Mil e Uma Noites. Para a autora, as fábulas infantis tem a missão de trazer o sonho e a fantasia para nossa existência.

Carioca, Luciana Savaget tem mais de 30 títulos publicados e várias obras traduzidas para idiomas como espanhol, alemão e árabe. A jornalista trabalha no canal Globo News e já foi eleita "Personalidade do Ano Internacional da Criança".

Essa edição do Trilha de Letras também apresenta o canal "Alyssa e a magia da leitura", projeto de estímulo à leitura na infância idealizado por uma menina de dez anos, a jovem Alyssa. No quadro "Leituras com Katy", a jornalista Katy Navarro fala sobre o livro "Delta, um comando para o tempo", de Ana Cristina Melo.

SERVIÇO:
Trilha de Letras – terça-feira (3), às 21h15, na TV Brasil.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis