A Plan International Brasil entrou para o guia das 100 Melhores ONGs do Brasil em 2017


Plan International Brasil recebe prêmio na categoria Crianças e Adolescentes e entra para lista das 100 melhores ONGs do País

Instituto Doar e revista Época avaliaram 1.560 organizações e reconheceram as melhores práticas de gestão e transparência no terceiro setor

 
Alba Bittencourt
Portal Splish Splash


São Paulo, agosto de 2017 - A Plan International Brasil entrou para o guia das 100 Melhores ONGs do Brasil em 2017, organizado pelo Instituto Doar e revista Época. Além disso, a organização não-governamental de origem inglesa recebeu o prêmio de “Melhor em Crianças e Adolescentes”. Essa foi a primeira edição da lista, que tem como objetivo reconhecer boas práticas de gestão e transparência no terceiro setor e incentivar a cultura de doação no Brasil. Ao todo, 1.560 organizações se inscreveram. Dessas, 527 tiveram as inscrições validadas e 150 foram pré-selecionadas por um comitê executivo com base no desempenho apresentado. Composta por representantes da revista Época, do Instituto Doar e do Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas, a comissão julgadora avaliou cinco princípios gerais: “Causa e Estratégia”, “Representação e Responsabilidade”, “Gestão e Planejamento”, “Estratégia de Financiamento” e “Comunicação e Prestação de contas”. A premiação ocorreu na noite da última segunda-feira (7) no Espaço Sapato Laranja, em São Paulo.

O guia foi organizado em ordem alfabética, mas apresenta destaques em outros dois critérios, além do destaque geral: “Melhores por Região” e “Melhores por Causa”. Na categoria “Melhores por Causa”, a Plan International Brasil foi eleita como melhor ONG voltada para Criança e Adolescente. “São 20 anos de Plan no Brasil, e esse prêmio reforça em nós o desejo de seguir lutando por um mundo mais justo que promova os direitos das crianças e igualdade para as meninas  e nos empenharemos ainda mais para que as crianças e especialmente as meninas possam: Aprender, decidir, liderar e prosperar”, destaca Flávio Debique, gerente de Estratégia de Programas da Plan International Brasil.

Nas demais categorias, a Vocação foi escolhida na área da Educação; Graac em Saúde; Instituto Akatu em Meio Ambiente; UNAS – União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região em Desenvolvimento Local; e Associação Helena Piccardi de Andrade Silva em Assistência Social. Na categoria Melhores por Região, a Apae Anápolis, Fundação Amazonas Sustentável, Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva, Pequeno Cotolengo do Paraná – Dom Orione e Associação Helena Piccardi de Andrade Silva foram premiadas, e representam, respectivamente, as regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste, Sul e Sudeste.

Sobre a Plan International Brasil
A Plan International é uma organização não-governamental de origem inglesa ativa desde 1937 e presente em 71 países. No Brasil desde 1997, a organização possui hoje mais de 20 projetos, impactando aproximadamente 70 mil crianças e adolescentes. A Plan International Brasil parte do princípio de que assegurar o direito de crianças e adolescentes é um dever e não uma escolha. Em 2011, lançou o movimento mundial “Por Ser Menina”, com o objetivo de acabar com a discriminação contra meninas, exclusão e vulnerabilidade, por meio da educação e do desenvolvimento de habilidades. Como resultado dos esforços da Plan International, em 2012 a ONU instituiu o dia 11 de outubro o Dia Internacional da Menina. Para mais informações sobre a organização, acesse: www.plan.org.br.

Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e Administradora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário