Festival de CURTAS METRAGENS


CAMÕES/CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS
 

MOSTRAS CURTAS METRAGENS de ANA MIRANDA - “ART INSTITUTE” DE NOVA IORQUE, dias 21 e 22 de Novembro de  2017
 

O CAMÕES/ CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS (Av. de Portugal nº 50) apresenta ao público de Luanda,  nos dias 21 e 22 de Novembro (3ª e 4ª feira), um ciclo de Curtas Metragens, que fazem parte do Festival Internacional de New York Portuguese Short Film Festival (NYPSFF), organizado pelo Arte Institute, sediado em Nova Iorque e dirigido por Ana Miranda.

O Arte Institute  é um instituto independente, sem fins lucrativos, que tem vindo a desenvolver actividades em Nova Iorque, Lisboa, Rio de Janeiro e Luanda, cujo objecto é a  dinamização e difusão da arte contemporânea portuguesa, em várias expressões artísticas, na Europa, América e África, numa dinâmica de triangulação atlântica. Desde 2013, tem vindo a apresentar, anualmente, um ciclo de curtas metragens no Camões/Centro Cultural Português de Luanda.

Na mostra de Curtas Metragens de 2017, serão exibidos os trabalhos  recentes de jovens realizadores da nova geração, que procuram alargar e diversificar o público do cinema.

CICLO DE CURTAS METRAGENS 2017

PROGRAMA

DIA 21 DE NOVEMBRO (3ª feira)
15H00 – CARGA – 14’
Luís Campos
Numa pequena vila piscatória, dois rapazes são forçados a fazer parte do tráfico de substâncias ilícitas. Quando o mais velho começa a preparar um plano de fuga, o mais novo tem de lidar com as adversidades de ser deixado para trás.

15H20 – O ENTALHADOR ou A OFICINA MAIS BELA DO MUNDO – 10’
João Vasco
Construído após o sismo de 1531, o Bairro Alto é um dos bairros mais típicos de Lisboa. Para além da vida nocturna que sempre o caracterizou, o comércio tradicional proliferou, evocando a aldeia que se esconde na metrópole. Novas leis ditam agora o fecho de lojas e estabelecimentos seculares mas também o encerramento de capítulos de vida.

15H35 – INSTALAÇÃO DE MEDO – 14’
Ricardo Leite
A Mulher abre a porta de casa. Aparecem dois homens: “Bom dia senhora, viemos para instalar o medo”.

15H50 – TU – 11’
Hugo Pinto
“Tu” é uma história de amor, que acontece no momento em que a última coisa que queres é apaixonar-te, e, no entanto, apaixonar-te pode ser tudo o que precisas para continuar a viver.

Curta Convidada 
16H05 – FOI O FIO – 5’
Patrícia Figueiredo
Uma mulher novelo, uma velha mulher que passa os dias a olher pela janela e uma vendedora de roupa caída dos estendais estão unidas por um fio. As três conduzem as acções de outras personagens e o inevitável destino de uma mulher com o marido às costas.

16H15 – QUARTO EM LISBOA – 15’
Francisco Carvalho
Maria sempre viveu sozinha. Um dia vê-se obrigada a arrendar o seu própio quarto a Joana, uma estudante que vem viver para Lisboa.
No entanto, com o passar do tempo, Maria vai perceber que tudo mudou e que viver com outra pessoa apenas acentua a sua solidão.

DIA 22 DE NOVEMBRO (4ª feira)

15H00 – ALVANÉU – 7’
André C. Santos
ALVANÉU (que significa “alguém que faz ou constrói algo, um pedreiro”) é o registo de 15 dias de mudanças, de descobertas, de transformações na cidade de Estarreja e na sua comunidade no âmbito do ESTAU. 15 dias de sorrisos, algum stress, música, de pinturas, dança, boa comida, natureza e muito mais.

15H10 – MANUEL – 7’
Bruno Carnide
Chama-se Manuel. 71 anos. Viúvo. Carpinteiro. Dono de um lote de café, na Roça de Monte Café, em São Tomé e Príncipe. Terra de onde brota sem pedir permissão. Conta uma história única de um país que esqueceu o que era produzir café. Manuel é uma das poucas pessoas a produzir café em São Tomé e Príncipe.

15H20 – UM HOMEM EXTRAORDINÁRIO – 4’
Paulo Portugal
Numa cidade cheia de super-homens, um homem comum luta para superar a perda de sua esposa. Quando a vida de uma criança está em risco ele supera um herói para a salvar.

15H25 – RIBBON TOOTH – 5’
Sara Gouveia
Observamos uma jovem a lutar contra o bloqueio do escritor quando é forçada a enfrentar a natureza paradoxal e onírica de sua própria existência. Após um período de angústia interna, ela, finalmente, cruza a linha que separa os seus mundos, interior e exterior, na esperança de encontrar as respostas pelas quais anseia. 
Curta Convidada 
15H35 – UM DIA LONGO – 16’
Sérgio Graciano
O dia mais longo da curta vida do pequeno João foi o dia em que soube que o seu avô tinha morrido. Este dia marcou-o para sempre. Contamos aqui a história de como um menino de 8 anos interpreta a morte e faz o luto de uma das pessoas importantes da sua vida. Tem a cumplicidade e a compreensão de Luísa, uma jovem para quem este dia também é estranho e longo.

Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário