Roberto – As rosas que vos dou



 

Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook
https://www.facebook.com/carlosalberto.alvessilva.9


Todo o show de Roberto é especial, é vivo com todas as emoções que dele advém na sequência do repertório. Evidentemente que há uma canção ou outra que, dos fãs, recebe um maior aplauso e muitas vezes se pede bis, mas, quanto a isto, já se sabe o critério de Roberto Carlos em relação ao Brasil.

De momentos especiais, as rosas que Roberto Carlos lança para os fãs. É um corre-corre para apanhar uma. E, curiosamente, quando se apercebem que o show está a chegar ao fim (Jesus Cristo), de ambas as laterais começa o aglomerado de mulheres ávidas por agarrar uma rosa das mãos do rei. É uma impressionante onda de mãos no ar, de um empurra-empurra que não tem jeito de acabar. Será sempre assim. Discorda-se, mas, por outro lado, entende-se a ânsia de ter uma rosa. O problema é quando se entra no exagero, conforme constatamos no recente show de Roberto Carlos em João Pessoa. Ao invés de shows anteriores em que lá estivemos na qualidade de repórter e em lugares menos privilegiados, este, colocado na terceira fila, bem em frente ao rei, deu para analisar bem toda essa movimentação que, verdade se diga, dá muito trabalho aos seguranças. Um ritual que revela o tal momento de clímax, a verdadeira fase de apoteose com o fundo da canção Jesus Cristo. E quantas pessoas já “encarnaram” Roberto Carlos de Jesus Cristo com este pensamento: “Jesus Cristo eu estou aqui, dá-me uma rosa”.

E agora, somos nós que temos que temos que dar um buquê de rosas a Roberto Carlos por este significativo facto:

”A Forbes Brasil criou a categoria Over 65, uma lista com personalidades com mais de 65 anos que continuam ativas e influentes em seus meios de atuação. No ranking, aparecem celebridades que ainda mostram energia de sobra, que seguem produzindo em seus segmentos e que continuam sendo referências. O empresário Abílio Diniz, de 80 anos, estampa a capa da nova edição da revista.

No mundo da música, Roberto Carlos, de 76 anos, lidera a lista, seguido por Ney Matogrosso, de 75, Caetano Veloso, de 74, e Gal Costa, de 71. Já no teatro e na televisão lideram o ranking Fernanda Montenegro e Lima Duarte, ambos com 87 anos. Bibi Ferreira, de 95 anos, também aparece na lista, pois está em cartaz com o musical 4X Bibi. Sônia Braga, de 66, e Tony Ramos, de 68, completam a lista.” 

E quando termino esta matéria, já ouço Roberto Carlos cantando Jesus Cristo, deixando aqui o buquê de rosas prometido num dos parágrafos anteriores:
                                                                   
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário