Roberto não engana ninguém - É só pra mulherada, lá-lá


São bem conhecidas histórias de Roberto Carlos com mulherada, muitas delas já aqui trouxemos à Ribalta, nomeadamente no que concerne à Jovem Guarda. Hoje, a mulherada também tem em Roberto Carlos aquele ídolo que o Brasil venera. E hoje, nos shows, receber uma rosa das mãos do rei é o mesmo que uma “coroa de glória”, se bem que, na maioria dos casos, não concordamos com aquele empurra-empurra. Porém, e analisando pelo reverso da medalha, entende-se toda aquela ansiedade para agarrarem a tão almejada rosa. E muitas chegarão a casa proferindo esta frase: “a rosa que o rei me deu”.
Ora, Roberto Carlos volta ao palco do Espaço das Américas em São Paulo no dia 10 de dezembro, mas com uma restrição, esta: fará um show só para suas fãs apaixonadas, constituindo a segunda vez que o cantor-compositor se apresenta só para mulherada. Recorde-se que o primeiro show deste género aconteceu há sete anos, ou seja, em 2010 em Anhebi, também em São Paulo. Curiosamente, nessa ocasião o rei foi chamado ao palco pela saudosa Hebe Camargo. Foi, segundo rezam as opiniões de quem lá esteve, sucesso absoluto.
E porque motivo Roberto Carlos decidiu repetir a dose?
Isto porque percebeu que a esmagadora maioria das suas fãs estão acompanhadas dos maridos. É lógico que, quando estão sozinhas, elas gritam muitos mais, Digamos um histerismo saudável. E este show é, ao cabo, uma homenagem de Roberto Carlos às suas fãs que, para quem não sabe, representam mais de oitenta por cento do seu público.
E vejamos esta situação:
Desta vez, o cantor foi ainda mais longe. Pediu que todo o staff do Espaço das Américas, com capacidade para quatro mil pessoas, seja feminino: garçonetes, seguranças, recepcionistas e até manobristas E mais: apenas jornalistas mulheres poderão ser credenciadas. Sobre esta questiúncula, o meu companheiro e amigo “Zé da Pipa” medita na hipótese de se apresentar no Espaço das Américas vestido de mulher. E é caso para se dizer que Roberto não engana ninguém - É só pra mulherada, lá-lá! Homens ficam a ver o show com binóculos de longo alcance a partir do Estádio do Morumbi, versão sarcástica do “Zé da Pipa".

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Comentários

5 comentários :

  1. eheheheh O Zé da Pipa teve a minha ideia. Aliás, pensando bem, acho que muitos meninos já tiveram essa ideia e por isso não sei como vai ser no Espaço das Américas com tantos meninos disfarçados de meninas. Na certa vai ser mais um delírio robertocarlistico. Entretanto, os meninos vão ficar à espera do show deles, ora pois!

    ResponderEliminar
  2. Eu vou estar lá, e acho que vou vestida de sereia, claro nunca vi uma sereia sessentona e nem de pele negra, mas é meu direito e vou arriscar, quem sabe ganho um carinho especial?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria uma Sereia Robertocarlistica. Não tinha pensado nessa, mas é boa ideia. Será um autêntico milagres, digo, milagre, no Espaço das Américas. :)

      Eliminar
  3. E eu estou pensando em levar o vinho, pois quem sabe se após o Show rola uma esticadinha em algum lugar além do horizonte! Amo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu ainda não sei se vou, mas se for vou levar um bacalhau assada na brasa e um vinho tinto para acompanhar. O NMQT quando lhe cheirar a bacalhau assado até vai julgar que está na Terrinha e vai cantar "Nem às paredes confesso".

      Eliminar