ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

10 de abril de 2018

Em Portugal Adriana Calcanhotto lança a música: A mulher do pau Brasil


Silene Santos

Mal Maria Bethânia apresentou A surdo 1, samba em tom maior composto por Adriana Calcanhotto em 2016 para exaltar a escola de samba Mangueira e lançado por Bethânia no recém-estreado show De Santo Amaro a Xerém, outra música inédita de Calcanhotto é também apresentada no palco neste mês de abril de 2018.

A canção A mulher do Pau Brasil foi composta pela artista gaúcha para o show – também intitulado A mulher do Pau Brasil – que Calcanhotto estreia amanhã, 10 de abril, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa. A apresentação dá início à pequena turnê por Portugal que também prevê apresentações em Ponta Delgada (em 21 de abril, Teatro Micaelense) e na cidade do Porto (em 24 de abril, no Coliseu do Porto).

Calcanhotto – vista ao alto em foto de divulgação de Leo Aversa – partiu do Manifesto da Poesia Pau-Brasil (1924), um dos pilares do movimento modernista brasileiro orquestrado por nomes como o escritor paulistano Oswald de Andrade (1890 – 1954), para conceber o espetáculo que aborda as influências da estética modernista (e da consequente antropofagia tropicalista de 1967 / 1968) na sociedade e na cultura pop do Brasil.

A exposição é feita sob a ótica de artista que cresceu e apareceu no Brasil, tendo migrado de Porto Alegre (RS) para a cidade do Rio de Janeiro (RJ) no fim dos anos 1980, mas que ultimamente tem vivido em Portugal, onde dá aulas na universidade de Coimbra.

Está prevista no roteiro do show A mulher do pau Brasil uma abordagem de As Caravanas (Chico Buarque, 2017), música de (impactante) letra antropológica que inspirou o título do álbum lançado no ano passado pelo cantor e compositor carioca Chico Buarque.


Adriana Calcanhotto | Abril 2018
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis