Rapidinha: Bruna Tatiana, Bela, Talentosa e do Mundo

A premiada cantora e compositora angolana Bruna Tatiana


 
Por: Tâmara Oliveira Santana 
tamaraoliveirasantana08@gmail.com
https://www.facebook.com/tambrasil
Crédito Fotos: Assessoria de Imprensa 

Em tour por principais cidades de Portugal, a cantora angolana Bruna Tatiana, “estica” agitada agenda para um bate – papo descontraído com a repórter do Portal Splish Splash. A artífice é uma das cantoras mais conceituadas e premiadas de Angola na atualidade como também grande revelação nos últimos anos no mercado musical da África Central, ganhando como melhor artista feminina o AFRIMA 2016 - All Africa Music Awards  em novembro passado na Nigéria.  Em nossa conversa Bruna Tatiana  confessa ter sido traída, fala de sua paixão por Angola seu País de nascença, do tempo como estudante de música nos EUA, do novo álbum a ser lançado ainda em 2017,  dos prêmios que conquista ao longo da carreira, do amor incondicional à sua filha, Ádria Dayami, o suporte da  família entre outros assuntos. Confira a “Rapidinha” com a diva angolana de visão leve, justa e divertida em relação à vida. 

PSS: Você ganhou prêmios de destaques como: Artista revelação- Top Rádio Luanda; Melhor vídeo- Channel Music Video Awards; Artista revelação- Namíbia Fashion; Melhor Artista Feminina da África Central - Afrima Awards 2016 (Nigéria) entre outros relevantes lauréis . Os prêmios “pesam” para você manter o padrão de qualidade no trabalho ou eles são bons, mas não te induzem a querer ser “workaholic” para superar qualidade artística? 

BT: Os prêmios são incentivos enormes para a carreira, porém de forma alguma trabalho para ser induzida a ganhar prêmios. Meu prêmio maior é a satisfação em ter minha música ouvida em todos os patamares.

PSS: Seu novo single “Rói o Osso” fala sobre traição, “seu ego já doeu...”? Ou melhor Bruna Tatiana já foi traída?

BT: Sim, fui. Risos. Magoa muito. Porém desapontamentos fazem a gente crescer, faz parte do amadurecimento, crescimento como ser humano.

PSS: Sua filha Ádria Dayami nasceu em solo italiano. Por que a escolha da Itália para o nascimento de sua única filha já que os pais são angolanos?

BT: Meus sogros vivem em Roma, escolhemos a Itália por questão de privacidade.

PSS: O que você faz para ser uma “mulher vinho”? Vendo seus vídeos recentes parece que você está muito mais bonita atualmente do que no passado. Qual a rotina de beleza para manter-se em forma e radiando formosura? 

BT:  Não tenho uma dieta rígida, nem tão pouco sou obcecada por essa questão de corpo, claro que tenho certos cuidados como tomar muita água durante o dia, não como gordura, ingiro pouco pão e doces, mas porque não gosto mesmo, no mais vou à academia para musculação e quando dá faço yôga e pilates. Confesso que tenho uma boa genética.

PSS: A beleza de Bruna Tatiana é 100% natural?  

BT: Com certeza 100% natural, sem plástica alguma para estética. (Risos) 

PSS: Você abriu shows de artistas brasileiros de destaque no cenário musical do Brasil, cantores como: Alexandre Pires; Zezé Di Camargo & Luciano. Há alguma programação para seus shows no Brasil?

BT: Neste momento não, porém devemos procurar uma forma em estreitarmos essa relação artística Brasil x Angola x Brasil parece que estamos tão próximos somos tão afins, mas ao mesmo tempo tão distantes.  

PSS: Um artista no Brasil, na Angola e em Portugal que você enseja em trabalhar?

BT: São tantos colegas que almejo em trabalhar nos países citados, mas vamos lá: No Brasil, Anita, ela me faz lembrar-me de quando comecei; na Angola: Totó; Portugal: Rui Veloso.

PSS: Você fez intercâmbio cultural nos EUA, foi estudar música?   

BT: Fui para estudar música em Washington/DC o mais engraçado é que muitos foram contra em eu ir para os EUA estudar já que gozava de conhecimento do público em Angola, porém falei: “Se meus fãs gostam do meu trabalho e de mim vão me esperar” de fato eles me esperaram. O período nos EUA foi muito produtivo,muito nostálgico e mágico.

PSS: Você prefere ser comparada com Kim Kardashian West pelo corpo escultural com curvas ou Rihanna pela beleza e extravagância?

BT: Rihanna por ser fã de seu trabalho e apreciadora de sua beleza.

PSS: Dois sonhos que não saem de sua cabeça?

BT: Ver minha filha feliz e bem. Ver Angola em Paz, cresci em um País em guerra, evoluímos até certo ponto, porém há muito trabalho a ser feito nas áreas de educação, saúde e outros serviços básicos para que todos tenham acesso a esses quesitos. A corrupção diminuir ou acabar de vez. A riqueza há de se ser para todos não para alguns privilegiados. 

PSS: Angola para Bruna Tatiana é...?

BT: É minha casa! País que amo, onde deposito todos os meus sonhos.

PSS: Como é conciliar a agenda apertada de artista premiada com a de esposa e mãe?

BT: Difícil, mas tenho um marido que me deixa sonhar meus sonhos, o apoio dos meus pais e de minha irmã Ivandra é fundamental.

PSS: Suas músicas são bem românticas. Sofreu muito por amor? É ciumenta?

BT: Não sou nem um pouco ciumenta, o que tem que acontecer acontece.

PSS: O vídeo publicado no youtube em 02/11/11, com o músico angolano e crítico musical Jomo Fortunato rodeado de alguns familiares e amigos em Aveiro/Portugal há-se uma jovem mulher que diz: “Há muitas mulheres bonitas em Angola, lindíssimas. Mas não tem nada na cachola. Quando abrem as bocas não dizem nada!”. Você como mulher angolana, cosmopolita, linda, inteligente e bem sucedida concorda com tal afirmação da jovem?

BT: Não faço julgamentos, cada caso é um caso, não podemos generalizar, mas eu Bruna Tatiana mulher angolana não concordo com tal afirmação.

PSS: Em 2004 você subiu ao palco na Angola com o cantor e compositor Júlio Iglesias deu muito frio na barriga?

BT: Júlio Iglesias foi extremamente generoso comigo, fez de tudo para deixar-me a vontade no palco, até beijo nos lábios ele me deu, sem segundas intenções, claro, essa noite foi especial. 

Bruna Tatiana - Rói o osso

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário