Deezer celebra 10 anos


Plataforma foi o primeiro serviço de streaming de música gratuito e legal no mundo

São Paulo, 10 de outubro de 2017 – Você se lembra dos principais fatos que aconteceram no mundo no ano de 2007? Há 10 anos, a autora J.K. Rowling lançou o sétimo e último livro da saga Harry Potter, a Apple lançou o primeiro iPhone, as Spice Girls retornaram ao mundo da música em formação original com uma turnê especial e a Deezer foi o primeiro streaming de música legal lançado de forma gratuita, com direitos negociados com gravadoras e artistas.

Ainda em 2007, a Federação Internacional da Indústria Fonográfica (International Federation of the Phonographic Industry, conhecida pela sigla IFPI) classificou a indústria da música como ‘um admirável mundo novo’. Isso porque os consumidores passaram a ouvir música cada vez mais em formato digital – porém, a pirataria perturbou o mercado musical com um consumo desenfreado, principalmente com o download ilegal de faixas únicas.

Dentre os principais marcos da história da Deezer está o lançamento do Premium+ em 2009, um serviço disponível para assinantes que desejavam a experiência de ouvir música livre de anúncios publicitários. No ano seguinte, em 2010, a Deezer fechou uma parceria com a Orange France - primeira com uma empresa de telecomunicações - para oferecer o Premium+ à base de clientes da Orange. Atualmente, a Deezer tem parceria com mais de 40 empresas de telecomunicação, incluindo a TIM no Brasil.

Entre 2011 e 2013, o streaming começou o seu processo de expansão global e a Deezer chegou no Reino Unido, Alemanha, México, Colômbia, Países Baixos, África do Sul, e Países Bálticos e Nórdicos – o lançamento no Brasil aconteceu em 2013. No ano seguinte, a Deezer lançou sua primeira página inicial personalizada, além do Flow, uma trilha sonora infinita personalizada baseada nos gostos musicais de cada usuário e interação com o aplicativo, além da possibilidade de usuários Premium+ ouvirem músicas no modo offline.

“Além de pioneiros, somos hoje um dos principais players no mercado, sendo que este é o maior motor de crescimento da economia musical global, que registrou aumento de 5,9% na receita mundial do setor. No mesmo período o streaming teve crescimento de 60%” diz Bruno Vieira, diretor geral da Deezer no Brasil. “O streaming de música é o futuro. A conveniência de ter mais de 40 milhões de músicas na palma da sua mão, poder ouvir desconectado no modo offline, e descobrir músicas novas, vem atraindo cada vez mais todos os tipos de ouvintes de música a adotar o serviço, dos mais heavy users aos usuários que chamamos de layback experience, que curtem apertar o play e deixar que a gente monte uma programação personalizada, possível por meio do FLOW”, completa o executivo.

DEEZER EM 2017

Após uma década, a Deezer se posiciona como um dos principais serviços globais de streaming de música personalizados, oferecendo aos usuários uma experiência personalizada e pessoal. Com uma biblioteca de mais de 43 milhões de faixas, a plataforma está disponível para usuários de 185 países, que podem acessar recursos como Flow, Lyrics, Modo Offline, Deezer Labs, entre outros.

Já para o Brasil, a Deezer traçou estratégias dedicadas ao público pensando, principalmente, no perfil de consumo de música no país. O streaming oferece conteúdos diferenciados e exclusivos com foco principal em alguns dos gêneros mais populares no país: sertanejo e gospel, além de um trabalho dedicado em parceria com times de futebol, como o Flamengo. Além de já ter o Barcelona e Manchester que também tem apelo local.

No ano passado, a Deezer lançou um canal exclusivo para o gênero gospel, com curadoria especializada - sendo este já o segundo mais ouvido no Brasil. Com objetivo de se fortalecer no mercado, bem como pensando em se comunicar de forma apropriada com esse nicho, o streaming buscou pessoas especializadas no segmento para auxiliar no processo de entendimento e mapeamento do mercado. Além disso, também criou um projeto focado em música sertaneja para se aproximar ainda mais dos fãs desse gênero. A playlist “Vem Pro Sertanejo”, por exemplo, é a que mais tem ouvintes no mundo dentro da Deezer. Dentre os projetos que envolvem os gêneros estão o pré-lançamento exclusivo de álbuns de grandes nomes do gospel, o desafio Deezer Moods, o projeto Deezer Apresenta e a criação do Deezer Legends - os dois últimos focados apenas em gospel. Além disso, apresentações de artistas no escritório da Deezer com streaming ao vivo pelas redes sociais são iniciativas contempladas dentro da estratégia da empresa para o mercado.

Em 2017, a indústria da música viu serviços de transmissão, como a Deezer, se adaptar ao comportamento de escuta em mudança de seus ouvintes, oferecendo muito mais do que música. Por exemplo, o lançamento de partidas de futebol ao vivo, programação original com podcasts e uma iniciativa para identificar e dar suporte para alavancar a carreira de novos talentos musicais, chamada Deezer Next.

Para comemorar seu 10º aniversário, o streaming criou a playlist Deezer: 10 years, 10 songs com os maiores sucessos da última década. Além disso, a Deezer também criou um infográfico com os principais marcos da plataforma.
Armindo Guimarães

Sobre o autor

Armindo Guimarães - Doutorado em Robertologia Aplicada e Ciências Afins e Escriva das coisas da Vida e da Alma. Administrador, Editor e Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário