Porque hoje é domingo





Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9

Ora, confesso que, logo pela manhã, vou à padaria tomar o meu café e, sempre que possível, cavaquear um pouco com amigos e conhecidos, um deles o próprio proprietário do dito estabelecimento, português de origem, mas que, paradoxal que possa parecer, é simpatizante do Flamengo. Contudo, como sempre digo, e não é agora que vou para uma posição contrária, gostos não se discutem. E quando falo de gostos, o meu conterrâneo, que veio para o Brasil muito jovem, sempre que eu chego coloca uma música do Roberto Carlos para que, de facto, o café seja ainda mais saboroso. E, como resposta a este gesto simbólico, digo-lhe sempre: o preito de gratidão de dois vascaínos. Claro eu e o Roberto. Também já lhe pedi que só quero ouvir EMOÇÕES quando o Vasco vencer. Na derrota, pode-me servir DETALHES porque a letra desta canção alivia um pouco o sofrimento.
Como é bom um cafezinho com Roberto Carlos.
    Comentários

1 comentários :

  1. Amigo Carlos Alberto, muito fixe essa ideia de pedir um cafezinho. Estou a imaginar o nosso Vascão a ganhar e você chega à padaria e pede: Ó amigo, traga-me um RC EMOÇÕES! Quando o Vascão perde, pede um RC DETALHES. Falta só o cafezinho para o empate. Sugiro um RC SENTADO À BEIRA DO CAMINHO ou um RC COMO DOIS E DOIS. Admira-me como é que o proprietário da padaria não é também um Robertocarlista. Pensei que todos os portugas eram. Estou a ver que tenho que ir para Terras de Vera Cruz para mentalizar a malta. Aproveito e levo comigo o famoso ROBERTOCALMEX. Abraço Robertocarlistico!

    ResponderEliminar