ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4 de abril de 2018

Conferência "Ecos do Atlântico Sul: sobre o futuro das relações transatlânticas do Sul" em Salvador


Goethe-Institut organiza conferência sobre o futuro das relações transatlânticas do Sul reunindo em Salvador mais de 60 acadêmicos e artistas da África, Europa e América do Sul

Para tratar do futuro das relações transatlânticas do Sul, sobretudo em relação ao papel da Europa no passado, presente e futuro, o Goethe-Institut organiza a conferência “Ecos do Atlântico Sul – Sobre o futuro das relações transatlânticas do Sul”, que acontece de 23 a 25 de abril de 2018, em Salvador, Bahia, cidade de grande relevância histórica nesse contexto. O evento contará com performances, uma exposição com a presença de artistas nacionais e internacionais e uma série de palestras.

Foto (esquerda para direita): Lilia Schwarcz, Bonaventure Ndikung e Nannete Snoep

Qual a importância do Triângulo Transatlântico no século 21? Que tipo de posição a Europa vai assumir frente à África e à América do Sul, depois de ter feito o papel de hegemonia colonial – em diferentes nuances – durante os últimos 500 anos?

Essas e outras questões serão tratadas na conferência, buscando uma abordagem interdisciplinar, multiespacial e multitemporal e reunindo mais de 60 artistas, curadores, cientistas e pensadores da América, da Europa e da África. A conferência será aberta com a antropóloga brasileira e professora visitante da Universidade de Princeton Lilia Schwarcz. Na sequência, o curador camaronense Bonaventure Ndikung e a antropóloga holandesa Nanette Snoep, entre outros.

“Ecos do Atlântico Sul” vai contar ainda com uma exposição reunindo nomes importantes como o artista sonoro nigeriano Emeka Ogboh (que já participou da documenta14 e Bienal de Veneza), a arquiteta angolana Filomena do Espírito Santo e os brasileiros Ayrson Heráclito e Camila Sposati.

Tendo como maior característica a multidisciplinaridade, o evento se completa com performances (Jota Mombaça, Carol Barreto, entre outros) e uma festa de encerramento com a participação musical do sul-africano Neo Muyanga e do DJ Ntone Edjabe.

A conferência é organizada pelo Goethe-Institut e pela Universidade Federal da Bahia e conta com a parceria do Itaú Cultural, do Instituto Merian América Latina e do Ministério da Educação do Uruguai e o apoio institucional da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

A programação é gratuita e parcialmente aberta ao público. Confira: www.goethe.de/brasil/ecos
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique na imagem para ver os perfis