TV Brasil resgata debate histórico entre Prestes e Roberto Campos nesta terça (1/8)


Confronto entre socialismo e capitalismo

 
 Alba Bittencourt
Portal Splish Splash
 
Encontro marcante na história da tevê foi ao ar em 1985 no programa Tribunal do Povo da TVE do Rio de Janeiro

O programa Recordar é TV apresenta nesta terça (1/8), às 21h30, na TV Brasil, o histórico debate entre o socialista Luís Carlos Prestes (1898-1990) e o capitalista Roberto Campos (1917-2001) que foi ao ar na estreia do programa Tribunal do Povo, em 1985, na TVE do Rio de Janeiro.

Luís Carlos Prestes
 
Durante o encontro, os intelectuais travaram uma discussão com inteligência e sofisticação: defesas consistentes, embasadas nas vivências e nos estudos desses sistemas econômicos.

Roberto Campos
 
Eram tempos difíceis e o país estava recém-saído de uma ditadura militar. O Brasil vivia uma recessão econômica com uma inflação galopante. Apesar disso, a Nova República trazia esperança à população. Neste caldeirão de dúvidas e incertezas, debatia-se qual o melhor sistema econômico: o Capitalismo ou o Socialismo?.

Conhecido como o "debate do século", o confronto entre as duas personalidades que representavam a defesa do socialismo e do capitalismo alcançou índices de audiência elevados e mobilizou a sociedade. Ao final, o Tribunal do Povo deu o seu veredito.

Criado pelo saudoso jornalista e diretor de televisão Fernando Barbosa Lima (1933-2008), o programa Tribunal do Povo era apresentado na TVE do Rio de Janeiro e reunia dois debatedores. Eles defendiam suas teses que eram avaliadas por sete jurados. Segundo Fernando Barbosa Lima, a exibição do programa em horário nobre era uma alternativa à tradicional telenovela.

Luis Carlos Prestes era o ícone da "Coluna Prestes" que fazia oposição à República Velha e às classes dominantes da época. Entre 1925 e 1927, ele percorreu onze estados com 1.500 homens. A iniciativa denunciava à população a situação política e social do país. Por conta da Coluna Prestes, o marido de Olga Benário ficou conhecido como "O Cavaleiro da Esperança".

Diplomata e político, Roberto Campos descobriu a vocação para a economia quando era adido comercial da Embaixada brasileira em Washington, em 1942. Foi um dos mais ferrenhos e polêmicos defensores do liberalismo econômico na segunda metade do século XX no país.

Programas temáticos e homenagens
Com apresentação da jornalista Alessandra Lago e direção de Henrique Lima, o programa Recordar é TV leva ao telespectador conteúdos que representam momentos importantes da memória da televisão brasileira a partir de material preservado no acervo da emissora pública com os registros feitos na época da TVE do Rio de Janeiro.

Shows, programas de auditório, grandes entrevistas, matérias jornalísticas marcantes, musicais e peças de teledramaturgia serão revisitados em nova roupagem pela atração. O objetivo é tornar esses vídeos de acervo atraentes ao grande público e alvo da curiosidade daqueles que se interessam pela história das mídias como um dos expoentes da cultura nacional.

Para as próximas semanas estão previstas edições temáticas com grandes ícones da música, além de homenagens a artistas consagrados como Elza Soares, Elis Regina, João Nogueira e Mário Lago entre outros.

SERVIÇO:
Recordar é TV - terça-feira (1/8), às 21h30, na TV Brasil.
Recordar é TV - sábado (4/8) para domingo (5/8), à 1h30, na TV Brasil.

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e Administradora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário