Anna Ratto lança hoje o single "Pode me chamar" nas plataformas digitais


 O  álbum completo será lançado em abril, com produção de Jr Tostoi e Marcelo Vig

A cantora e compositora Anna Ratto lança o seu quinto CD, “Tantas”, dia 6 de abril, pela gravadora Biscoito Fino. Antes do álbum completo, chega hoje às lojas digitais o primeiro single, “Pode me chamar” (Fabio Trummer).

Disco de intérprete - Anna assina apenas uma canção em parceria com Jam da Silva, chamada “Frevolenta” -  a ideia foi dar voz a compositores do entorno. “Queria gravar essa gente talentosa da minha geração (ou até depois da minha) que tem produzido coisas incríveis. Gente que tá por perto ou nas minhas pesquisas. Já gravei muitos ídolos consagrados, como Gil, Erasmo, Tom Zé. Neste disco quis cantar os meus "jovens ídolos"e estar mais comprometida com meu canto, ser canal, sem a obrigação de compôr", define. "Meu ultimo projeto (CD e DVD ao vivo)  era um apanhado da minha carreira, fechava um ciclo de trabalhos. Queria experimentar novas ideias", completa. 


Foto em anexo: Nana Moraes

O novo álbum de Anna Ratto marca também o início de uma parceria com dois produtores conectados a várias e novas sonoridades, do pop à música eletrônica: Jr Tostoi (guitarrista e produtor) e Marcelo Vig (baterista, DJ, produtor) .

Escolhida para abrir os trabalhos, “Pode me chamar“, assim como o próprio álbum, não se enquadra em rótulos: “Essa música tem uma mistura de samba-rock com dub, com reggae no meio, cheia de ousadia. Abre o disco chamando pra pista”, define Anna, que já a conhecia de tempos atrás. “É praticamente um "hit" da Banda Eddie, de Recife, que eu adoro. Por aqui soa inédita pra quem não tem muita relação com essa cena, mas ela pintou muito nas pistas da Lapa, nos shows da banda no Teatro Odisséia e no Circo Voador de algum tempo atrás”. Foi Jr Tostoi quem falou da canção nos muitosbrainstormings de pré-produção do álbum e Anna quis regravá-la de uma nova maneira.

A gravação da faixa conta com Jr Tostoi na guitarra e programações; Marcelo Vig na bateria e programações; Fernando Caneca no violão sete cordas e tenor; Alberto Continentino no baixo e Jovi Jovianiano na percussão.

O repertório do álbum que chega às lojas em abril reúne canções de Caio Prado, Matheus Von Krüger, Ana Clara Horta, Bruna Caram e Duda Brack, Tó Brandileone, João Cavalcanti e Rodrigo Maranhão, entre outros. Carlos Posada e o Quinteto da Paraíba participam em duas faixas do CD, cuja capa traz Anna Ratto “vestida” com um figurino desenhado pelo estilista Ronaldo Fraga, sobre fotos de Nana Moraes. A direção artística é de Bianca Ramoneda, que também dirigirá o show da nova turnê, que estreia no Rio de Janeiro, dia 27 de abril, no Espaço Cultural Sergio Porto.

Ouça nas plataformas digitais:

Apple Music
https://itunes.apple.com/br/album/pode-me-chamar-single/1357980094

iTunes
https://itunes.apple.com/br/album/pode-me-chamar-single/1357980094

 Anna Ratto - "Pode Me Chamar"
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário