Copa das Confederações na Rússia – Portugal presente no evento




Por: Carlos Alberto Alves
jornalistaalves@bol.com.br
Facebook


Como sempre acontece com um ano de antecedência, isto em relação ao país organizador do Campeonato do Mundo, tem lugar a Copa das Confederações. Em 2014 ganha pelo Brasil que foi o país organizador do Mundial, para os brasileiros de triste memória em função de escandalosa derrota (7-1) ante a Alemanha que acabaria mesmo por se sagrar campeã. Para o Brasil a Copa da grande desilusão.

Portanto, a um ano de mais um Mundial a disputar na Rússia, teremos a Copa das Confederações com a presença de Portugal que, como se sabe, sagrou-se o ano passado, em França, Campeão da Europa, facto que constituiu, desportivamente falando, mais um feito histórico para o nosso país.

A Copa das Confederações será disputada na Rússia entre 17 de junho próximo e 2 de julho, mas, antes, Portugal defrontará no dia 3 de junho, no Estoril, o Chipre em jogo de caráter particular, de preparação para o Letónia – Portugal (9 de junho) de apuramento para o Campeonato do Mundo.

Na Copa das Confederações, Portugal está englobado no Grupo A e tem os seguintes jogos:

Dia 12 de junho – Portugal México

Dia 21 de junho – Rússia – Portugal

Dia 24 de junho – Nova Zelândia Portugal

Para esses compromissos, o selecionador nacional, Fernando Santos, convocou os seguintes jogadores 24 jogadores, sendo que um deles, para a Copa das Confederações, ficará de fora. Como se sabe, o limite é de 23 jogadores:

Guarda-redes - Beto (Sporting), José Sá (FC Porto) e Rui Patrício (Sporting)
Defesas - Bruno Alves (Cagliari), Cédric (Southampton), Eliseu (Benfica), José Fonte (West Ham), Luís Neto (Zenit), Nélson Semedo (Benfica), Pepe (Real Madrid) e Raphael Guerreiro (Dortmund)
Médios - Adrien Silva (Sporting), André Gomes (Barcelona), Danilo Pereira (FC Porto), João Mário (Inter), João Moutinho (Mónaco), Pizzi (Benfica) e William Carvalho (Sporting)
Avançados - André Silva (FC Porto), Bernardo Silva (Mónaco), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Gelson Martins (Sporting), Nani (Valência) e Ricardo Quaresma (Besiktas)

Renato Sanches e Éder, que estiveram em França, não fizeram parte dos planos de Fernando Santos.

Carlos Alberto Alves

Sobre o autor

Carlos Alberto Alves - Jornalista há mais de 50 anos com crónicas e reportagens na comunicação social desportiva e generalista. Redator do Portal Splish Splash e do site oficial da Confraria Cultural Brasil-Portugal. Colabora semanalmente no programa Rádio Face, da Rádio Ratel, dos Açores. Leia Mais sobre o autor...

Compartilhar Google Plus
    Deixe o seu comentário

0 comentários :

Enviar um comentário