ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

4/01/2015

Em Portugal Roberto Carlos gravará duetos com Dulce Pontes, Tony Carreira e José da Câmara


MENTIRA DE 1 DE ABRIL


 
Por: Armindo Guimarães
Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins
Facebook
https://www.facebook.com/armindo.guimaraes

Conforme havia revelado à nossa repórter Lilian Rocha, aquando da coletiva de imprensa no âmbito do Projeto Emoções em Alto Mar 2015, Roberto Carlos estará na Europa entre os dias 10 e 24 de Maio, apresentando-se em Londres nos dias 10 e 11, onde, no Abbey Road, fará um show exclusivo para convidados.

De Londres, o cantor partirá para terras lusas, e no dia 13 de Maio, data duplamente significativa por nela se comemorar a Abolição da Escravatura no Brasil e os 88 anos da aparição de Nossa Senhora de Fátima aos três pastorinhos, Roberto Carlos, católico fervoroso, fará questão de estar presente no Santuário de Fátima.

A partir do dia 14, Roberto Carlos dará quatro concertos, dois em Lisboa, nos dias 14 e 15 e dois em Gondomar (Porto), nos dias 16 e 18, sendo que em todos os concertos fará duetos com Dulce Pontes, Tony Carreira e José da Câmara.

DULCE PONTES

Roberto Carlos interpretará com Dulce Pontes, ‘Canção do Mar’, uma canção portuguesa com letra de Frederico de Brito e música de Ferrer Trindade, cantada por Amália Rodrigues em 1955, sob o título Solidão, no filme Os Amantes do Tejo. Em 1987 Dulce Pontes gravou uma versão da música no seu álbum Lágrimas, de 1993, tornando-se a mais conhecida versão, sendo incluída nas banda sonora do filme americano A Raiz do Medo (título inglês – ‘Primal Fear’), a pedido de seu ator principal, Richard Gere. Outras artistas internacionais também se renderam a esta música, cantando as suas próprias versões em outras línguas, tal como: Hélène Segara (‘Elle, tu l'aimes’, 2000, com o videoclipe filmado no Alentejo e com Ricardo Pereira), Chenoa ("Oye, Mar", 2002) e Sarah Brightman ("Harem", 2003).

No Brasil, a Canção do Mar foi gravada inicialmente por Agostinho dos Santos em 1956, pelo selo Polydor, e, no ano seguinte, foi gravada por Almir Ribeiro, pelo selo Copacabana. Também foi usada como tema de abertura de uma adaptação do romance As Pupilas do Senhor Reitor, de Júlio Dinis, em telenovela. Interpretado por Dulce Pontes, este tema tornou-se um dos maiores êxitos da canção portuguesa de sempre e não é de estranhar o interesse de Roberto Carlos em interpretar este tema ao lado de Dulce Pontes, por duas razões; Primeiro, porque depois das notáveis ‘Nem às paredes confesso’ e ‘Coimbra’, com a ‘Canção do Mar’ será completar em trilogia a homenagem às suas raízes lusitanas, pois tanto o avô paterno como o bisavô materno eram portugueses. Segundo, porque Eduardo Lages, o maestro do rei, tem uma atração especial por aquela música, tendo confessado no seu blog que ‘a melodia me faz chorar pois lembro de meu pai tocando isso no piano. É linda essa música!’

TONY CARREIRA

Com 26 anos dedicados à música, é atualmente o músico português mais mediático. Nos últimos anos, todos os seus álbuns têm entrado diretamente para o Top Nacional de vendas mantendo a liderança por inúmeras semanas consecutivas.

JOSÉ DA CÂMARA

Com 28 anos de carreira dedicada ao fado, editou em 2010 o álbum ‘Emoções – José da Câmara canta Roberto Carlos’, unindo o encanto da guitarra portuguesa, viola e viola baixo, a alguns dos clássicos do ‘Rei’ da música brasileira, reforçando a ideia que a música não tem fronteiras.

ÁLBUM DE DUETOS EM SETEMBRO

Para além dos três cantores portugueses, Roberto Carlos tem outros nomes cotados para participações especiais e duetos, e entre eles estão Shakira, Rod Stewart e o mexicano Marco Antonio Solis.

A ideia é gravar um novo álbum para ser lançado em setembro e ao mesmo tempo, no ano em que se comemora os 55 anos de carreira de Roberto Carlos, celebrar, também, os seus 50 anos de carreira latina.

Dulce Pontes - Canção do Mar

Tony Carreira – Envelhecer ao teu lado

José da Câmara canta Roberto Carlos - Emoções
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

2 comentários:

MÚSICA LUSÓFONA

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil