Intercâmbio cultural com Coletivos Manguinhos em Cena e AMO Crew apresenta: “Eis Antonin Artaud”

 
Grupo vai buscar inspiração para o espetáculo no trabalho de Nise da Silveira. A visita guiada que acontecerá dia 26 de outubro, às 9 horas, faz parte do intercâmbio cultural que deu origem à obra

O Coletivo Manguinhos em Cena em parceria com as grafiteiras cheias de personalidade do grupo Afro Mulheres de Opinião (AMO Crew) promovem um intercâmbio cultural que lhe levará para as profundezas do autoconhecimento navegando através da loucura do dramaturgo francês Antonin Artaud. O espetáculo “Eis Antonin Artaud” promove uma reflexão intensa sobre a arte de Antonin aplicada à vida cotidiana do ser humano. E para isso, vão buscar inspiração na vida e no trabalho de Nise da Silveira. Essa será a primeira vez que os atores da peça visitam o instituto. Juntos, eles pretendem usar essa viagem às imagens do inconsciente para aprimorar e trazer mais vida para as apresentações. A visita será dia 26 de outubro, às 9 horas, no Instituto Nise da Silveira. O projeto faz parte do Programa Territórios Culturais RJ / Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura, em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica.

A apresentação de estreia de “Eis Antonin Artaud” aconteceu em Duque de Caxias, berço das talentosas garotas do AMO Crew, dia 12 de agosto. Em seguida encantaram a plateia do Centro de Referência da Juventude (CRJ) em Manguinhos, no dia 9 de setembro de 2017, com entrada gratuita. O intercâmbio cultural é a primeira criação do Coletivo Manguinhos em Cena realizada 100% pelo grupo de 17 atores. Um divisor de águas na trajetória desses jovens, segundo o ator Evaldo de Andrade. Para ele, “O mais bacana de tudo é que, a partir do edital, tivemos autonomia para escrever nossa própria peça. Esse é o resultado de um projeto 100% nosso.” Uma grande oportunidade para encontrar novos talentos entre os atores também na área técnica. “Dividimos as funções, destacando os talentos de cada um. Isso fortaleceu a nossa união e o comprometimento com o projeto. Fazemos questão de que cada semente seja regada. Tínhamos dúvida se teríamos capacidade de levar à frente o projeto. Mas agora sentimos que podemos encarar muito mais”.

O processo de criação expresso, desenvolvido em apenas quatro encontros, foi suficiente para o preparador do espetáculo e diretor do Instituto Nossa Senhora do Teatro, Jefter Paulo, levar os atores ao limite. Desafiando-os a dedicarem suas forças para “perceber suas jaulas, potenciar a entrega e deixar o inconsciente jorrar, auxiliado pela razão”. Para ele, “sem sombra de dúvidas, as jaulas serão explodidas através da arte, e, assim, outras pessoas poderão, também, romper com suas amarras”. Essa é a proposta irrecusável desse espetáculo com 30 minutos de duração: levar o público a dar seu próprio grito de liberdade e soltar as amarras guiados pela arte.

Tornar a obra de Antonin Artaud acessível a todos só foi possível graças ao edital Territórios Culturais Lab – Intercâmbio pesquisa e experimentação, do Programa Territórios Culturais RJ / Favela Criativa, da Secretaria de Estado de Cultura, em parceria com a Light e a Agência Nacional de Energia Elétrica. A meta do programa é promover o encontro entre projetos e iniciativas culturais, em que jovens de territórios populares do Estado são os protagonistas. Após um processo de seleção pública que recebeu mais de 370 inscrições e 102 iniciativas foram contempladas, a partir disso houve a integração e articulação em diversas áreas culturais como moda, música, mídia comunitária, literatura, artes cênicas, audiovisual, gastronomia, memória e gestão cultural.  O encontro é resultado da parceria entre o poder público e a iniciativa privada, é realizado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, com o patrocínio da Light, do Programa de Eficiência Energética da ANEEL, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do programa Caminho Melhor Jovem, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (SEELJE) e do programa Cultura Viva, do Ministério da Cultura (MinC).

SERVIÇO:

Visita guiada ao Instituto Nise da Silveira
Data: 26 de outubro, às 9 horas.
Local: Rua Ramiro Magalhães, 521 - Engenho de Dentro, Rio de Janeiro – RJ
Tel: (21) 2334-8910

Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário