Zé Renato lança Bebedouro

O álbum reúne canções inéditas e participações de Dori Caymmi, Moraes Moreira, Dadi, Celso Fonseca, Vinícius Cantuária, João Cavalcanti e Pedro Miranda

Depois dos registros de projetos como o ZR Trio (com Tutty Moreno e Rômulo Gomes) e Dobrando a Carioca (com Moacyr Luz, Guinga e Macalé), sem contar a retomada de shows com o Boca Livre e a Banda Zil,  Zé Renato está de volta com o álbum Bebedouro. Seu último álbum solo 100% autoral e inédito havia sido Breves Minutos, de 2011.

Bebedouro, que está sendo lançado nas plataformas digitais via Onerpm para, em seguida, ganhar edição física, reúne canções inéditas com parceiros como Moacyr Luz, Joyce Moreno, João Cavalcanti, Paulo Cesar Pinheiro e Nei Lopes. “É importante incluir as plataformas digitais no plano de lançamento dos álbuns, elas facilitam o acesso à produção musical”, ressalta Zé Renato que, como integrante do Boca Livre, nos anos 80, rompeu a até então inédita barreira dos cem mil discos vendidos de uma produção independente.

“A maioria das canções foi feita no máximo há dois anos, as mais recentes dessa leva são “Agogô” (com Moacyr Luz) e “Sacopenapan (com Joyce Moreno), e há também a introdução letrada de “Samba e Nada Mais”,  que pedi ao parceiro João Cavalcanti para escrever depois da canção ter sido composta, imaginando a voz do Dori”, conta Zé Renato.

Com Nei Lopes, Zé compôs “Náufrago”, primeiro single, lançado em dezembro passado. “O repertório foi sendo definido a partir da sonoridade que fomos escolhendo: eu, o produtor Zé Nogueira e o diretor musical Cristóvão Bastos, pensando no violão como fio condutor. Tentei relacionar canções que se adequassem a essa sonoridade imaginada, que tem como principais referências discos que julgamos fundamentais na música brasileira, como “Limite das Águas”, de Edu Lobo, entre outros”, conta o cantor, músico e compositor capixaba, que completou 40 anos de carreira em 2016.

Bebedouro conta com as participações de Dori Caymmi, Moraes Moreira, Dadi, Celso Fonseca, Vinícius Cantuária, João Cavalcanti, Pedro Miranda, Marcelo Delamare e o grupo Subversos. João Moschkovich, filho de Zé Renato, gravou guitarra na faixa “Pedra do Mar” em Boston, onde estuda na Berklee College of Music. A ideia foi misturar diferentes gerações: “Há músicos que estão surgindo e com os quais me identifico, como Marcelo de Lamare e os integrantes do grupo Subversos; os amigos da minha geração, como Marcelo Costa, Dadi, Celso Fonseca, Zé Nogueira e Cristóvão, e ainda os que fazem parte da minha discoteca básica, como Dori e Moraes Moreira”, resume.

Constantemente envolvido em vários projetos coletivos, é na diversidade que Zé Renato alimenta a sua arte: “Todos os projetos dos quais participo, e não são poucos, são experiências que eu incorporo e que me ajudam não só no meu aprendizado como músico mas, principalmente, como ser humano”.

 
Repertório do CD Bebedouro:

1. Fonte de rei - Zé Renato e Paulo C. Pinheiro
2. Sacopenapan - Zé Renato e Joyce Moreno
3. Samba e nada mais - Zé Renato e João Cavalcanti
4. Náufrago - Zé Renato e Nei Lopes
5. Agora e sempre - Zé Renato e Capinan
6. Noite - Zé Renato e Joyce Moreno
7. Vamos curtir o amor - Zé Renato e Moraes Moreira
8. Agogô - Zé Renato e Moacyr Luz
9. Pedra do mar - Zé Renato e Paulo C. Pinheiro


Links para material audiovisual:

https://youtu.be/9XUeMQaaSOs - Teaser single “Náufrago”
https://youtu.be/_OUdtZzCEyc – Teaser 1 Álbum “Bebedouro” – Parceiros, Zé Nogueira & Cristóvão Bastos
https://youtu.be/UzICMfe3m20 - Teaser 2 Álbum “Bebedouro” - Dori Caymmi & Moraes Moreira
https://youtu.be/ywlcLo2JLT8 - Teaser 3 Álbum “Bebedouro” - Subversos, Marcelo de Lamare & João Pedro
https://youtu.be/Nnm6xPOgkts - Teaser 4 Álbum “Bebedouro” - Sobre a faixa "Agogô"
https://youtu.be/o5sZ0bmLBYs - Clipe da faixa “Agogô” (Participação de Celso Fonseca e Jamil Joanes) 
Agogô (Zé Renato / Moacyr Luz)
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário