“Casa da Esclerose Múltipla” simula os desafios de quem convive com a doença


Agosto é o mês marcado pela luta e conscientização da Esclerose Múltipla, doença que acomete cerca de 2,3 milhões de pessoas em todo o mundo1 e 30 mil brasileiros2.

Pensada para levar informação e mostrar como é o dia a dia de uma pessoa com a doença, a “Casa de Esclerose Múltipla”, é um espaço idealizado pela Merck, empresa alemã líder em ciência e tecnologia, para fortalecer as ações do #AgostoLaranja. 


Membros pesados, dificuldade de caminhar, confusão mental e perda gradativa da visão, são um dos diversos sintomas da doença e representam grande desafio para os pacientes que convivem com eles. “Os sintomas da esclerose múltipla têm usualmente início subagudo, e a piora máxima dos sintomas podem acontecer em dias a semanas. Eles variam de pessoa para pessoa, mas pode haver alterações da sensibilidade no corpo, perda de força em algum lado do corpo, bem como dificuldade de coordenação e da alteração da visão”, explica Dra. Raquel Vassão, médica com foco de atuação em neuroimunologia. “Poder vivenciar os sintomas ‘na pele’, é uma forma muito eficaz de aumentar a informação sobre a doença, permitindo que as pessoas identifiquem mais cedo os sinais e que os pacientes e seus familiares lidem melhor com a EM”, explica a especialista. “A informação também é importante para mostrar que existem opções de tratamento disponíveis para controlar a doença e que hoje a qualidade de vida é algo possível aos pacientes”.


Para garantir uma experiência imersiva, a “Casa da Esclerose” é dividida em três espaços que simulam os de uma casa, onde o visitante poderá vivenciar os sintomas, limitações e desafios das pessoas que sofrem desta doença.

 Sobre Esclerose Múltipla 


A esclerose múltipla (EM) é uma doença crônica e inflamatória do sistema nervoso central, de natureza neurológica não traumática, incapacitante, apresentando maior incidência em adultos jovens. Estima-se que aproximadamente 2,3 milhões de pessoas em todo o mundo têm EM. Embora os sintomas possam variar, os comuns incluem visão turva, dormência ou formigamento dos membros e problemas com força e coordenação. As formas reincidentes de EM são as mais comuns.

 Sobre a Merck 


A Merck é uma empresa de ciência e tecnologia líder nos setores de Cuidados com a Saúde, Life Science e Performance Materials. Cerca de 50 mil funcionários trabalham para desenvolver tecnologias que melhorem e aumentem a vida - de terapias com biofarmacêuticos para tratar o câncer ou esclerose múltipla, sistemas de ponta para a pesquisa científica e de produção, a cristais líquidos para smartphones e televisores LCD.


Em 2016, a Merck obteve faturamento de € 15 bilhões em 66 países. Fundada em 1688, a Merck é a empresa farmacêutica e química mais antiga do mundo. A família fundadora continua a ser a acionista majoritária do grupo de empresas de capital aberto. A Merck detém os direitos globais do nome e da marca da Merck em todo o mundo, exceto no Canadá e nos Estados Unidos, onde a empresa é conhecida como EMD Serono, EMD Millipore e EMD Performance Materials. Para saber mais, acesse www.merck.com.br ou siga a Merck no Facebook. 

 Referências


1- Federação Internacional de Esclerose Múltipla. - https://www.msif.org/about-us/who-we-are-and-what-we-do/advocacy/atlas/atlas -of-ms-faqs/ - acesso em agosto de 2017. 

2 - http://abem.org.br/- acesso em agosto de 2017.

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário