Programação da TV Brasil para domingo (23)



Alba Bittencourt
Portal Splish Splash
 Ao lado do pianista Ederson Urias, contratenor Sérgio Anders relembra os “castrati” no programa Partituras, que vai ao ar pela TV Brasil ao meio-dia de domingo, dia 23.

No Partituras de domingo (23), a apresentadora Sofia Ceccato recebe o contratenor Sérgio Anders, dono de um tipo raro de voz no canto lírico. Ele se apresenta com o produtor musical Ederson Urias, representante da nova geração de grandes pianistas brasileiros.

Anders explica que contratenores são cantores líricos que optaram pelo falsete como recurso principal ou tenores cujo timbre natural soa mais agudo e infantilizado que o de um tenor convencional.


O duo abre o programa interpretando a ária "Vedrò con mio diletto", da ópera "Il Giustino", composta por Vivaldi para os cantores então conhecidos como "Castrati", que no período barroco passavam por castração antes da puberdade de modo a preservar sua voz aguda.

"A gente escolheu essa peça porque a voz de contratenor dialoga bem com esse material 'castrato'. Essa é uma composição de Vivaldi pensando num homem castrado daquela época (período Barroco)”, conta Anders. “Tenho total consciência de que um contratenor é um mero 'eco moderno' de grandes 'castrati', mas a gente tem que continuar com esse legado."
O repertório ainda inclui Schubert, Rossini, Händel, o barroco de Porpora, a música sacra de Pergolesi e Purcell e a ópera inovadora de Gluck. O setlist do duo também contempla composições dos brasileiros Waldemar Henrique e Ernani Braga.

Urias e Anders respondem a Sofia Ceccato algumas curiosidades: por que o contratenor é considerado um tipo de voz rara no canto lírico? Qual a diferença entre um contratenor e um “castrato”?

SERVIÇO:

Partituras – Duo Ederson Urias e Sérgio Anders
Domingo, dia 23 de julho, ao meio-dia, na TV Brasil.

”Uma Cinderela em Roma” (Parte 2)


Domingo (23), às 16h, a TV Brasil exibe o segundo episódio da série inédita “Uma Cinderela em Roma”, uma nova versão do conto de fadas Cinderela.

Ambientada na Roma pós-Segunda Guerra Mundial, a série é uma comédia romântica que retrata todo o glamour dos anos 1950, mas preservando o espírito da história original. Nesta versão, Aurora é uma jovem e talentosa pianista controlada por sua cruel madrasta.

Dividida em dois episódios, “Uma Cinderela em Roma” começa quando Aurora tem 13 anos, é pianista e filha do maestro Valério. Após a morte de sua esposa, Valério contrata Irene, mãe de duas meninas, para ser a governanta da casa. Para a infelicidade de Aurora, Valério e Irene decidem se casar. A morte inesperada de Valério vira a vida da menina de cabeça para baixo e Irene decide transformar a casa da família em um hotel.

No segundo e último filme da série, Aurora deixa Sebastian e seus convidados impressionados com sua aparição triunfal no baile. No jardim, Sebastian tenta beijá-la, mas ela foge ao escutar a voz de Tina e perde um sapato no caminho. No seu aniversário de 21 anos, Sebastian vai ao hotel parabenizar Aurora, mas Irene a tranca no quarto e conta inverdades ao rapaz, que decide retomar a ideia do casamento arranjado com Tina.

Inédito. Gênero: Drama. Ano: 2011. Classificação: 12 anos.

SERVIÇO:

”Uma Cinderela em Roma” (Parte 2)
Domingo, 23 de julho, às 16h, na TV Brasil.


Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e Administradora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário