ROBERTOLOGIA EM DESTAQUE

18 de março de 2011

A minha “slot machine”





Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@hotmail.com
Portal Splish Splash


Conheço muitas tristes estórias ligadas ao vício das “slots machines”. Isso acontece por todo o lado, quiçá menos nos grandes países de equilíbrio nessa situação, isto é, a percentagem de lucros paralelamente aos prémios. Constatei isso, inclusive, nos Estados Unidos quando, por duas vezes (numa sexta e num domingo, ou seja, no espaço de 48 horas), visitei Atlantic City, uma das mais famosas cidades de casinos, bem pertinho de New York (2 horas de automóvel a percorrer o trajeto). No segundo dia, coloquei numa “slot machine” uns trocadinhos que tinha (moedas de 25 cêntimos) e, por sorte minha, na penúltima moeda, lá me saíram 500 dólares, o que deu para, no dia seguinte, de manhã, comprar vários objectos de cristal para oferecer às pessoas amigas na quadra natalícia. Mas convém aqui sublinhar que os famosos casinos de Atlantic City (felizmente que trouxe muitas fotos. Há casinos muito maiores do que o Estádio do Maracanã, por exemplo) são bem organizados. Ali há de tudo. Fiquei surpreendido quando Gary Lagrotteria, gerente do Ballys (um dos maiores casinos) e que manifestou interesse em que eu colocasse a sua foto no meu jornal de Portugal (satisfiz posteriormente a vontade do homem), me confidenciou que possuem ônibus (em Portugal diz-se autocarros) para trazer os aposentados para as diversões do casino (quatro estrelas o Ballys) e, sobretudo, para ficarem clientes das “slots machines”. De facto, nas duas vezes em que lá estive, apercebi-me que por ali passava muita gente de idade avançada, os tais aposentados que me falou o Gary. Mas, claro, que as aposentadorias nos Estados Unidos são elevadas, nada a ver com o Brasil e Portugal, por exemplo.


Em Portugal, conheci casos de pessoas que, viciadas no jogo (“slots machines” e não só), perderam muito dinheiro, muitas delas hipotecando os seus haveres, casas, automóveis, móveis, etc. O raio do vício do jogo. Quem não se controla, acaba por cair na desgraça. Claro que isto já aconteceu aqui no Brasil e não foi por mero acaso que o governo mandou encerrar os casinos.

Ora, felizmente nunca fui um viciado no jogo. Naquele dia, em Atlantic City, a menos de 24 horas de regressar a Portugal, depois de ter feito a cobertura da célebre Maratona de New York, estava em maré de sorte. Mas disse logo aos meus amigos que me acompanhavam: Não gasto mais do que 10 dólares, no máximo 20.

Mas, como não sou melhor do que ninguém (quiçá diferente em termos de mente bem aberta) acabei por apanhar o vício de uma “slot machine” que encontrei em Petrópolis. Sempre que lá vou, gasto numa média de 30-40 reais. Só que, nesta “slot machine”, ganho sempre. Sabem como se chama a “slot machine?”: Rua Teresa. De lá venho sempre com camisas, bermudas, etc. Esta “slot machine”, a minha preferida (adoro regressar a casa com umas sacolas contendo camisas e camisetas, por exemplo - Dispenso as camisinhas que se vendem nas farmácias ), aconselho às pessoas. Ali nunca se perde. Investe mas tem a recompensa. Que venham mais “slots machines” como aquelas da Rua Teresa. Ao que dizem, são 1200. Este é que é um bom casino.

2 comentários via Blogger
comentários via Facebook | Pode optar por Comentar via Facebook clicando aqui.

2 comentários:

  1. Olà amigo C.Alberto!é verdade que estes vicios de casino nunca deram grandes resultados no meus conhecimentos.Mas tambem é verdade que cada um de nos temos os nossos vicios e manias, por exemplo eu tambem nao posso entrar numa casa onde vendem roupas e acessorios de desporto porque tenho sempre que comprar alguma coisa mesmo que nao a utilize.A Isabel minha esposa nao ha meio de compreender o efeito desta droga até porque quando eu entro numa casa destas ela encontra sempre a oportunidade de ir a outa loja e é uma das acasioes onde a gente se separa por uns instantes.Sabes uma coisa, é mesmo como diz o Mindo isto é do baril!e agora com 56 é que nao vamos modar nao!abraços

    ResponderEliminar
  2. Your site is actually awe-inspiring. I've discovered numerous brand new points. The right path associated with setting up can also be intriguing. You've chosen really amazing subject. We valued this.

    Free Slots Machines

    ResponderEliminar

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES

OS NOSSOS REDATORES PERMANENTES
clique para ver o perfil