Quando utilizamos a verdadeira ética da internet



Poderá parecer estranho dizer que a Internet é, de algum modo, e atualmente, o maior museu da humanidade, mas é-o, de facto! Foi deste modo que o Dr. Francisco Maduro-Dias, em tempos idos, iniciou um escrito publicado no matutino "Diário Insular". Concordo em absoluto, pelo facto de, também, utilizar este meio de comunicação para, sobretudo, enviar escritos e, também, com outra verdadeira essência, a de me aproximar dos meus amigos, do meu país, da minha terra, da qual "zarpei" há treze anos Apesar de reconhecer que existem muitos perigos, nomeadamente no que advém das salas de bate-papo e agora os “malandrecos com vídeos pornô e não só, a internet trouxe-nos uma impressionante facilidade de contatos a todos os níveis”. Na nossa área, por exemplo, facilitou-nos em tudo. Esteja onde estiver, é fácil enviar um texto sem preocupações de maior, a contrastar com os tempos em que, tão somente, usávamos o telefone via interurbana, depois a ligação direta, que já deu uma pequena ajudinha, seguindo-se o telefax e o fax que completaram, com mais eficiência, a passagem de matérias para as redações dos jornais E estou apenas a falar de jornais, porque, como sabe, qualquer outro ramo empresarial foi beneficiado com a evolução da tecnologia. Hoje, com a internet, temos os blogs, os sites, os jornais digitais e, para além de tudo isto, a possibilidade de, ao nível mundial, se ler os jornais on-line. Hoje, a cada minuto que passa, estamos atualizados com as mais variadas notícias provindas dos quatro cantos do mundo. Neste contexto, aproveitaria para enaltecer a iniciativa do meu querido amigo Armindo Gonçalves Guimarães, com o lançamento do Portal Luso – Brasileiro Splish Splash, páginas aderentes da sua autoria e agora o lançamento do Blog da Confraria Cultural Brasil – Portugal, da qual nós dois somos membros efetivos.

De resto, dizer que eu e o Armindo temos muitas coisas em comum (na área de informática eu sou seu aluno, sublinho) e é por isso que com ele colaboro com todo o prazer e dentro das minhas possibilidades. E já agora grato pela ajuda que me deu na feitura do meu Blog que, também, em termos de apresentação, tem tido um enorme sucesso. E para terminar, dizer que o Armindo Guimarães é um gajo do carago.

Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Atualmente com site próprio (http://jornalistacarlosalbertoalves.blogspot.com) e contribuidor diário no Portal Splish Splash e no site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. jornalistaalves@bol.com.br

Compartilhar Google Plus
    Comentários

1 comentários :