Os desafios de uma modelo no Salão Duas Rodas


O ‘’Salão Duas Rodas’’ (maior evento do setor na América Latina) que ocorreu entre os dias 14 a 19 de novembro, na São Paulo Expo recebeu milhares de visitantes de todo o país, para conferirem os estandes e as exposições de motos, com modelos que custam até R$ 500 mil reais. O Salão também ofereceu test-drive, em uma pista exclusiva para os adeptos que curtem pilotar motos com alta potência e muitas cilindradas.

Dentre esse grande público também existem aqueles que foram ao evento para ver as belas modelos, que trabalharam nos estandes das marcas. Nathalia Belletato, uma dessas modelos revela um pouco sobre esse universo e os bastidores, que muitos classificam como ‘maratona’, que não tem tanto glamour como muitos imaginam.

Ao chegar a um evento desse porte muitos se deparam com essas belas modelos, veem elas produzidas e exuberantes, próximas às motos, mas nem imaginam o esforço que é para estar ali. Horas de produção, maquiagem e disposição para trajar a rouba que a marca oferece. Depois de tudo isso elas ficam em média de 8 a 12 horas de pé, em cima de um par de saltos altos, sempre sorrindo, com pouco tempo de intervalo para almoçar e ir ao toalete. Isso sem falar no assédio. "Não é tão simples e fácil quanto parece. Além de carisma é preciso ter bom-senso, inteligência e emocional e muita disposição e habilidade para se sobressair de situações adversas, a famosa ‘saia justa’, revela a modelo."


A modelo Nathalia tem muita experiência como promotora de eventos, já trabalhou em diversos eventos, foi capa de uma revista masculina e expõe seu ponto de vista sobre esse mundo: ‘a realidade é um pouco diferente do que se vê’. Nathalia tem 24 anos, é formada em pedagogia, instrumentação cirúrgica, ballet clássico e estuda enfermagem.

Nathalia explica que atualmente só atua em eventos específicos e tenta conciliar esta função de modelo, com a carreira de enfermagem, e justifica: “trabalhe com aquilo que você ama fazer e assim você exercerá suas funções com prazer e boa vontade, ao invés de não se realizar profissionalmente, se frustrando e exercendo algo que não te fará feliz”.

 
Sobre esta carreira Nathalia revela: “Não consigo viver só com isso, mas conheço pessoas que conseguem, se eu pudesse dar algumas dicas para quem pretende seguir neste meio seriam: estude paralelamente com esses trabalhos, porque evento não é pra vida toda, existe um prazo de validade. Cuide do corpo, mantenha uma dieta saudável, tome muito água , se hidrate, pratique esporte. Não basta ter só um rosto bonito, às vezes uma roupa mais curta pode mostrar uma celulite ou outra, a aparência é o nosso cartão de visita’’. Explica.



Não é difícil mais também não é fácil: “tenha muita paciência, sempre vai ter um cidadão inconveniente, uma cantada barata, um chefe ‘mala’, mas com habilidade e bom-senso é possível se sobressair destas situações’’... Quem optar em trabalhar nesse meio desejo boa sorte e sucesso. Que saiba aproveitar as oportunidades, fazer bons contatos e ser feliz’’, aconselha a modelo.

Atualmente estou me desvencilhando deste meio, estou dando mais ênfase à profissão de enfermagem, que amo fazer. Só assino contrato com determinadas marcas, como é o caso da Indian Motorcycle, que se tornou uma grande família e já fechei parceria para a próxima edição do Salão Duas Rodas, em 2019, diz Nathalia.

Sobre o futuro a modelo afirma: “Acredito que já esteja encaminhado, estou construindo minha carreira com muito esforço e dedicação, vou concluir os estudos em enfermagem, que é o que amo fazer e me identifiquei completamente, cuidar do próximo é algo fantástico que me fascina”, se emociona a modelo.

Em um futuro próximo Nathalia avalia: “Não pretendo mais voltar a trabalhar com eventos, não é algo que amo fazer”... Tenho exclusividade com a Indian Motorcycle e continuarei a fazer eventos com eles. Mas houve períodos que cheguei há ganhar muito pouco com eventos, cachês em torno de R$ 120 a R$ 150 por dia, atualmente posso exigir um pouco mais pela minha experiência’’. Argumenta a modelo.
 
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário