Novidades e trocas de experiências no CONDEPE 2018


Em 3 e 4 de abril de 2018, no Transamerica Expo Center, em São Paulo o Congresso de Desenvolvimento Profissional em Enfermagem, CONDEPE, passará a limpo a prática da enfermagem, visando a qualificar a assistência, melhorar a performance/resultados de instituições de saúde, além de gerar negócios importantes para as empresas. Dirigido especialmente a enfermeiros, técnicos e auxiliares, apresentará o conhecimento científico e também lidará de forma prática com áreas diversas, como atendimento básico ao paciente neonatal, assistência domiciliar, cuidado aos doentes críticos e em grave estado, urgência e emergência, terapia nutricional e intensiva, feridas e estomas, traumas, estética, saúde e enfermagem forense. 

 A seguir, a presidente científica, Renata Pietro, fala da importância da iniciativa para o sistema de saúde e os profissionais. Saiba mais em www.condepe2018.com.br/programação.

O que o CONDEPE oferecerá para o profissional de enfermagem?
O CONDEPE vai agregar o que há de novo, o que existe de conhecimento, a expertise e a habilidade de profissionais altamente gabaritados, competentes e que fazem a diferença na área da enfermagem, para oferecer aos participantes. A ideia é fazer com que os profissionais tenham a vivencia, conheçam e possam compartilhar não apenas o conhecimento como também trocar experiências com os palestrantes e com as próprias pessoas que estarão circulando no Congresso.

Como será organizado o evento? Será priorizado o lado científico ou prático?
O evento busca priorizar a prática, criar a ideia de uma estrutura de segurança, da importância do trabalho em equipe, de como planejar as suas ações, seus recursos pra atuar no cotidiano da enfermagem. Diante dessas práticas, nós procuramos estruturar as diferentes áreas do saber e os diferentes campos que o enfermeiro e o profissional da enfermagem vai poder atuar.

Alguma área da enfermagem terá destaque na programação do CONDEPE?
Quando nós pensamos na programação, a ideia foi contemplar as mais diferentes áreas, que vai desde o atendimento básico, ao paciente neonatal, ao paciente que precise de uma atenção domiciliar, até aquele doente crítico, aquele paciente grave que precisa de um atendimento onde o diferencial quem faz é o profissional que está promovendo os cuidados. É nessa linha que nós desenvolvemos toda a organização do evento.

Como o CONDEPE vai tratar a questão da segurança no trabalho dos profissionais da enfermagem?
A ideia é trabalhar com a tríade conhecimentos, habilidades e atitudes, para que o profissional desenvolva as melhores práticas e o cuidado seguro. Porque nós sabemos que a promoção do cuidado seguro vem de uma fundamentação e uma condição de educação. Quando fornecemos educação adequada para esses profissionais, conseguimos fazer com que as pessoas tenham uma prática mais segura. E o desenvolvimento da prática seguras passa por todo um contexto de conhecimento e desenvolvimento para que os profissionais possam trabalhar e atuar de forma segura. Quando pensamos em todas essas questões, estamos promovendo a segurança não só para o paciente como também para a instituição. 

O que a realização do CONDEPE representará para a enfermagem? 
Por conta de tudo isso, nós acreditamos que o melhor cenário, o que se pode ter de mais atual, estará no CONDEPE, por isso convidamos a todos a estar conosco e fazer parte desse evento, que certamente mudará a forma de ver, valorizar e pensar da enfermagem brasileira.
Alda Jesus

Sobre a autora

Alda Jesus - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário