Seis dicas para minimizar olheiras


Cuidados diários ajudam manter a cútis renovada e diminuem o incômodo

Para muitos o ano só começa depois do carnaval. Nesse cenário, as horas de sossego dão lugar a uma rotina agitada e repleta de compromissos, o que pode ser cruel para a aparência, pois resulta na hipercromia cutânea idiopática da região orbital - as populares olheiras. “Se as olheiras não forem causadas por fatores hereditários ou ambientais, como proximidade à menstruação, exposição excessiva ao sol e tabagismo, alguns cuidados podem ajudar a prevenir e amenizar o incômodo”, revela Ingrid Peres, gerente científica e fisioterapeuta dermato-funcional da Onodera Estética”.

Abaixo, a especialista recomenda alguns cuidados que ajudam a manter a pele renovada e livre de olheiras durante todos os meses do ano:

Sono de qualidade – Durante as férias, busque dormir 8 horas por dia sem interrupções.“Com a volta a rotina, procure praticar atividades relaxantes que também ajudam no sono de qualidade”, recomenda Ingrid.

Beba mais água – Consuma pelo menos 2 litros de água por dia para eliminar fluidos e toxinas do organismo.

Aplicação de cremes para a área dos olhos – As olheiras também podem aparecer por causa do ressecamento da pele ou da exposição exagerada ao sol, fatores que danificam as fibras de colágeno. Para isso não acontecer, escolha um hidratante de sua preferência e aplique diariamente, até duas vezes ao dia, com movimentos leves para estimular a circulação.

Compressas geladas de chá de camomila – A camomila possui ação calmante e anti-inflamatória, provocando a vasoconstrição e melhorando a circulação sanguínea. “Prepare uma xícara de chá de camomila de saquinho, deixe esfriar um pouquinho e coloque no congelador (com o saquinho junto, só para deixar bem gelado, mas não congelado). Deite-se, mas mantenha a cabeça levantada para estimular a vasoconstrição. Aplique o saquinho na área dos olhos por 15 minutos. Molhe de vez em quando e aplique novamente”, explica a especialista.  

Faça massagem na região – Comece com o dedo anelar, deslize suavemente do canto interno da pálpebra superior (pelo canal lacrimal) até a parte externa. Depois inicie do mesmo jeito, mas deslize para baixo até a parte externa inferior. Dê algumas batidinhas, bem de leve, na região inferior, com a ponta dos dedos indicador e médio alternadamente. E para finalizar, feche os olhos e pressione o canal lacrimal por 10 segundos fazendo pequenos círculos. Repita duas vezes ao dia.

Aposte em tratamentos estéticos – Em casos em que a olheira não é causada por fatores externos, a especialista sugere recorrer a tratamentos estéticos. “Para melhorar as olheiras, o tratamento cosmético ÁREA DOS OLHOS é o indicado. O procedimento ameniza linhas de expressão, diminui bolsas, clareia olheiras, firma o tecido e estimula a oxigenação local. Cada sessão dura 60 minutos e o ideal é fazer no mínimo cinco sessões com intervalo de três dias entre elas”, recomenda. Outro procedimento indicado é o PEELING TIOGLICÓLICO. “Voltado para os casos de olheiras causadas pelo acúmulo de hemossiderina (pigmento ferroso), sendo capaz de neutralizar o escurecimento provocado pelo ferro. A sessão dura em média 30 minutos e as sessões necessárias serão prescritas de acordo com a avaliação prévia para análise do tipo de pele e a necessidade de cada cliente”, finaliza.

Sobre a Onodera Estética
Com mais de 35 anos de tradição em sua área de atuação e uma completa equipe multidisciplinar, a ONODERA Estética oferece serviços e tratamentos estéticos exclusivos voltados para a beleza, entre eles, serviços de tratamento corporal, facial e medicina estética. Atualmente, são mais de 1200 colaboradores dedicados ao bom atendimento de seus clientes, além das cerca de 55 unidades localizadas em todas as regiões do país.  www.onodera.com.br 

Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário