Rede Artesol lança a única plataforma digital sobre o artesanato brasileiro e suas expressões artísticas


A maior vitrine que chega para inventariar saberes tradicionais que correm o risco de serem esquecidos em vilas de rendeiras, comunidades ribeirinhas, terras quilombolas, entre outros grupos que trabalham com uma diversidade de técnicas artesanais, em todas as regiões do Brasil.

Conectando 100 grupos entre associações, mestres e artesões individuais de todas as regiões do País, ao mercado nacional, a REDE ARTESOL lança, no próximo dia 27 de março, a partir das 10h30, no Edifício Ruth Cardoso (Rua Pamplona, 1005 – 4º. andar), a inédita Plataforma Digital sobre o Artesanato de Tradição Cultural Brasileiro. Na ocasião, artesãos, consultores, designers que fazem parte da Rede estarão presentes.

O projeto tem como principal objetivo apoiar a salvaguarda do fazer artesanal de tradição cultural, promover a autonomia dos artesãos brasileiros e o desenvolvimento socioeconômico das comunidades de artesãos.

Segundo Josiane Masson, coordenadora geral da REDE ARTESOL, “o foco é valorizar e projetar nacionalmente o trabalho artesanal, mostrando o talento e a criatividade dos artesãos, a diversidade de técnicas e matérias-primas presente nessa atividade, além de motivar novas gerações a manter vivo esse patrimônio imaterial. A ferramenta existe para o registro da memória desses conhecimentos e para facilitar a pesquisa e as conexões dos artesãos entre si, com os lojistas, consumidores e outros interessados no tema”.
O novo portal apresenta um mapeamento com uma página para cada grupo/artesão com suas referências culturais e informações sobre as matérias-primas, técnicas utilizadas e produtos desenvolvidos, além de um ambiente em que os interessados poderão contatar diretamente as comunidades. “Vamos contar com uma interface mais dinâmica e capaz de articular artistas populares, mestres, grupos de artesãos, agentes de comercialização, profissionais, ONGs e programas governamentais de apoio”, conta a presidente da Artesol, Sônia Quintella. A ideia é que a Rede estimule novas relações de comércio mais justas e humanizadas entre artesãos, lojistas e até com o público final.

O projeto, que só foi possível com o apoio do Ministério da Cultura e o patrocínio das Casas Pernambucanas e da Cielo, contou com consultores especializados que percorreram todo o Brasil para mapear, in loco, mais de cem grupos de artesãos, catalogando toda a cadeia produtiva do artesanato de tradição brasileira, inclusive capacitando-os e estimulando-os a utilizar as novas tecnologias para valorizar e expor seus trabalhos na Rede.

O portal ainda inclui um blog com reportagens exclusivas sobre o universo da produção artesanal no Brasil, um guia de tipologias e um conteúdo conceitual do artesanato brasileiro na perspectiva do patrimônio cultural imaterial.

Sobre a ArteSol
Há 20 anos a ArteSol é uma organização da sociedade civil que se preocupa em valorizar e preservar o conhecimento artesanal brasileiro. Mapeando  e valorizando as técnicas e tradições que tornam o artesanato brasileiro uma expressão artística única e peculiar.

A ArteSol foi concebida em 1998, com o nome de Artesanato Solidário. Era um programa social no âmbito do Conselho da Comunidade Solidária, presidido pela antropóloga Dra. Ruth Cardoso. As primeiras ações foram voltadas para o desenvolvimento regional com base no saber artesanal das regiões afetadas pela seca, principalmente no Norte de Minas Gerais e no Nordeste brasileiro.

O trabalho, ampliado e consolidado ao longo dos anos, está fundamentalmente voltado para a salvaguarda das técnicas artesanais de tradição brasileira como um patrimônio cultural e sua interface com o mundo contemporâneo; a formação continuada dos artesãos e o apoio à sustentabilidade dos grupos detentores desses saberes.

Sobre a Rede ArteSol
A crença é no artesanato vivo e em rede, estimulando a criatividade e o empoderamento dos artesãos e incentivando mais pessoas a comprar os produtos a partir da cultura da sustentabilidade. O projeto da Rede ArteSol é uma iniciativa para esse fim: uma estratégia que conecta artesãos, comerciantes, instituições e consumidores interessados na promoção do artesanato nacional.

O site www.artesol.org.br/rede disponibiliza informações sobre o artesanato brasileiro, as técnicas utilizadas e os contatos dos artesãos, organizados por técnica, categoria, perfil e região. O objetivo é que essa Rede seja uma vitrine qualificada para apresentar os artesãos e seus saberes, uma ferramenta de pesquisa cultural, contribuindo para a valorização e salvaguarda do artesanato de tradição cultural no Brasil. Com a disponibilização dos contatos comerciais desses artistas e produtores, busca promover a aproximação com os consumidores, aumentando as possibilidades de venda e geração de renda.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário