Claro enigma mistura indie, eletrônico e hip hop em compacto "(dila)serei"

claro enigma e Victor Meira (crédito Punk Mello)

Duo claro enigma mistura indie, eletrônico e hip hop 
em compacto de estreia
“(dila)serei” está disponível nas plataformas de música digital

Unindo indie, eletrônico e experimental com influências do hip hop, o duo de Limeira claro enigma estreia sua discografia com o compacto digital “dila(serei)”, pelo selo Sagitta Records. Com participação especial de Victor Meira (Bratislava, Godasadog), o lançamento está disponível nas plataformas de música digital.

Formada por Matheus Pinheiro e Caique Redondano, a claro enigma vem da parceria musical e do trabalho dos dois músicos com a banda Cigana, onde tocam há alguns anos. Quando Pinheiro criou alguns beats que achou interessantes, mas que não iria aproveitar como produtor do grupo de rap Diretriz, convidou o amigo para trabalhar em cima deles.

“Chamei o Caique para criar e gravar linhas de guitarras para as duas músicas, e acabou rolando muito bem. Daí decidimos que seguiríamos com o claro enigma, um projeto novo, pra ‘desovar’ produções nossas que víamos que não eram exatamente a sonoridade que a nossa banda principal procurava, mas algo diferente e único também”, conta Matheus.

Assista ao lyric video “remetente”: https://youtu.be/7FOjQtThtxw

A claro enigma chega com duas faixas: “remetente”, que estreou o projeto com um lyric video; e com participação de Meira na música “desejo androide”, também transformada em clipe. Como Cigana, Matheus e Caique já possuem dois EPs e dois singles. O mais recente, “Natureza”, foi lançado pela Laboratório Fantasma dentro do projeto "Original's Studio", da Levi's.

Ouça “(dila)serei”: http://bit.ly/claroenigmadilaserei
Assista ao clipe “desejo androide”: https://youtu.be/Ckkduza0YPA

Ficha Técnica:
Produzido por Matheus Pinheiro
Masterizado por William Schneider
Participação especial: Victor Meira, na faixa “desejo androide”
Gravação de voz por William Schneider e Matheus Pinheiro
Instrumental gravado em casa, em Limeira/SP

claro enigma - compacto - capa

Faixa-a-faixa:

“desejo androide”, por Matheus:

Uma base que no começo não tinha destino específico. Era uma música que eu queria fazer pra passar a sensação de derretimento… Originalmente, era pra ser uma base de rap mais pop, com uma bateria “arrastada”. Depois que eu tinha o beat (baixo, bateria e synths), o Caique chegou e trabalhou em algumas guitarras, que deram uma sensação um lúdica para a música. Eu lembro que mandei o instrumental dessa música e de “remetente" pro Victor Meira escolher entre uma das duas pra trabalhar, e ele se identificou mais com essa, e fez a letra e as melodias de voz que viraram “desejo andróide”. Fomos lapidando algumas coisas, até chegar na versão final, que é parecida com a ideia original do Victor.

“remetente”, por Caique:

A chave da felicidade está do lado de dentro. Basta pular de cabeça, no mais profundo escuro, e reprogramar as perspectivas. Para dar outro sentido às lembranças, enxergar com os olhos do avesso. Raros são os insights, ainda mais quando são eternizados, como por exemplo "remetente". Alguns pensamentos simplesmente batem na porta da frente, em meio ao caos da rotina, no pouco tempo que sobra para explorar o lado interno, e traduzir isso como arte. É difícil, mas é incrível. Essa música marca uma conclusão, bem no meio, entre a organicidade e a tecnologia. 

Siga claro enigma:

claro enigma ≈ remetente (lyric vídeo)

Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário