O Brasil retratado em aquarelas na Associação Paulista de Medicina


Obras de Heinz Budweg, artista alemão apaixonado pelo País, reproduz em telas praias, montanhas, flores e animais de nossa terra

De 5 de abril a 4 de maio, a APM (Associação Paulista de Medicina) abre suas portas para a exposição “Paisagens do Brasil”, com 19 aquarelas do artista alemão Heinz Budweg, que vive aqui desde 1953 e adotou o País como pátria. Apaixonado por nossa terra e cultura, seus trabalhos retratam a flora, a fauna e as paisagens de todas as regiões Brasil.

Telas mostrando os Lençóis Maranhenses, a Serra das Capivaras (PI), O Porto dos Índios Urubu-Kaapor/ Rio Gurupi (MA), e uma aldeia de pescadores (SE) fazem parte dessa exposição do pintor, desenhista, ilustrador, cenógrafo e figurinista.

Budweg percorreu o País em uma Kombi adaptada. Fotografou tribos indígenas, pintou murais que foram tombados pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), presidiu fundações alemãs em solo brasileiro, criou projetos como o Tapajos, que objetivava provar a existência de contatos entre a Europa e a América muito antes do descobrimento da América e, durante a primeira expedição do projeto, 18 sítios arqueológicos foram descobertos na Amazônia.

Por tudo o que fez pela arte e cultura nacional, Budweg recebeu a Ordem Marechal Rondon e a Medalha Dom Pedro I.

O artista foi apelidado pelos críticos de Bandeirantes das Artes por ter desbravado o país assim como fizeram os primeiros exploradores que foram levando o Brasil além de suas fronteiras.

AGENDE-SE
Visitação: de 5 de abril a 4 de maio,
De Segunda a Sexta, Das 10h às 20h.
Local: Av. Brigadeiro Luís Antônio, 278 – Espaço Multifuncional (Térreo)
Entrada Franca

Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário