Pesquisa Ipsos revela que corrupção política e financeira é a maior preocupação dos brasileiros


Estudo também mostra que no mundo, o desemprego é o que mais preocupa


Alba Bittencourt
Portal Splish Splash


A corrupção política e financeira é o que preocupa 60% dos brasileiros, segundo os dados da pesquisa global da Ipsos “What Worries the World”. O resultado vai ao encontro do noticiário político e econômico nacional dos últimos meses. A lista de preocupações do Brasil tem em segundo lugar a violência (47%), seguida por desemprego (45%), saúde (44%) e educação (26%).

O Brasil diverge da média global, visto que o tema que mais atormenta a população dos 26 países participantes do estudo é o desemprego, com índice de 38%. Completam a lista de temores do mundo a corrupção política e financeira (34%), pobreza e desigualdade social (33%), violência (29%) e saúde (23%).

Mundo

As nações que mais mencionam o desemprego como inquietação são Itália (67%), Espanha (65%) e Coréia do Sul (63%). Nesse quesito, o Brasil totaliza 45%. Seguindo a mesma tendência dos brasileiros, África do Sul (65%), Rússia (54%) e Índia (45%) também apontam a corrupção política e financeira como tema de maior apreensão.
Pobreza e desigualdade social são o maior receio de alemães e japoneses com 43% e 40%, respectivamente, enquanto os brasileiros estão na penúltima colocação neste tópico com 21%.

Nos países latino-americanos, a violência é o maior temor. O maior nível de apreensão com o tema é registrado no Peru, com 71%, seguido por México (58%), Argentina (55%) e Brasil (47%). 

Terrorismo

Com índice global de 20%, o terrorismo não figurou entre os cinco maiores temores do estudo. Os países que mais demonstram preocupação nesse quesito são Turquia (64%), França (46%) e Israel (45%), que nos últimos meses foram vítimas de atentados.

A pesquisa foi realizada nos países Austrália, Arábia Saudita, Argentina, África do Sul, Alemanha, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Hungria, Índia, Israel, Itália, Japão, México, Peru, Polônia, Rússia, Sérvia, Suécia e Turquia. O levantamento ouviu 18.550 nos países citados acima entre 21 de abril e 5 de maio.

Sobre a Ipsos
A Ipsos é uma empresa independente global na área de pesquisa de mercado presente em 88 países. A companhia tem mais de 5 mil clientes e ocupa a terceira posição na indústria de pesquisa. Maior empresa de pesquisa eleitoral do mundo, a Ipsos atua ainda nas áreas de publicidade, fidelização de clientes, marketing, mídia, opinião pública e coleta de dados. Os pesquisadores da Ipsos avaliam o potencial do mercado e interpretam as tendências. Desenvolvem e constroem marcas, ajudam os clientes a construírem relacionamento de longo prazo com seus parceiros, testam publicidade e analisam audiência, medem a opinião pública ao redor do mundo. Para mais informações, acesse: https://www.ipsos.com/pt-br , www.ipsos.com, https://youtu.be/QpajPPwN4oE, https://youtu.be/EWda5jAElZ0 e   https://youtu.be/2KgINZxhTAU.

Alba Maria Fraga Bittencourt

Sobre a autora

Alba Bittencourt - Doutorada em Robertologia Aplica e Ciências Afins. Redatora do Portal Splish Splash e Administradora/Redatora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Leia Mais sobre a autora...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário