A Castanha da Amazônia e sua contribuição para o cardápio brasileiro


Com alto valor nutritivo, a receita de biscoito com o ingrediente é uma ótima opção para quem deseja explorar os sabores nativos

São Paulo, outubro de 2017 – Não é novidade para ninguém a importância da Amazônia para o ecossistema do mundo todo, mas você sabia que ela também apresenta uma expressiva contribuição para o cardápio brasileiro? Um exemplo é a castanha-do-Pará, ou castanha-do-Brasil. Nativa da região, é chamada atualmente de castanha da Amazônia e se expande por muitos países da América do Sul, como Bolívia, Peru e Colômbia.
Para o antropólogo Raul Lody, o alimento apresenta grande expressividade não só nas dietas. “Dado o alto valor nutritivo desta castanha, ela é um importante componente in natura que enriquece as dietas em diferentes contextos culturais, não só dentro do país, mas internacionalmente também.”
Com a sua presença em muitos preparos de doces e salgados na gastronomia contemporânea, o que acha de experimentar uma receita de Biscoito de Castanha da Amazônia? Vamos lá!

BISCOITO DE CASTANHA DA AMAZÔNIA

Ingredientes:
 
·   250g de castanha ralada ou processada;
·   400g de trigo;
·   300g amido de milho;
·   300g de açúcar;
·   400g de margarina;
·   100g de açúcar de confeiteiro.

Modo de Preparo: Numa tigela, amasse com as mãos todos os ingredientes até formar uma massa homogênea. Embrulhe num papel filme e deixe descansar por 30 min.

Para abrir a massa: Coloque a massa sobre um plástico (como um saco para guardar alimentos na geladeira) e cubra com outro pedaço, para que não grude no rolo. Então, amasse-a com o rolo e, depois, abra a massa até que fique com uma espessura de mais ou menos 7 milímetros. Use um cortador de biscoitos para fazer círculos ou outra forma que desejar e leve para assar num forno pré-aquecido a 180º. Deixe assar por cerca de 15 a 20 minutos em um tabuleiro forrado com papel manteiga.

Depois que retirar do forno, ainda quente, polvilhe com açúcar de confeiteiro. Quando o biscoito esfriar, você também pode rechear com o doce de cupuaçu ou o doce de sua preferência.

Agora, basta aproveitar e aguçar o paladar com essa delícia típica brasileira. Bom apetite!

Sobre a Campanha Doce Equilíbrio: ​
A Campanha Doce Equilíbrio, é uma iniciativa do setor sucroenergético e tem como objetivo promover a informação sobre o equilíbrio na alimentação e estilo de vida. Equalizando o debate sobre o açúcar como componente que pode e deve fazer parte de uma vida saudável, a campanha visa o bem-estar da sociedade. Nas plataformas de blog (http://www.campanhadoceequilibrio.com.br/), Facebook (www.facebook.com/campanhadoceequilibrio) e Instagram (http://instagram.com/campanhadoceequilibrio), o público pode acompanhar e participar interativamente dos conteúdos relacionados ao universo do açúcar. O projeto, promovido pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), conta ainda com o apoio da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG), do Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol do Estado de Goiás (SIFAEG), e do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool do Estado da Paraíba (SINDALCOOL).
Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário