Natal (Rio Grande do Norte) agitada com o Carnatal


Tenho constatado em Natal, cidade onde resido, Rio Grande do Norte, uma inusitada agitação. Até pensei tratar-se da passagem de algum Papai Noel. Mas não. Essa agitação tem a ver com o Carnatal, evento que sempre decorre nesta época natalícia. Trata-se, ao cabo, de um Carnaval fora de época. Esta ano no período de 7 a 10 do corrente mês de dezembro. Mas, nesse sentido, vejamos um  pouco da história do Carnatal que completa agora 27 anos de existência.

O Carnatal é o carnaval fora de época da cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, Brasil. Realizado anualmente no começo do mês de dezembro, ele é organizado na Praça de Eventos da Arena Das Dunas. Está no Guinness Book como o maior carnaval fora de época do mundo.

Reúne cerca de um milhão de pessoas nos seus quatro dias de festa. Em 2017, o evento completará 27 anos de existência e ocorrerá nos dias 07 a 10 de dezembro.
                                                          


História

O primeiro Carnatal ocorreu no ano de 1991 e foi realizado no centro da cidade, com apenas 3 blocos, entre eles o Bloco Caju, animados por Netinho, Banda Mel e Banda Cheiro de Amor. No circuito, havia 12 camarotes e nenhuma arquibancada. No ano de 1992 é criado o bloco Burro Elétrico, formado pelos jornalistas que cobrem o evento, o bloco Bicho Papão puxado pelo cantor Ricardo Chaves e a banda Asa de Águia com o bloco Jerimum chegam para ficar. Em 1993 a estrutura era maior, com a adição das arquibancadas ao lado do ginásio Palácio dos Esportes e a novidade foi a criação do bloco Nana Banana animado pelo Chiclete com Banana.

A festa cresceu e, devido a reivindicações de moradores do bairro, teve que ser transferida para o largo do estádio Machadão em 1994, onde foram montados 525 camarotes. Nesse ano já eram 14 blocos e mais de 50 mil foliões. Nos anos seguintes a estrutura continuou a mesma com acréscimos de mais blocos. No ano de 1997, o Carnatal teve a participação de um bloco puxado pelo grupo É o Tchan!, que tinha destacado espaço na mídia, o que contribuiu para divulgação do evento. Em 1999 o Carnatal foi a maior festa das comemorações dos 400 anos da cidade de Natal, foram 10 blocos animados pelos principais artistas da música baiana.

No ano 2000 o evento trouxe pela primeira vez a banda Harmonia do Samba e o rock invadiu o evento com a apresentação da banda Jota Quest. Neste ano, a cantora Daniela Mercury anunciou que não puxaria mais blocos de trio, sendo sua última micareta, porém voltando em 2002 para dividir o trio com Ricardo Chaves. Em 2001, a cantora Ivete Sangalo volta ao Carnatal depois de sair da Banda Eva. No Carnatal 2002, além da volta de Daniela Mercury, outra novidade foi a estreia da banda Babado Novo no bloco Caju. Em 2003 e 2004 o evento continuou trazendo muitas atrações em diferentes blocos. No Carnatal 2005, a grande novidade foi a estreia do bloco Cerveja & Coco, parceria entre Ivete Sangalo e Asa de Aguia.

O Carnatal consolidou-se como o principal evento do calendário turístico de Natal. Em 2010 compõe-se de 10 blocos, tais como puxados por bandas e cantores de axé music como também artistas potiguares e bandas de forró que fazem dessa micareta a maior do país.

Até o ano de 2010, o local do início do percurso fica na Avenida Lima e Silva com a Avenida Prudente de Moraes (largo do Estádio Machadão), no bairro Lagoa Nova. De lá, saia os trios, seguidos pelos foliões, para um percurso de cerca de 3,0 km.

Mas, com o início das obras da Arena das Dunas, novo estádio para a Copa do Mundo 2014 fez com que o percurso fosse modificado no ano de 2011. Então, o Carnatal 2011 ocorreu no mesmo local com algumas modificações o início do percurso continuou sendo na Av. Prudente de Moraes, mas o ponto de largada dos blocos foi ao lado do autódromo, no sentido zona sul-centro, em vez da antiga rotatória, sem a presença do antigo corredor da folia.

Em 2013, o Carnatal teve um percurso e local provisório devido obras de mobilidade urbana; assim, o percurso dos trios elétricos invadiu o Parque Aristófanes Fernandes, já em Parnamirim, região metropolitana de Natal. 
Em 2014, o evento voltou para seu local onde se consagrou, sendo realizado na Área Externa da Arena das Dunas, num formato indoor assim como o ano anterior.

                                                  
Blocos

Em Carnatal 2017 que já decorre, teremos 11 blocos, sendo eles:
Largadinho (O bloco Caju, tradicional do evento, ganha novo nome e a mesma energia da Claudia Leitte.).
Me Abraça (Após estrear a carreira solo no Carnatal 2014, o bloco leva o Durval Lelys em dois dias de avenida.)
Vumbora?! (Quinta à sábado na avenida, o VUMBORA?! tem como astro o Bell Marques em carreira solo.)
Vai Safadão! (Sucesso no Fortal e no Carnaval de Salvador, Wesley Safadão aterriza no evento com seu bloco.)
Bicho (Conhecido como o rei da festa, Ricardo Chaves vai a avenida no sábado e domingo da micareta.)
Vem com o Gigante (Embalado pelo pagode baiano, o bloco traz Léo Santana.)
Burro Elétrico (Atração a definir)
Coruja (Pela quarta vez no evento, o bloco vem com a energia indiscutível da Ivete Sangalo.)
ÔBaiuno (O Bloco que veio pela segunda vez ao evento e foi puxado pelo o cantor Saulo Fernandes)
Meu e Seu (No comando a banda Harmonia do samba, pelo o segundo consecutivo).
Siiiiim (Puxado pelo o cantor de forró Gabriel Diniz).

A comercialização dos abadás de todos os blocos é feita no site do Ingresso Rápido e na Central do Carnatal, um espaço que além da venda dos abadás, é responsável por todos os assuntos pendentes ao Carnatal junto aos clientes. A central fica no Natal Shopping, onde na sede não só são vendidas os abadás mas como outros ingressos para eventos promovidos pela Destaque Promoções e Eventos.

                                                           




Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário