Pais viram alunos em curso gratuito para compreender nova disciplina da educação básica: o Pensamento Computacional


Mind Makers oferece experiência prática, para que pais possam vivenciar o ensino da programação de computadores, internet das coisas e atividades maker e acompanhar melhor a geração de seus filhos, os chamados nativos digitais

Aprender a linguagem dos computadores é tendência internacional na formação de cidadãos preparados para lidar com as inovações tecnológicas constantes. Compreender a programação dos computadores, robôs e dispositivos digitais são fundamentos que têm se igualado a outros já consolidados, como dominar um outro idioma.

Diante da necessidade cada vez mais latente de compreender esses novos conceitos e aplicá-los em ambientes profissionais e até acadêmicos, torna-se necessário instituições de ensino básico inserirem em seus currículos o chamado pensamento computacional, nova disciplina que deve englobar tanto o aprendizado em novas tecnologias como o desenvolvimento de habilidades socioemocionais. "Ou viramos criadores ou ficamos na era da informática, sendo meros usuários de programas prontos", conta Paulo Alvim, um dos diretores da Mind Makers, instituição voltada para o desenvolvimento do pensamento computacional.

Embora estejam acompanhando essa evolução, muitos pais ainda sentem dificuldades em entender como as frequentes transformações tecnológicas podem ser incorporadas pedagogicamente por seus filhos. Por isso, a Mind Makers está oferecendo, gratuitamente, uma experiência prática para os pais, que vão poder vivenciar o ensino da programação de computadores, atividades maker, robótica e também da construção de projetos.

O curso - Durante o curso, que será oferecido na unidade Moema, os pais terão uma parte teórica, com a exposição dos fundamentos da programação e da robótica, com base no movimento CODE; e também a parte prática (MAKER), com desafios divertidos, missões secretas e ao final, um projeto com a aplicação da tecnologia digital em um robô.

Por meio do aprendizado do pensamento computacional e da construção de projetos, os pais poderão trabalhar a desenvoltura, confiança e autonomia para solucionar problemas, moldando tecnologias às suas necessidades e expandindo os limites de sua criatividade. “Essa evolução tecnológica necessita que uma alfabetização computacional também seja ensinada aos pais, para que eles possam entender que tipo de atividades os filhos podem realizar no cotidiano”, explica Alvim.

Pais com crianças de 7 a 13 anos interessados em aprender sobre linguagem computacional e raciocínio lógico poderão se inscrever, exclusivamente, pelo email contato@mindmakers.cc . O curso, com duas horas de duração, será oferecido às quartas-feiras, às 19 horas, a partir do dia 23 de agosto até 27 de setembro.

Os pais que precisam levar seus filhos poderão deixá-los em atividades que serão ministradas pela Mind Makers especificamente para as crianças, enquanto são realizados os cursos para pais.

Cursos Gratuito para Pais – Pensamento Computacional

Data: quarta-feira, às 19h – última aula em 27.09
Contato: (11) 5531-8000 contato@mindmakers.cc
Av. dos Eucaliptos, 331 – Moema, São Paulo

Sobre a Mind Makers (www.mindmakers.cc) – Inaugurada em 2016 no bairro de Moema, em São Paulo, a Mind Makers iniciou suas atividades com a proposta de aprimorar as habilidades socioemocionais e o pensamento computacional de crianças e jovens. Baseada nos movimentos CODE (que comprova a capacidade das crianças de desenvolver habilidades durante o aprendizado de programação) e Maker (que atesta o aprendizado durante o processo de manipulação de objetos concretos), a instituição rapidamente alçou novos negócios como franquia e dentro de escolas, tanto no contraturno das aulas regulares como também integrada ao próprio currículo das instituições de ensino. Liderada pelos sócios João Lacerda e Paulo Alvim, que juntos acumulam experiência de liderança em grandes companhias educacionais e de tecnologia, a Mind Makers contribui, a partir de um material com amplos recursos pedagógicos, para o desenvolvimento de mentes criativas por meio da programação, da robótica e dos inventos para a internet das coisas.

Mais informações
Mira Comunicação
Tel.: (11) 4563-6004 (11) 99140-0074
Fernando Oliveira
Juliana Miranda

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário