ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

3/16/2011

Nelly Furtado cantou no Estádio da Luz




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@hotmail.com
Portal Splish Splash

O “patrãozinho” costuma dizer que eu sou um homem (jornalista) surpreendente, apresentando trabalhos super imaginados. Na verdade, este cérebro nunca pára de funcionar, procurando assuntos que podem merecer a maior atenção e de agradável leitura.

Dentro desta minha maneira de estar no jornalismo, hoje lembrei-me da jovem Nelly Furtado, de descendência açoriana, concretamente da ilha de São Miguel. Digamos que na sequência do que apresentei em relação ao Jorge Ferreira. Isto vem demonstrar que, nos Açores, através de várias gerações, surgiram grandes valores da canção, só que muitos deles, em tempos remotos, não tiveram oportunidade de surgir na ribalta por falta de apoios e, também, manda a verdade dizer por depararem com alguma discriminação. Dizia-se, naquela época, que açorianos e madeirenses eram “portugueses de terceira”. Hoje, felizmente, os ilhéus, em Portugal e na Diáspora, já são vistos de forma bem diferente e com todo o respeito, corolário de muitos excelentes valores que despontaram – na música, no futebol, na cultura das letras e por aí fora. Nesse antigamente, do salazarismo, sejamos directos, só se impuseram fora de portas os poucos que faziam parte de uma intocável plêiade, citando, como referências. Vitorino Nemésio, Natália Correia. E já agora que se falou de futebol, o Dr. Borges Coutinho que foi um dos mais ilustres e cotados presidentes do Sport Lisboa e Benfica. São apenas estas referências, porque depois o naipe cresceu de forma clarividente.

Ora, debruçando-me sobre Nelly Furtado, claro que, nas vezes que passei pelo Canadá, ela ainda não tinha despontado para a música com a sua maravilhosa voz, que não deixa também de ser um orgulho para os açorianos. E sobre esta cantora, aconselhava os nossos visitantes a uma busca no You Tube e inclusive o seu site oficial.

Cantora de espectaculares recursos, Nelly Furtado, curiosamente, já esteve a cantar no Estádio da Luz, numa altura em que não havia no grémio da Luz esse tal de Jesus, que às vezes se esquece que é treinador e vira “boxer”. E lembram-se quando ela esteve no Estádio da Luz? Foi exactamente no Euro 2004, interpretando a canção oficial de tão importante evento. Por azar nosso, mais uma vez ficamos gregos ante o seleccionado da Grécia. Mas o que lá vai, lá vai. Ficamos num honroso segundo lugar e, para além disso, tivemos a honra de ouvir Nelly Furtado a cantar para toda aquela multidão. Felipão aplaudiu muito Nelly Furtado. Ainda temos esta imagem na retina. Depois ficou mais uma vez grego com a força dos gregos.

Menina que domina correctamente o espanhol, Nelly Furtado já cantou “beijo outra luz” de Amália Rodrigues. Só não sei (gostava de saber) se ela já cantou Roberto Carlos? Tem aquela canção em espanhol “cama y mesa”. Sugestivo...

NELLY FURTADO

Site Oficial
http://www.nellyfurtado.com/

Wikipédia
http://pt.wikipedia.org/wiki/Nelly_Furtado

------------------------

Nelly Furtado - Força

1 comentário:

  1. OLà Carlos Aberto!é verdade pà, eu quase jà me tinha esquecido da passagem da Nelly Furtado no estado da Luz.Mas eu sei porque!a disiluzao foi tao grande de perder a final do Euro 2004 que nao é estranho.Mas realemente a Nelly alem de ser bonita tem uma lindissama voz e eu tambem a precio e tenho muito urgulho de ela ter origens Açorianas.So lhe desejo que continu-e a ter muito exito porque talento sim que o tem por isso que o saiba utilizar e que continu-e a fazer honra aos Açorianos e aos Portuguses.Abraços! gostei muito do teu poste.

    ResponderEliminar

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES - Clique para ver o perfil