ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

12/12/2015

Fãs de Roberto Carlos entrevistados pelo Portal Splish Splash – EDSON R CARLOS


A pensar nos milhares de fãs de Roberto Carlos, espalhados pelo Mundo, o Portal Splish Splash achou por bem auscultar a alma robertocarlistica que por eles perpassa, dando início a uma série de entrevistas que, cremos, poderá de algum modo contribuir para uma melhor compreensão do motivo que leva tantos a admirar a obra de um cantor/compositor Brasileiro que ao comemorar 55 anos de carreira, não só consegue manter a fidelidade dos seus fãs que o acompanham desde o início da sua trilha poética e musical, como ainda, atrair muitos jovens que não conseguiram ficar indiferentes à obra daquele que, como disse o poeta, se mais mundo houvera lá chegara.

A selecão da série de entrevistas não obedece a nenhum critério relativamente a este ou àquele fã, foram obtidas por quem as irá publicar, ou seja, Armindo Guimarães, Carmen Augusta e Derbson Frota, de acordo com os contatos que possuem. Também a publicação, que acontecerá às terças-feiras e sábados, é aleatória, ou seja, não tem qualquer ordem em relação aos fãs. Todos eles admiram o rei Roberto Carlos e por isso todos nos merecem a mesma estima e a mesma consideração, independentemente de, muito naturalmente, podermos conhecermos melhor este ou aquele fã.

O entrevistado de hoje é o fã Edson R Carlos, Uberlândia/MG.

PORTAL SPLISH SPLASH - Como começou a gostar do NMQT Roberto Carlos?

EDSON R CARLOS - Comecei a gostar de Roberto Carlos quando ainda com 14 anos eu e um amigo, ouvimos a música “Sentado à beira do caminho” e nunca mais deixei de gostar. Quando vi que uma música do Rei era sempre mais romântica que a outra, não foi preciso muito tempo para que, com 16 anos, passasse a ser conhecido em meu bairro com o apelido de Roberto Carlos.

PSS - Você se considera uma grande fã? Por quê?

ERC - Me considero um fã especial porque de dez músicas que canto, nove são de Roberto Carlos. Olho para ele e vejo a minha imagem. É até meio confuso o que sinto pelo Roberto; um certo fanatismo, tanto que nunca tive coragem de vê-lo cantar. Há dois a cinco anos fui pela primeira vez, por insistência da minha esposa, mas só assisti 30 minutos pois me senti mal e tive que ir para o hospital.

PSS - Se estivesse numa ilha deserta com o (a) amado(a), qual música do rei colocaria pra tocar?

ERC – Uma música de tantas, certamente seria “Detalhes”.

PSS - Roberto Carlos faz parte de sua vida? Como?

ERC – Roberto Carlos faz parte de minha vida, porque tudo que faço é baseado no que vi e vejo ele fazer: usar roupa Jeans, usar botina, colares como no álbum da música “Aceito seu coração”, e porque tudo que faço tem uma pitadinha de romântico à moda antiga.

PSS - Cite uma história engraçada e/ou emocionante que já viveu relacionado ao rei Roberto:

ERC - Aconteceu em 1977. Tinha que me preparar para o casamento da minha irmã, fui no salão de beleza e mandei um permanente muito doidão para ficar com os cabelos caracolados. Resultado: me colocaram o apelido de Azambuja, um personagem de Chico Anísio, e a turma caiu de pau. Fiquei triste porque eu queria que eles me achassem parecido com o Roberto (risos) e na volta virei chacota (risos).

PSS - Coleciona algo do rei? Se sim, cite exemplo(s):

ERC - Não gosto muito de colecionar coisas, porque o fanatismo nos dá uma certa angustia, por estarmos muito distante do ídolo, mas, mesmo assim, tenho vinte LPs, e dois compactos, que guardei de uma coleção, depois dos muitos que emprestei e nunca mais os vi de volta (risos).

PSS – Significa, então, que os LPs não foram emprestados, mas sim “emprestadados”.

ERC – Foi isso! (risos) O pessoal pedia emprestado e depois se esquecia de os devolver e, com o tempo, os LPs passaram de emprestados a “emprestadados” (risos).

PSS - Uma música que você sempre põe no “repeat”:

ERC – Uma música que só deixo tocar e, se puder, repetir cinco vezes, é “A distância”. Essa é meu xodó.

PSS - Muitas são as músicas do repertório do rei e muitas são aquelas que ele há muito não canta. Que música gostaria que ele voltasse a cantar?

ERC – A música que eu gostaria, que o rei voltasse a cantar seria “Se eu partir”. Linda demais!

PSS - Se Roberto Carlos fosse almoçar em sua casa, o que prepararias?

ERC - Se ele viesse almoçar em minha casa, isso me pareceria mentira, mas mesmo assim eu prepararia um tanto de calmante para mim e depois para o almoço (eu sou meio prático), seria mesmo um vinho, um arroz com macarronada, muita fruta, e jamais eu deixaria de realizar meu sonho, gravar um vídeo com eu e ele cantando em dueto. Impossível esse sonho, mas se acontecesse, depois disso eu poderia morrer, porque teria realizado meu último sonho.

PSS - Se fosse escolher para ouvir 10 músicas do rei, em ordem de preferência, quais seriam?

ERC - Dez músicas, seriam "A distância", "Rotina", "Sentado à beira do caminho", "Não tenho nada a perder", "Aceito seu coração", "Se eu partir", "Detalhes", "Pergunte pro seu coração", "Meu querido, meu velho meu amigo", "Lady Laura", "Estou aqui".

PSS - Se tivesse a oportunidade de falar ao vivo com o rei, o que diria?

ERC - Eu só diria uma coisa: “Roberto, agradeça a Deus, você é e sempre será único!”

PSS - As músicas do rei não seriam a mesma coisa sem as respetivas letras. Independentemente da música, diga os títulos de duas letras que mais o impressionam e porquê.

ERC – “Detalhes”, porque com essa música ele conseguiu escrever uma bonita história de amor que serve pra todos os casais. “A Distância”, porque ele descreve que um amor pode passar anos, quilômetros e fronteiras, tudo muda, mas nunca um amor é esquecido.

PSS - O rei possui em torno dele uma vasta equipe, desde os elementos que compõem a orquestra (RC9), aos elementos da administração, assessoria de imprensa e apoio logístico. Com certeza você simpatiza por alguns desses elementos por os conhecer ou já ouvir falar. Cite quais e por quê.

ERC - Sobre toda a equipe, eu nunca parei pra pensar, mas eu admiro todos, visto que cada um tem o seu posto e com certeza bastante capacitados para servirem o Rei. Penso que todos eles sentem que o cargo que ocupam, seja na orquestra, seja nos bastidores, é de muita responsabilidade e como tal não pode haver falhas.

PSS - O que mais gosta na personalidade do rei?

ERC - O que mais gosto em sua personalidade é a capacidade de ser o único cantor que além de cantar suas próprias músicas em português, ele as canta em outros idiomas.

PSS - O que gostaria que o rei mudasse nos seus usos e costumes?

ERC – Eu não vejo nada que ele pudesse mudar, tudo que ele faz e usa é perfeito. Roberto é Roberto!

PSS – O Edson é músico amador e um fã sempre presente no facebook percorrendo os grupos de fãs do Rei, em especial o grupo Fãs de Roberto Carlos, colocando diariamente vídeos da sua autoria interpretando músicas robertocarlisticas, algumas delas acompanhadas do ritmo do seu violão, tudo isso sozinho, entre quatro paredes, sem o apoio de ninguém. Certamente que não sou só eu que admiro a sua persistência e dedicação ao Rei através das muitas interpretações que faz das suas canções e a pergunta que fica é se já editou ou pensa editar um CD e se costuma fazer shows para o público em geral.

ERC – Nunca pude gravar um CD por motivos financeiros. Tudo que ganho do trabalho cuido de minha mãe que não anda mais. Já tive alguns convites para shows, mas nunca corri atrás de empresários. Algumas TVs que tentei contatos nem sequer me responderam.

PSS – Como músico, qual é para você a música ou as músicas do Rei que mais o fascinam no que à composição se refere?

ERC - No que à melodia se refere, o tema que mais me fascina é “Como é grande o meu amor por você”.

PSS - Se tivesse que escolher uma frase robertocarlistica do repertório do rei que mais se identificasse com você, que frase escolhia?

ERC - Nem mesmo o céu, nem as estrelas, nem mesmo o mar e o infinito, não é maior, que o meu amor, nem mais bonito (Como é grande o meu amor por você).


PSS - Responda à pergunta que não fizemos e que gostaria que lhe tivéssemos feito.

ERC – Como sou recebido pelos fãs do rei? Muitos fãs do rei me recebem bem e admiram minha interpretação, admitindo meus vídeos em seus grupos de fãs no Facebook, dedicados ao Roberto. Outros ignoram-me e alguns até me descartam, não entendendo que sou apenas um fã como eles que adora cantar as músicas do nosso Roberto. Cada um é fã do seu jeito. O meu jeito é cantar o melhor que posso e sei as músicas do Inimitável Roberto Carlos.

Edson R Carlos - A Distância

EDSON R CARLOS no Facebook:

Entrevista conduzida por:
Armindo Guimarães
Facebook
https://www.facebook.com/armindo.guimaraes
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Sem comentários:

Enviar um comentário

HOMENAGEM A ROBERTO LEAL

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil