ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4/18/2016

Casa das Artes Villa Mimosa, em Canoas/RS, virou por uma noite, uma Casa Portuguesa, com certeza




Por: Alba Bittencourt
Facebook
https://www.facebook.com/albamaria.fragabittencourt

No dia 16 de abril de 2016, pelas 20:00h, a Casa das Artes Villa Mimosa, em Canoas, Rio Grande do Sul, virou uma Casa Portuguesa, com certeza e eu nem podia acreditar que estava lá, no meio de tantos, a ouvir, pela primeira vez, um Fado ao vivo e a cores. Nem sei como descrever o que senti naqueles momentos. Só sei dizer que a felicidade era imensa, ao ouvir os acordes “sui generis” da Guitarra Portuguesa e a fadista Joana Reais interpretando "Nem às paredes confesso", "Foi Deus" e "Uma casa Portuguesa". A malta (galera) cantava junto, o que muito me surpreendeu, pois não imaginava que os Canoenses eram assim tão conhecedores do Fado.

 Para ir aos Fados, levei brincos e corrente a preceito. Que tal?

A fadista Joana Reais possui uma voz melodiosa e sua interpretação é fantástica, estando muito bem acompanhada por Beto Chedid, na guitarra portuguesa, Romes Pinheiro, no violão e, como convidado, Cezar Ferreira, no acordeão, todos eles aplaudidos de pé.

Joana Reais anunciou que se ia despedir com a “Casa Portuguesa”, mas como a malta insistia pedindo bis, ainda houve lugar a mais dois fadinhos.

No repertório, sucessos que fazem parte do tradicional Fado Português e canções que representam uma referência à nova geração de compositores e intérpretes, como Carminho, Kátia Guerreiro e António Zambujo, além de, como acima referi, "Casa Portuguesa" e "Nem ás Paredes Confesso", dois sucessos da diva Amália Rodrigues, a Rainha do Fado.

Com Beto Chedid (Guitarra Portuguesa)

Interessante o fato de Joana Reais, intercalar cada fado com uma breve apresentação de Portugal.

No final fui parabenizá-los. Disse-lhes que era colaboradora do luso-brasileiro Portal Splish Splash e que, como até àquele dia nunca tivera oportunidade de ir a Portugal para ouvir fado ao vivo, veio o fado até mim, ao mesmo tempo que propus que pensassem um dia cantar em jeito de fado “Meu pequeno Cachoeiro”, desafio que eles, sorrindo, disseram que iriam pensar em tão interessante desafio.

 Com Joana Reais

Enfim, um dia inesquecível proporcionado pela Casa das Artes Villa Mimosa, que espero se repita mais vezes à luz da vela com pão e vinho sobre a mesa, como diz o célebre fado da Rainha muito bem interpretado por Joana Reais.

Ah Fadista!

 Noite tão Portuguesa não podia terminar 
sem bolinhos de bacalhau e pasteis de Belém, ora pois!
Só faltou o Vinho do Porto. Quem sabe se na próxima vez!

Um cheirinho de Fado de Joana Reais

Matéria do Splish Splash a anunciar o evento
http://www.portalsplishsplash.com/2016/04/canoas-vai-receber-no-sabado-dia-16.html

JOANA REAIS no Facebook
https://www.facebook.com/Joana.Reais/

Sem comentários:

Enviar um comentário