Teatro Rival Petrobras apresenta: Rodrigo Carvalho


Lançamento do primeiro disco solo "Rodrigo Carvalho"

Tulio Feliciano assina a direção artística do disco e do show

O cantor e compositor Rodrigo Carvalho leva o show de lançamento do seu primeiro disco solo, "Rodrigo Carvalho" (independente), para o palco estelar do Teatro Rival Petrobras. Será no dia 27 de março, às 19h30, com as participações especiais de Zé Luiz do Império, Toninho Geraes e Wanderley Monteiro, grandes compositores com obras gravadas por Rodrigo nesse disco. A noite faz parte da programação de aniversário do Rival, que completa 84 anos neste mês. Ingressos de R$ 40 a R$ 60.

Com inéditas e regravações muito bem escolhidas, Rodrigo pincela um ar contemporâneo na interpretação de obras de importantes autores, como "Classificado" (Ernesto Pires e Sergio Fonseca), "Papo de Amador" (Zé Luiz do Império, Wanderley Monteiro e Luiz Carlos Máximo), "Jandirá" (Nelson Rufino) e "Aquarela Carioca" (Toninho Geraes e Toninho Nascimento). O repertório inclui, ainda, sambas de jovens e talentosos compositores, entre eles "Não Cospe" (Juliano Juba, Augusto Bapt e Rodrigo Braga), e os autorais "Pra Casa Não Cair" (parceria com João Martins) e "Menina-Luz" (com Fred Camacho).

"Do repertório, aos arranjos, passando por todos os processos de criação, gravar um disco é contar vários enredos da rua. Os compositores que conheci, as batucadas que presenciei... Tudo contribui para uma boa história de samba", diz Rodrigo, o Biro, digno representante do atual samba carioca, com passagens pela banda de Beth Carvalho, ainda na década de 1990, e pelo Galocantô, grupo do qual é fundador e ex-vocalista, já nos anos 2000.

Produzido pelos renomados João de Aquino (que assina a direção musical e os arranjos) e Tulio Feliciano (que faz a direção artística do disco e do show), "Rodrigo Carvalho" traz instrumentistas com brilho próprio, da grandeza de Dirceu Leite nos sopros, Carlinhos 7 Cordas no violão, Marcos Esguleba e Zé Trambique nas percussões; e talentos da nova geração, com destaque para Gabriel de Aquino (violão de 6 cordas), Daniel Aranha (cavaquinho e bandolim) e Fabiano Segalote (trombone).

Cantor de timbre bonito, herdado dos antepassados negros, o mestiço Rodrigo Carvalho, 40 anos recém-completados, comanda uma badalada roda de samba na Tijuca. Quinzenalmente, o Pagode do Biro anima as noites do Sindicato dos Fumageiros. Para ficar por dentro da programação, visite a página oficial do sambista: www.facebook.com/rodrigocarvalhosamba

SERVIÇO:

Rodrigo CarvalhoTeatro Rival Petrobras - Rua Álvaro Alvim, 33/37 - Centro/Cinelândia - Rio de Janeiro. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 400 pessoas. Data: 27 de março (Terça). Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Censura: 18 anos. www.rivalpetrobras.com.br. Metrô/VLT: Estação Cinelândia

Ingressos: Setor A – R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia) | Setor B – R$ 50 (inteira), R$30 (Promoção para os 200 primeiros pagantes) e R$ 25 (meia) | e Setor Extra – R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Venda antecipada pela Eventim - http://bit.ly/Ingressos2z0P23j
Bilheteria do Teatro Rival - Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h

*Meia entrada: Estudante, Idosos e Professores da Rede Pública

Siga o Rival nas redes sociais:
www.facebook.com/teatro.rival
Instagram: @teatro.rival
Twitter: @teatro_rival

Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário