8° Fórum Mundial da Água é tema de edição especial do programa Conexão Ciência

Foto Conexão Jorge Werneck reduzida.

8° Fórum Mundial da Água é tema de edição especial do programa Conexão Ciência

Produzido em parceria entre a Embrapa e a TV NBR, do governo federal, programa terá edição especial veiculada durante todos os dias de realização do evento, 18 a 23 de março de 2018.

Brasília, 19 de março de 2018 – O programa de TV Conexão Ciência, promovido em parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a TV NBR do governo federal, apresenta uma edição especial esta semana em homenagem ao Fórum Mundial da Água, que acontece de 18 a 23 de março em Brasília, DF. Trata-se da maior plataforma de discussão de recursos hídricos do mundo que acontece pela primeira vez no Hemisfério Sul e reúne cerca de 15 mil pessoas de vários países. Para falar sobre os temas, objetivos e encaminhamentos do evento, o Conexão Ciência entrevista o hidrólogo da Embrapa Cerrados e atual diretor da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), Jorge Werneck, que é um dos coordenadores temáticos do evento. O programa pode ser assistido durante todo o período de realização do evento na TV NBR (canal 14) às 19h15, e também pode ser assistido pelo canal da NBR no Youtube.·.

Para esta oitava edição do Fórum, foram elencados nove temas para nortear as 300 sessões temáticas, que compõem a programação do evento, sendo seis principais - água e clima; água, saneamento e saúde; desenvolvimento sustentável; água e cidades e gestão de recursos financeiros e de pessoas – e três transversais: gestão de recursos hídricos participativa; capacitação e governança.

Segundo Werneck, que é um dos representantes do Brasil no Comitê Diretivo Internacional responsável pela realização do Fórum, as discussões que acontecem durante o evento estão conectadas com o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável (ODS) 6, definido pela Organização das Nações Unidas (ONU), que é “assegurar a disponibilidade de gestão sustentável da água e saneamento para todos”. Todos os temas relacionados ao o ODS 6, que estabelece oito metas para a agenda 2030, estão sendo tratados nas discussões durante o evento. Apesar do enorme desafio de chegar a 2030 com água e saneamento para todos, especialmente no Brasil, onde 50% dos esgotos gerados não são tratados, já existem iniciativas governamentais em âmbito federal e estadual para buscar formas de atingir essas metas.

Werneck destaca ainda que o Fórum tem cinco grandes processos: temático (baseado nos eventos anteriores e nos acordos internacionais), regional (que adapta os temas às diferentes regiões), político (inserir a questão da água nas agendas políticas dos países), cidadão (fazer com que todas as vozes sejam realmente ouvidas no que se refere à gestão racional da água) e um grupo focal de sustentabilidade. Segundo ele, uma novidade desta edição é a inserção da questão jurídica dentro da programação do evento.

O Fórum vai resultar em documentos técnicos com relatos de todos os assuntos discutidos. Mas, como são documentos extensos, é fundamental que sejam extraídas e encaminhadas aos governos mensagens-chave curtas e muito claras sobre os rumos a serem tomados em relação às questões de água e saneamento.

Werneck destaca ainda a Vila Cidadã, um dos espaços do evento, totalmente conectado com o público, em especial o infanto-juvenil, que oferece atrações sensoriais, lúdicas e interativas. “Cerca de quatro mil crianças estão participando do Fórum, o que é muito importante para conscientizar as futuras gerações em relação à utilização mais sustentável dos recursos hídricos no futuro”, ressalta.

O mais importante, na visão do hidrólogo, é a oportunidade oferecida pelo Fórum de compartilhar experiências, sentimentos e práticas de sucesso na gestão racional dos recursos hídricos. “O estado não tem capacidade de resolver sozinho as questões relacionadas ao uso consciente da água. A participação da sociedade é fundamental e é isso que esperamos do evento. Acreditamos que o Fórum será um divisor de águas na gestão e uso dos recursos hídricos daqui para a frente”, finaliza.

Confira a entrevista completa de Jorge Werneck no programa Conexão Ciência, que será exibido de segunda à quinta, nos seguintes horários: segunda (19/30) - 21:00; terça (20/03) às 19:15; quarta (21/03) às 10:15 e às 16:15 e quinta (22/03) às 12:15 e 21:00.
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário