O Projeto 'Grafitando os Muros da Escola' alia arte e conhecimento em Orleans


'Grafitando os Muros da Escola': Projeto alia arte e conhecimento em Orleans

Alunos participam de oficinas de grafite e definem temas para reproduzir pintura nos muros da E.E.B. Toneza Cascaes.

Orleans

Há pouco tempo, o grafite era considerado sinônimo de pichação e não ganhava espaço nas discussões sobre arte. Porém, os conceitos mudaram. A arte do grafite pode ser considerada uma manifestação artística com ensejo de crítica ou justamente uma linguagem popular, onde os apreciadores possam debater sobre o tema proposto ou simplesmente admirar a beleza estética dos traços.

E com o intuito de aliar as expressões artísticas ao conhecimento, a Escola de Educação Básica Toneza Cascaes, em Orleans aderiu ao projeto “Grafitando os Muros da Escola”, por meio da parceria com o artista Ricardo Bernardo Junior, o Herok.



Nessa semana, os alunos iniciaram o projeto onde as obras artísticas produzidas em sala de aula do ensino fundamental e médio serão estampadas nos muros da escola. “A ideia nasceu nas aulas de artes e ganhou o apoio da direção da escola. O nosso desejo é tornar a escola mais atraente, bonita, lúdica e harmoniosa unindo conhecimento, aprendizado e arte. Além disso, é uma forma de incentivar o desenvolvimento artístico dos nossos alunos”, explica a diretora Viviane Corrêa.

Os alunos participarão de oficinas de grafite com o Herok e decidirão os temas das obras. Todo o muro será grafitado. A diretora ainda relata que os alunos e todo o corpo docente estão motivados com o projeto. “Eles estão encantados com essa iniciativa. Afinal, serão autores de obras que serão eternizadas nos muros da escola. Os professores também participarão das oficinas de grafite e poderão deixar seu nome nessa história”, comemora.
 


Voluntário divulga a arte do grafite
 
O trabalho do grafiteiro Herok é voluntário, sendo cobrado apenas o material utilizado. O artista pretende apresentar outros grafiteiros para os alunos e ensinará mais sobre a arte. “A nossa expectativa para esse projeto é a melhor possível. Sempre que vou ministrar oficinas de grafite em projetos como esse, a expectativa é superada. Sei que vou me surpreender, como sempre”, relata. O artista passou a desenvolver projetos como o “Grafitando os Muros da Escola” depois que seu trabalho ganhou visibilidade nas ruas de Criciúma. Herok trabalhou dois anos em uma ONG da cidade carvoeira ministrando oficinas de grafite com crianças e adolescentes. Ele também realiza diversos trabalhos particulares, enaltecendo a importância cultural do grafite.

O artista
 
Natural de Itajaí, Ricardo Bernardo Junior residiu em Portugal por dez anos onde iniciou sua carreira com o grafite. O seu estilo apresenta traços fortes e cores vibrantes. Herok reside em Criciúma e ministra oficinas em projetos sociais e particulares, entre outros trabalhos, nos quais se reúnem artistas de várias partes do Brasil em eventos nacionais.



Licenciada em Robertologia Aplicada e Ciências Afins. Redatora militante do Portal Splish Splash e Administradora do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal.

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário