Espaçonave captura tempestade de nuvens brilhantes em Júpiter

Matt Brealey e Gustavo BC processaram a imagem 
(Foto: NASA/JPL-Caltech/SwRI/MSSS/Matt Brealey/Gustavo BC)

Aluno de Química Ambiental da Unesp trabalhou no ajuste da imagem 

Gustavo Bittencourt Costa, aluno do curso de Química Ambiental da Unesp de São José do Rio Preto, ficou em destaque na imprensa especializada por ajustar um foto de Jupiter.

A a sonda Juno foi lançada pela NASA em 2011 com o objetivo de estudar diversas propriedades de Júpiter. Chegou lá em 2016, sendo inserida em uma órbita que a leva a apenas 4.200 km do topo das nuvens ("superfície") de Júpiter a cada 53 dias, aproximadamente, no que é chamado de "perijove". São nesses perijoves que a sonda efetua suas observações.

Um dos instrumentos acoplados à Juno foi a JunoCam, que não faz parte dos principais instrumentos científicos a bordo, sendo destinada ao alcance e ciência públicos ("ciência cidadã"). A JunoCam é uma câmera/telescópio de luz visível que, a cada perijove, captura diversas fotos de Júpiter que são posteriormente enviadas pela sonda e recebidas na Terra por meio da Deep Space Network e então disponibilizadas no site da Missão Juno para acesso livre por qualquer cientista amador que deseje observar ou processar as imagens e/ou os dados brutos.

A partir daí, os cientistas cidadãos/amadores que processaram as imagens podem então subi-las no próprio site da missão, sendo dado o devido crédito às instituições operadoras dos instrumentos a bordo da sonda (NASA, Southwest Research Institute (SwRI) e Malin Space Science Systems (MSSS)), além do próprio nome ou nome de usuário do cientista cidadão.

No 11º perijove da Juno, no dia 07/02/2018, a sonda enviou esta imagem e, dois dias depois, o cientista cidadão Matt Brealey testou nesta imagem uma nova forma de pré-processamento dos dados brutos da Juno, que ele estava desenvolvendo na época, obtendo estes resultados, que ele disponibilizou ao público via Twitter.

A partir dessa imagem preprocessada, Gustavo produziu a imagem aqui reproduzida, fazendo ajuste/melhoria de cores e realce de relevo, utilizando de algumas ferramentas do Adobe Photoshop. "Estando pronta a imagem, fiz o upload da mesma no site da Missão Juno ainda no mesmo dia, 09/02/2018, próximo às 20h, disponível aqui", conta

Em 15/03), parte do pessoal da área de comunicação pública do Jet Propulsion Laboratory (JPL-NASA) notou a imagem dentre os uploads e efetuou uma publicação oficial destacando a imagem, disponível no site do JPL, assim como no site da Missão Juno. Essas publicações foram então divulgadas nos perfis do Twitter oficiais do JPL e da Missão Juno, e também em suas respectivas páginas no Instagram.

Um dia depois, em 16/03, a imagem foi escolhida como destaque na galeria Image of the Day (Imagem do Dia), no site oficial da NASA, e foi divulgada em outra publicação oficial, agora no site da NASA, que foi ainda divulgada nos perfis do Twitter do Centro de Voos Espaciais Marshall, e no oficial da NASA (também no Instagram respectivo), além de terem sido retuitadas por diversas outras personalidades proeminentes da área astronômica do Twitter.

"Foram a partir destas publicações oficiais que, então, vários outlets de mídia começaram a exibir o meu processamento desta imagem, como uma publicação no Space.com, entre outros", relata o aluno.

A imagem foi tirada pela Juno às 11:38:36 no dia 07/02/2018 (horário de verão de Brasília), durante o 11º sobrevoo da sonda próximo ao planeta. Neste momento, ela se encontrava a aproximadamente 12?200 km de altitude sobre o topo das nuvens, a uma latitude de 49,2° norte.

Acompanhe em







"Alem desta imagem, outra foto editada por ele foi destacada anteriormente no portal IFLScience:

Fonte oficial da foto

Contato do aluno

Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário